.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 15 de junho de 2013

Tenham um bom fim de semana

"a agricultura parece que está viva" 
"ESCLARECIMENTO|
O direito à greve para mim é sagrado, mas os trabalhadores deviam ter o cuidado de não prejudicar ninguém com as suas greves, optando, por exemplo, por fazer greve nos dias de folga ou nas férias - estabelecidos os serviços mínimos em todos os sectores porque ao fim de semana também quero ir à bica e passear no Colombo. Os professores, por exemplo, por que não esperam que termine o ano lectivo, para exercer o seu direito? Não vêem que estão a dar maus exemplos àqueles que têm o sagrado dever de educar?
O direito de manifestação é garantido, mas por que não se manifestam também nas suas casas? A Constituição não diz que é obrigatório o direito de manifestação ser cumprido no meio da rua, pois não? E o perigo dos ultravioletas? E o risco de ficar debaixo de um carro?
O direito de expressão para mim é inalienável, mas não é forçoso que seja sempre exercido em português. Há outras línguas, caramba! Por que não se exprimem em aramaico ou sumério? Com respeito, claro.
E assim sucessivamente. Mé."

Retirado daqui

Sem comentários: