.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

O líder

Quando fazemos uma pergunta a uma pessoa normal o que é que acontece?
Tentem lembrar-se.
Ela costuma reflectir um pouco antes de falar.
Depois, a resposta vai-se organizando com pausas, hesitações...
Experimentem fazer a mesma pergunta ao líder...
A resposta é imediata, como se já existisse!... Mas ela surge sempre, completa, ao gosto das claques, das jotas , dos jornalistas, do povo...
Se acreditarmos que temos os políticos que merecemos, que o povo de votantes segregou eleitos à sua imagem e semelhança, somos responsáveis por este.
Não nego as minhas responsabilidades. Este é o meu país. O país que deixo quando partir.
Mas confesso que gostava que o líder fosse diferente.
Um homem ou uma mulher sábios por terem pensado muito, cultos por terem estudado, modestos por haver certamente homens e mulheres mais sábios e mais cultos, viajados, cosmopolitas, com humor.
Capaz de dizer não sei, não faço ideia, não tenho solução para isso, não estou preparado para responder, não quero responder a essa pergunta.
Um líder raro como a gente comum. Capaz de se indignar, mas não em estado de permanente crispação.
No fundo, uma pessoa normal, capaz de emoção, riso, espanto, surpresa, alegria, esquecimento, fragilidade.
Humana.

Sem comentários: