"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Essa agora, Dona Olga Tronchuda!..

"O xô Elichio das pernas foi o grande vencedor das eleixões. É o prasidente lá de Lavos e conxeguiu por o seu amigo como directore cá do centro das artes. Foi o que me dixe o senhore que vem cá trazer o leite. O xôr Agostinho caté progunta quando é o regrexo, mas o xôr Elichio nunca repetiu um partido, foi do PS, do PRD, do PSN, do PSD, xó nunca foi dos comenistas. Em calhando vai iniciar outra vês, prutanto o mais certo é ir para o peéçe.
Fajendo um flache beque, só primitar o Tarantino, vou falar ótra vez do belogue do xôr Agostinho. Ele escrebe sobre muntas cousas e no outro dia escrebeu uma que eu até gostei. Ele dixe que o sinhore Lidio Lopes faz falta lá na béreação, bem não foi com exas palabras, foi mais ou menos isto, ele escrebeu que tem sódades dos tempos que o sôr Lopes lá estaba. A Hortenche é que debe andar fula, ela num gosta nada do home.
Mas ainda sobre o belogue do xôr Agostinho axo que ele debe mudar o nome. Debia-se chamar
esta marge, pruque ele é de cá, está cá ó pé da gente, e num xei porque deu o nome do outro lado.
Aqui no lar inda bamos faxer um abaixo-axaxinado para ele mudar pra esta marge."
Essa agora, Dona Olga Tronchuda!..

Sem comentários: