.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

A hora dos franco-atiradores

No tempo em que a politiquice não funcionava bem, mesmo não havendo maiorias absolutas, as autarquias não bloqueavam, pois os eleitos locais colocavam à frente da politiquice os verdadeiros interesses da sua Terra.
Isso aconteceu há 20, 30 anos, mas parece que já decorreu uma eternidade...
Hoje em dia, os interesses são outros, as ambições políticas são diferentes e os actores políticos não olham a meios para atingir os fins.
Mesmo dentro dos partidos as coisa são o que são. Cada candidato autárquico é um caso à parte.
Na Figueira está a acontecer o que sabemos: não existe maioria absoluta, para a Câmara e Assembleia Municipal, assim como em algumas freguesias, resultando daí negócios pontuais e avulso. Nesse tipo de negócios não me meto. Ao largo, portanto…
Em Quiaios, como contamos aqui, a coisa parece que não correu lá muito bem e daqui a 6 meses vão ocorrer outras eleições…
Na Figueira, vamos ver o que isto vai dar… Esta, pelos vistos, é a hora dos franco-atiradores.
Daqui a quatro anos, se todos tivermos vida e saúde, vamos ver onde estarão certas figuras, figurinhas e figuronas locais …
Querem apostar que será ao lado do partido do poder?...

1 comentário:

o comendador disse...

Quatro anos de governação...
Um quadro institucional foi eleito...
Passados alguns dias um "franco-atirador"... faz uma ou outra reunião camarária e "dá à sola",...
como sola até rimou com Angola,...toca de "dançar" ao ritmo de "danças africanas",que ao que parece é o que está a dar "de novo" para o nosso "esperto" portuga...
Volvido esse tempo,...veio á última reunião partir "o resto da loiça",e depois...bem!...
Xauzinho... que afinal como bom "coimbrinha", de paixão pela figueira só se fôr a água salgada, que ainda "os pôe" mais pequeninos do que aquilo que já são...e "apertadinho" que até faz crescer o peito...
Depois de muitas mais "confusões"... chega ao fim o "mandato maravilha"....
Traçaram-se estratégias eleitorais...
E outro "franco atirador"cá do burgo volta a "dançar o vira",...e pelo sim pelo não,...até o malhão "exprimentou",num "vai ou racha" perfeitamente admirável!..
Agora falta uma maioria,...e os franco-atiradores já só pensam como se lixar uns aos outros...
É esta a democracia que temos,... de uma issência prática hipócrita,interesseira e rídicula,...onde os interesses da nossa terra são sentimentos pré-históricos... e que não dão o belo posicionamento de "entrada no céu..."
Daqui à quatro anos?..
Claro que estão aí para as curvas,...eles... e os "travestidos" de uma independência que me mete "nojo",e que nessa altura espero seja derrotada e irradicada do mapa político...
O povo não é tão estúpido quanto isso,e se o foi agora...
Só o foi por "desespêro" da conjectura económica,onde parece que o favôr ainda é solução...
Quando repararem que os mesmos é que voltaram a comer...
Aparecem casos,...pintados de Prieto,com um tom de "Vara verde"e denunciados por outros franco-atiradores..
Sim acredito,que algo vai ter que mudar,e sinceramnete até nem precisamos de nenhum messias...

O COMENDADOR