quarta-feira, 17 de março de 2010

MEDIDA ANTI-PEC, OU PENSAR "À LA LONGUE"?..


Se "não se trata de uma promessa"..., então o que será, este novo plano para a energia que prevê um investimento de 31 mil milhões para o sector, até 2020, e a criação de 130 mil a 140 mil novos postos de trabalho?...
Será uma medida ANTI-PEC?.. Ou terá sido, apenas, que na altura da famosa promessa dos 150.000 postos de trabalho, em 2008, Sócrates já estava a pensar em 2020?...
Nós, se calhar, é que não temos capacidade para entender governantes assim, visionários, que pensam "à la longue "!..
Eu, por exemplo, continuo a pensar como o Eça...

2 comentários:

Silva Cascão disse...

E pensa MUITO BEM, caro senhor Agostinho!
J. Cascão

António Agostinho disse...

Muito obrigado, caro Maestro.