.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 21 de janeiro de 2007

Foi há menos de um mês. Lembram-se?


Portugal continua a ser um País de Marinheiros...
Portugal, recorde-se, é um País que tem no mar as suas memórias mais importantes.
Portugal, 500 anos depois dos seus momentos de glória – da conquista dos mares nunca dantes navegados – continua a deixar morrer os seus marinheiros à beira da praia...
Cruelmente, a conta gotas...
Vítimas de muita coisa, mas vítimas sobretudo de terem vivido num País de burocratas de “quintal”, que não permitem que as coisas funcionem.
Vítimas também das complicações de funcionamento das instituições de um “Pais de faz de conta”, o País da empresa na hora - Portugal!.
Há 500 anos, num naufrágio de uma nau a 50 metros da praia, se ocorressem mortes de tripulantes, seria um acontecimento pouco compreensível.
Cinco séculos decorridos, isso aconteceu, mesmo com todos os sofisticados, complexos e prodigiosos meios que existem!
Foi na Nazaré, no passado dia 29 de Dezembro, há menos de um mês.
Lembram-se?
Entretanto, mudou alguma coisa?...

2 comentários:

Anónimo disse...

Pois é, temos de continuar a acreditar no amanhã mesmo que não exista amanhã nenhum.

Anónimo disse...

atenção ao que se está a passar no porto de persca da fig,foz, com a morte de um pescador da Cova e que está um armador a fugir ás responsablidades, dizendo que o dito pescador não andava ao mar.
Não deixe-mos que mais uma vez os infelizes sejam os mesmos.
ALERTA,ALERTA.
Quem é que fala disto!!!!!!???????