Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Até sempre

António Moço
Amigo, Companheiro, Camarada

Era desta maneira, carinhosa, pessoal, especial e única, que nos saudávamos há longos anos.
Ainda há poucos dias comi na sua casa uma fatia de bolo, que a sua Mulher e Companheira de sempre, a Dª. Deolinda, fez para comemorar os seus 81 anos de vida.
Acabei de me despedir dele  no cemitério de São Pedro.
Até sempre Amigo, Companheiro, Camarada.

2 comentários:

maresia disse...

txi
Nao sabia!
Paz à sua alma!
Bom fim de semana

Vanessa disse...

Os meus sinceros sentimentos à Srª Deolinda, Tozinho e restante família.

Beijinhos