quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Chamem a polícia, pois eu estou a pagar!..

Quem tem cu, tem medo...


A maioria PSD/CDS-PP aprovou hoje, na generalidade, a proposta de Orçamento do Estado para 2013, mas com um voto contra na bancada centrista, do deputado Rui Barreto, eleito pelo círculo da Madeira.
Toda a oposição - PS, PCP, BE e "Os Verdes" - votou contra a proposta do Governo, conforme estava anunciado.

Michel...

... o chefe que não soube "branquear" a massa!..

Durão...


... um barroso que, certamente,  passará a ficar mais recolhido...

UNITEFI (FIG. DA FOZ)


Os trabalhadores da têxtil Unitefi, sediada na Figueira da Foz, que possuem ordenados em atraso e os contratos suspensos desde setembro, admitiram hoje avançar com um pedido de insolvência da empresa em tribunal.
O eventual pedido de insolvência foi hoje discutido num plenário que juntou cerca de uma centena de trabalhadores, realizado na avenida marginal daquela cidade, em frente à casa de um dos administradores da fábrica.
"Ainda estamos à espera de uma solução mas estamos a preparar tudo [para a insolvência] caso não haja nenhum caminho", disse hoje à agência Lusa Fátima Carvalho, dirigente do Sindicato dos Têxteis do Centro.

Texto:  Expresso


Cuidado com as alterações…

Toda a gente sabe -  na Figueira isso também já aconteceu – que quando  um Plano Director Municipal atrapalha o enriquecimento de alguém, por via de algum negócio de oportunidade, tenta  alterar-se esse PDM, o mais urgente que for foi possível, talhando-o à medida, de forma a que o corpo passe a caber no fato...
Estão a perceber porque querem fazer  o mesmo com a Constituição neste momento em Portugal?..
Bom, aqui na Figueira, até já suspenderam o PDM parcialmente… Lembram-se?
Espero que os representantes dos Ulrich deste País no governo, não tenham a força necessária para suspender esta Constituição …
Mas, nunca fiando…
É que isso poderia ser mesmo perigoso: de alteração em alteração, de suspensão em suspensão, já imaginaram o que seria  “alterar também o Código Penal e permitir que   rapinassem directamente das contas dos clientes os euros necessários para reequilibrarem as contas lá do banco sem que tal gesto patriótico fosse considerado roubo?..”
Acreditem ...
Para alguns, “a democracia é uma chatice"!..