.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Lítio pode ser o "novo" petróleo de Portugal...

"Zonas dos pedidos de prospecção de lítio coincidem com áreas ardidas"...

Da última vez que falaram em "petróleo de Portugal"  (eucalipto), lixaram de tal maneira o ordenamento do território e o equilíbrio da biodiversidade que ainda hoje pagamos por isso, nós, os que não lucrámos nem lucramos nada. 
Uns quantos, pequenos proprietários do minifúndio, que conseguem compor o orçamento com o crescimento a eito de eucalipto que escape aos incêndios de Verão, em terreno outrora usado em culturas tradicionais, e as celuloses dos lucros a distribuir por meia dúzia de accionistas. 
Combate às chamas, ajuda às vítimas dos incêndios, desertificação - fauna, flora e humana, do território fica a expensas do suspeito do costume, o contribuinte
E estamos a falar só - - de arrancar árvores e plantar árvores. 
Afinal parece que o petróleo de Portugal já não é o petróleo de Portugal porque há outro petróleo de Portugal

Sem comentários: