Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

sexta-feira, 20 de julho de 2007

Porque gosto da minha Terra...

Palheiros da borda do rio... Os tais que vão desaparecer com o prometido complemento das obras do Portinho da Gala. Há que continuar a ter paciência para esperar pelo cumprimento da promessa.

Sem comentários: