Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

terça-feira, 12 de maio de 2009

Já que se estão a aproximar actos eleitorais


Como já escrevi aqui neste blog,  vezes  sem conta, não percebo nada desta política, mas pelo que tenho vindo a observar ao longo da vida, que já vai longa, nestes anos de democracia, seja no governo central, seja numa câmara municipal, seja numa junta de freguesia, maioria relativa é sempre melhor que maioria absoluta.
Quando a maioria é absoluta, pelo que observei em situações anteriores, seja no governo central, seja numa câmara municipal, seja numa junta de freguesia, mais tarde ou mais cedo, no decorrer dos 4 anos de mandato, aparece a tendência incontrolável para a asneira absoluta...

Sem comentários: