.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Sete elementos levou a Câmara de Montemor o Velho a Moçambique para verificar se bens angariados numa campanha de solidadriedade chegaram ao destino!.. Ao menos o relatório está feito?


"A Câmara Municipal de Montemor o Velho realizou durante estes dias uma viagem a Moçambique para verificar se os bens angariados na campanha "Montemor Por Moçambique” tinham chegado ao destino.

Não obstantes a tal campanha, a preocupação da CDU prende-se com a factura publicada no portal do governo que valoriza 10065€ em alojamento e refeições.

De referir que a comitiva foi integrada por sete elementos: Presidente da Câmara (Emílio Torrão), o Vereador Décio Matias, a Chefe de Departamento das Obras Publicas (Isabel Quinteiro), Chefe de Departamento Administrativo-Financeiro (Andreia Lopes), Coordenador do Serviço Municipal de Proteção Cicil (Eng. Hélder), a Adjunta do Presidente da Câmara (Delminda Leitão) e ainda e pelo menos pela 2ª Secretária da Assembleia Municipal (Célia Craveiro, eleita pelo Partido Socialista).
Para além deste elevado valor e o injustificado numero de membros da comitiva para as necessidades que se apresentavam, ainda se deve juntar as despesas das passagens aéreas assim como as ajudas de custo que cada um dos sete usufruiu durante tal período.

É desta forma que a CDU considera injustificável que num momento em que o concelho apresenta
problemas económicos preocupantes se gaste tanto dinheiro em viagens e em segundo lugar que se desperdice tanto dinheiro para verificar os destinos de uma campanha solidária."

Sem comentários: