Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Sem demagogia, isto faz-me lembrar o Portugal da minha infância - anos sessenta do século passado...


"Crianças faltam à escola para pedir esmola"...

Sem comentários: