.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Retomando o tema BHAG (Big Hairy Audacious Goal) da semana anterior...

“Caro senhor Silva
Li atentamente o seu pedaço de prosa, que devo dizer… me causou algum arrepio na espinha. Não que me tenha tocado por aí além, mas cruzou-se comigo uma corrente de ar que se transformou em gripe, atirando-me para a cama, de onde escrevo esta missiva. Se bem entendi as suas palavras, o senhor Silva propõe um toque adicional de audácia na definição de objectivos para o desenvolvimento do concelho. Permita-me, senhor Silva, que considere a sua proposta um passo à frente. E por favor não veja esta observação como um elogio. É uma crítica! O senhor Silva pretende que se unam esforços por determinadas metas. Mas o senhor Silva sabe por acaso onde se encontra a meta? É que eu não sei, senhor Silva! Eu que sou uma pessoa atenta, ainda não ouvi da boca de nenhum dos nossos governantes a indicação da localização da meta. Se o senhor nem ninguém sabe onde está a meta, como se atreve a propor caminhos que podem levar a metas sem sentido? Melhor pôr de sol de sempre? Para quê, senhor Silva?... Cumprimentos”. 
Só sabem criticar. Bolas.
Via Diário as Beiras.

Sem comentários: