.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 29 de julho de 2012

Morreu o actor Santos Manuel

FALECEU HOJE O ACTOR SANTOS MANUEL QUE SE ENCONTRAVA HÁ DIAS INTERNADO NO HOSPITAL.
FOI UM DOS FUNDADORES DA CASA DA COMÉDIA NOS ANOS 60 E AI SE MANTÉM ATÉ 1965.
EM 1962 ESTREIA-SE EM "DESEJA-SE DE MULHER" DE ALMADA NEGREIROS.
EM 1965 É TAMBÉM UM DOS FUNDADORES DO TEATRO EXPERIMENTAL DE CASCAIS ONDE SE MANTEVE ATÉ 1977 COM APENAS UMA INTERRUPÇÃO PARA FAZER NO GAT "O PROCESSO"
NO TEC INTERPRETA "ESOPAIDA", "A MALUQUINHA DE ARROIOS","D.QUIXOTE", "O COMISSÁRIO DA POLICIA", ENTRE MUITAS OUTRAS PEÇAS.
AO LONGO DA CARREIRA FOI DIRIGIDO POR CARLOS AVILEZ, ROGÉRIO PAULO, ÁGUEDA SENNA ENTRE OUTROS.
EM 1977 PASSA PELA BARRACA INTERPRETANDO "ZÉ DO TELHADO", "PRETO E BRANCO", "FERNÃO MENTES?", "D.JOÃO V".
EM 1983 REGRESSA AO TEC ONDE SE MANTEVE ATÉ  AGORA.

Natural da Figueira da Foz, onde viveu até aos 18 anos, Santos Manuel estreou-se no Teatro Amador, em 1958, na Companhia do Teatro Popular de Almada, com a Peça “Todo Mundo e Ninguém” de Gil Vicente, numa encenação de Alexandre Passos.
Em finais de fevereiro de 1983, foi uma das personalidades que esteve no palco do Casino no espectáculo de homenagem ao dr. Joaquim Namorado.

Sem comentários: