Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

terça-feira, 19 de maio de 2009

A memória não pode ser curta...

Via Água Lisa, ficámos a “saber que Salgueiro Maia vai ser homenageado por Cavaco Silva no próximo dia 10 de Junho”.
Não podemos deixar de lembrar, continuando a citar João Tunes, que, “quando primeiro-ministro, o mesmo Cavaco, recusou uma pensão à viúva do homenageado enquanto dava pensões gordas a torcionários da PIDE.”
Recorde-se, que em 1992, o Governo então presidido por Cavaco Silva, atribuiu uma pensão vitalícia, por serviços relevantes prestados à Pátria, a Óscar Cardoso e António Bernardo - dois inspectores da PIDE (antiga polícia política do estado fascista).
Nesse mesmo ano morria de cancro Salgueiro Maia - Capitão de Abril e símbolo da Revolução dos Cravos.
O Governo, que tinha como primeiro-ministro Cavaco Silva, recusou à sua viúva uma pensão militar por serviços prestados à Pátria.

2 comentários:

alex campos disse...

A hipócrisia não tem limites.

Paulo Dâmaso disse...

Hipócrisia a que Cavaco Silva já nos habituou. Se fosse à viúva não aceitava a homenagem.