quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Custe o que custar, temos mesmo de continuar a manter a boa disposição...

Relvas afirma que Governo alcançou todos os objectivos para 2012!..

Autárquicas 2013 na Figueira... (da série, o que já lá vai e o que ainda aí vem…)


  João Ataíde:   “no mato sem cachorro”…
Mas, será que esta  questão  morreu aqui?..

Em tempo. 
Entretanto, "o presidente da Federação do PS de Coimbra já disse que a aprovação de três nomes candidatos à vereação na Câmara da Figueira da Foz por parte da concelhia socialista é nula, por desrespeitar os estatutos."

Ganda Viegas!..

Francisco José Viegas, ex-secretário de Estado da Cultura,
 com Passos Coelho,  em 26 de Outubro de 2012,
quando abamdonou o Governo
"queria apenas avisar que, se por acaso, algum senhor da Autoridade Tributária e Aduaneira tentar «fiscalizar-me» à saída de uma loja, um café, um restaurante ou um bordel (quando forem legalizados) com o simpático objectivo de ver se eu pedi factura das despesas realizadas, lhe responderei que, com pena minha pela evidente má criação, terei de lhe pedir para ir tomar no cu..."

Via A ORIGEM DAS ESPÉCIES

Em tempo.
Relvas, respeita o "tomar no cu" de Viegas!..

Um ex-"jotinha" (antes e depois de ir ao "pote"...) e o desemprego...

foto sacada daqui
ANTES... («Há um exército de desempregados»;  Valor da taxa de desemprego é um sinal “evidente” da recessão; Acredita que flexibilização laboral vai reduzir desemprego; Defendeu  que Portugal precisa de “políticas activas de emprego mais profundas” e de “atrair mais investimento” para combater o desemprego, que considerou “uma chaga social muito forte”; Diante de uma taxa de desemprego de 12,4 por cento, Pedro Passos Coelho considera que o país está confrontado com “um valor muito grave” e que “tem tendência para se acentuar”PSD quer ajudar desempregados de longa duração e jovensQueria um governo que voltasse a trazer ética e valores à política e que faça crescer a economia para criar emprego e reduzir o endividamento públicoAcusou Sócrates de não se preocupar com os mais de 700 mil desempregados...)
- Conclusão e moral da "estória" (se é que esta  "estória" tem alguma moral): dar emprego a ex-"jotinhas pode ter consequências muito graves para a nossa saúde!

Não permitam que se sambe ao frio, por favor...


Sambar em plena Avenida do Brasil, em Fevereiro, é uma anormalidade tão grande, como esquiar na praia, em Agosto...

Em tempo.
A imagem que acompanha este post é do Brasil. 
Se fosse da Avenida do Brasil seria parecida, mas ligeiramente encarquilhada.

Gala...

foto antónio agostinho

Chama-se Gala. É uma aldeia de pescadores. Ou melhor: pouco mais é do que uma rua, que vai da Estrada ao Mar, e tem casas de um lado e do outro. Ao fundo e antes das dunas, que a separam do grande areal da praia, junta-se intimamente – quer dizer: sem uma nítida separação – a um lugar que tem o nome de Cova, embora a designação não seja exacta ou própria: as duas terras estão ao mesmo nível – o das águas do mar, quando estas andam calmas ou só bramem na ressaca. 
Muito embora sem nome no mapa, a Gala está bem situada. Fica do lado sul da foz do Mondego. E, como as terras que seguem um rio até ao mar, é um prolongamento do Cabedelo – ou seja, aquele cabo de areia que se forma à barra dos rios. Do lado norte, há uma cidade e essa vem registada nos mapas de terra e nas cartas de mar – chama-se Figueira da Foz.

Daqui