.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 9 de março de 2016

O Fim (The end) (Fin) (das Ende) (Slutningen) (Slutten) (το τέλος) (Eind) (Enn) (Alla fine) (An deireadh)...

Em tempo.
Cito João Gobern Sotto-Mayor.
PS1 – Consigo manter tranquila a consciência: nunca votei, em circunstância alguma, na figura.
PS2 – Chega a hora de Marcelo Rebelo de Sousa, que – até pelo contraste - entra em estado de graça. Não quero ser desmancha-prazeres mas não resisto a deixar uma recordação: foi o Presidente que hoje inicia funções um dos que (na Nova Esperança do PSD, lado a lado com Durão Barroso, Santana Lopes e outros) ajudou a inventar o Presidente cessante, lá para os lados da Figueira da Foz. Mas, à semelhança do que diz Marco António a respeito de Brutus no notável Júlio César, filme de Mankiewicz, “argumento” de Shakespeare, “Marcelo é um homem de bem”.

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

O HOMEM DA REGISCONTA e a pequenez do mundo no meu quintal.
Como diria o saudoso António Silva, adeus e quando lá chegares manda saudades, que é coisa que cá não deixas.

E Marcelo Rebelo de Sousa ao tomar posse cita Torga: ” Não somos um povo morto nem sequer esgotado…”. Não está mal…!
E eu acrescento mais umas palavras do Torga: “Somos, socialmente, uma colectividade pacífica de revoltados.»
E é sempre tempo de repetirmos pedaços muito acertados.
A luta continua!