.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 26 de abril de 2014

Profetas da Figueira … (11)

“A transformação do país foi radical, brutal, até, seja no plano da democracia, seja no plano económico e social.
A nova vida que Abril me trouxe sorvi-a sofregamente, por isso não me demito hoje de ter opinião, de a exprimir, de escrever e assinar a minha opinião. Foi também isto que Abril me trouxe, e disso não desisto mantendo o grito «Viva o 25 de Abril»!
Joaquim Gil, advogado, hoje no jornal AS BEIRAS.

A revolução passa pela aproximação às coisas da terra, praticando a frugalidade em oposição ao desperdício. Plantar árvores, criar pequenas hortas, investir em painéis fotovoltaicos (em vez de comprar um carro novo), consumir menos, comer menos carne, resistir ao individualismo, andar mais a pé, partilhar e oferecer tempo à comunidade…25 de Abril, sempre!
João Vaz, consultor de ambiente e sustentabilidade, hoje no jornal AS BEIRAS.

Sem comentários: