.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

O essencial

foto: Pedro Cruz

Na Figueira, neste momento, a exemplo do que acontece a nível nacional, vivem-se tempos difíceis para o debate político.

Num momento em que, o fundamental, era centrar as atenções e o debate político sobre a eficácia das escolhas autárquicas de Outubro passado, tendo em vista o futuro do nosso concelho, temos vindo a assistir, nos últimos dias, a uma tentativa deliberada de tentar desviar a atenção mediática para o acessório. Infelizmente, querem-nos fazer acreditar, que a pornografia é mais apelativa do que o debate, sério e aprofundado, sobre a realidade política do nosso concelho e do nosso País.

Neste momento, o importante, diria mesmo o fundamental, para quem gosta da Figueira e do seu concelho, é centrar o debate político nas ideias e não permitir a manobra de diversão de tentar transformar o palco político concelhio numa guerra entre assassinos de personalidade. Essa, no actual e decisivo momento que o País e o nosso concelho atravessam, é uma questão decisiva, não só para a democracia, mas também para a mudança e para o desenvolvimento, que se deseja sustentado, de Portugal e do concelho da Figueira das Foz.

Esta nossa postura de sempre, mantém-nos ausentes das tricas e manobras de diversão da actualidade de curtíssimo prazo. Acreditem: não é defeito, é mesmo feitio.

Sem comentários: