sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Isto, no mínimo, parece-me extraordinário!...

Pergunta: 
- O acordo entre o PSD e o PS viabilizou a constituição de um executivo cuja legalidade continua a ser posta em causa. O seu partido não se sente desconfortável?

Resposta de Mota Cardoso, candidato do PSD à junta de freguesia de S. Julião, nas últimas eleições autárquicas, e presidente da Assembleia de Freguesia, em entrevista ao jornal AS BEIRAS:
- O meu partido entendeu que quem ganha deve governar, quer o executivo esteja legal ou ilegal. Ainda hoje tenho dúvidas se aquilo é legal ou ilegal.

X&Q1134


O Café Nicola já entregou a alma ao criador há anos…


Por isso e por muito mais, estou em acordo com o investigador Rui Curado da Silva: “é preciso salvar a Casa Havanesa”.
Se isso não for possível, qualquer dia, por este andar,  não restará  uma referência cultural na cidade da Figueira da Foz…
Na foto,do Arquivo Fotográfico Municipal da Figueira da Foz – 1940/1949, pode ver-se a Esplanada do Café Nicola – Picadeiro, junto à casa Havanesa.

Ana Rolo substitui João Armando Gonçalves na vereação camarária


João Armando Gonçalves, vereador eleito pelo PSD, pediu a suspensão temporária do mandato, pelo período de 120 dias. 
Ana Rolo, engenheira e presidente do Ginásio Clube Figueirense irá ocupar o seu lugar  na bancada laranja.

Via O Figueirense

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Requalificação da envolvente do Forte Santa Catarina: a oposição a funcionar, ou isto não passa de "uma grande trapalhada"?.. Aguardam-se os novos capítulos!..

"Na última reunião de câmara de Julho, o sr. presidente informou-nos que seria necessário subtrair cerca de 40 lugares de estacionamento - na empreitada da requalificação da envolvente do Forte Santa Catarina - porque se tinha descoberto um 
maciço rochoso que impedia a implementação do parque conforme previsto. A outra opção seria gastar mais 50 Mil euros, para a remoção de rocha.
Ainda durante essa reunião tive oportunidade de pedir ao presidente que fossem pedidas responsabilidades ao projetista por não ter identificado o “tal” maciço rochoso.

Ainda assim e porque não fiquei convencido das explicações dadas em reunião de câmara, fui ao local com uma planta da implementação da obra. Percebi então que o que estava em causa não era nenhum maciço rochoso, mas sim o facto de terem implementado parte do parque de estacionamento em cima do inicio do molhe norte. 
Ora, como se impunha, levantei ontem novamente a questão em reunião de câmara pedindo explicações ao presidente da câmara sobre esta nova “trapalhada” em que se enredaram. Na tentativa de esclarecer, o presidente adensou ainda mais a nebulosa que envolve toda esta questão, quando vem confirmar a posição de um técnico responsável pela obra, em que afirma que a responsabilidade de tudo isto é do empreiteiro porque deveria estar consciente da necessidade de retirar a pedra que obstaculizava a implantação do parque.

Ou seja, há um mês não era possível desenvolver a obra conforme projetado porque se tinha descoberto um maciço rochoso, mais tarde confrontados com a constatação que fiz no local, que afinal “o tal maciço” era o inicio do molhe norte, vem agora dizer que afinal sempre esteve previsto a remoção das pedras e que a culpa é do empreiteiro. Que grande trapalhada..."

O retrato de um País: "toda a nudez de Vera Pereira"

Vera Pereira seria contratada ao abrigo da medida Estímulo 2012.
Segundo esta medida, a entidade empregadora indicaria no portal NetEmprego a intenção de beneficiar do apoio e a modalidade de formação profissional a proporcionar ao trabalhador. O IEFP validaria a oferta e indicaria à entidade patronal os desempregados que reunissem os requisitos necessários. Celebrado o contrato de trabalho, a entidade empregadora apresentaria a candidatura ao Estímulo 2012. Por fim, O IEFP verificaria o cumprimento dos requisitos e notificaria a decisão à entidade empregadora.
Mas esta não é a prática que o IEFP consagrou. Segundo o IEFP é normal a entidade empregadora indicar o nome de quem quer contratar. A publicação do nome de Vera Pereira não passou de um lapso que, segundo o IEFP, é necessário investigar. Afinal, ao publicar o nome de Vera Pereira, alguém cometeu o delito de desnudar a verdadeira natureza destes apoios governamentais: estimular a subsidio dependência e fomentar a precariedade e a desvalorização da força de trabalho.

Sacado daqui

Em tempo.
O retrato de um País (parte dois)

Os portugueses querem sempre o melhor para os filhos e por isso os bebés que nasceram nas últimas horas chamam-se todos Vera Pereira, como a educadora de infância que tem um emprego só para ela publicado no IEFP.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Homenagem justa a um covagalense


João Pereira Mano, nasceu na Gala, então freguesia de Lavos, concelho da Figueira da Foz, em 2 de Setembro de 1914.
Em tempo.
Ao longo da vida, além dos livros, publicou muita coisa em jornais nacionais, regionais e locais. Sabemos, porém, que há muito inédito do Capitão João Pereira Mano à espera de ser publicado. Fica o alerta a quem de direito, nomeadamente ao vereador da Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz, aliás, um profundo conhecedor e admirador da obra e do mérito do Capitão João Pereira Mano.

Câmara da Figueira distingue 11 bodyboarders com Medalha de Altruísmo em Prata Dourada

A Câmara da Figueira da Foz deliberou, hoje, sob proposta do PSD, atribuir a sua Medalha de Altruísmo em prata dourada a 11 «bodyboarders» que impediram o afogamento de três crianças e de uma mulher.
O salvamento ocorreu a 25 de Julho de 2012, na praia figueirense, sendo a adulta mãe de uma das crianças.

Via O Figueirense

Que desalento filho da puta!...

Jogamos mal!..
Falta garra!...
Sá Pinto tem outras opções...
(A equipa mudou o seu sistema de jogo padrão em relação à época passada, com a introdução de um duplo "pivot" a meio-campo e de um médio mais solto e criativo, um nº. 10, alterações aparentemente não assimiladas e que se revelaram ineficazes perante um Rio Ave bem organizado defensivamente...) 
Mas, sabem o que me chateia mesmo neste Sporting 2012/2013?..
Para além de jogar a  passo e não marcar, tem um  treinador que fala e pensa em câmara lenta!..
Que desalento filho da puta!..

Não pode calhar sempre aos mesmos...



Vá lá...
Um português foi ao bolso da troika!.. 
No final, lá para 2014, a troika acerta as contas...

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Europa, a caminho da realidade asiática?..

O responsável para a Europa do gigante do setor agroalimentar e da cosmética Unilever , afirmou esta segunda-feira, que "a pobreza pode regressar" ao continente europeu e que consequentemente a empresa terá de repensar a sua estratégia.
Jan Zijderveld confessou que a sua estratégia para a Europa passará por imitar soluções já utilizadas na Ásia, em alguns dos países mais pobres do mundo.

Passos e Portas, afinal, são generosos... (II)

Em Portugal, a distinta casta dos mais ricos está a ficar cada vez mais rica. 
Ao mesmo tempo, o número de trabalhadores que ganham menos, sobe vertiginosamente. 
A diferença entre os cada vez mais bem remunerados e os que cada vez recebem os salários mais baixos, é cada vez maior!.. 
E a tendência é para piorar…

Passos e Portas, afinal, são generosos...


Portugal, um manicómio a céu aberto?.. (III)

para ver melhor, clicar na imagem
Se isto passar impunemente, teremos garantido no Guinness, e sem problemas, o record de "Povo Mais Estúpido do Mundo" 

domingo, 26 de agosto de 2012

Mais uma taxa?.. Figueira, para já, afastou a ideia...

A criação de uma taxa turística municipal não gera, em tempo de crise, iaentusiasmo idêntico entre as câmaras portuguesas.
Vários municípios mais vocacionados para o sector ponderem a sua adopção e alguns defendam uma discussão nacional.
Para já,  o presidente da Câmara da Figueira da Foz afastou a criação de um imposto turístico municipal, alegando que a cidade possui “poucos serviços” ao nível da hotelaria e restauração.
“Um imposto desses poderia ser discutido, mas teria poucoretorno porque há poucos hotéis e restaurantes”, afirmou João Ataíde, frisando, no entanto, o esforço da autarquia na manutenção dos espaços verdes e das praias.

À atenção de António Borges

Este blogue está a dar lucro… 
Será que alguém quer privatizá-lo?.. 

Em tempo. 
Do Goldman Sachs nunca ninguém sai... 
Não se trata de ser competente, trata-se de ser útil. 
Tudo passa a fazer sentido à luz dos interesses do Goldman Sachs.

Zé Cabra da pintura?..


Continua a ser notícia, o  "restauro" do fresco realizado pela octogenária Cecilia Gimenez e que está a originar uma verdadeira peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Misericórdia de Borja, em Espanha.
Entretanto, a idosa continua fechada em casa com uma crise de ansiedade.
Pior ainda: a senhora ficou tão abalada que perdeu a fome!..
As melhoras para a dona Cecilia Gimenez.

50 years ago!

Desde outubro de 2006 , que o Fernando Campos é colaborador deste blogue...
Os anos passam a correr...
Como ele diz..
 "Vai-se andando. Mas envelhecer é foda..."
Hoje, faz 50 anos...
Eu, que  já por lá passei há alguns, cumprimento e felicito este companheiro pela entrada no clube da juventude dos velhos... 
Ficam  os votos para que continues a fazer das tripas coração para que seja possível cultivar o riso, por muitos e bons anos...
Parabéns Fernando.
Um abraço.

Idiossincrasia?..

Na Figueira e no País, os tempos que correm estão difíceis…
Como optimista nato que sou, sinto que o tempo que corre não é para gente como eu  -  gente que sempre  confiou no futuro.
Creio que, tanto na Figueira, como no País,   gostaríamos  de continuar a ser gente que confia no futuro.
Só que, tanto por aqui, como no resto do País,  está tudo pior que estragado.
E nós, na Figueira e no País, continuamos como sempre - angustiados, mas,  impávidos e serenos, à espera que o nosso futuro seja determinado por qualquer acaso do destino!..

Em tempo.
Se alguém souber, responda: em que país, a não ser em Portugal, seria possível alguém fazer-se passar por fundador de uma associação de beneficência da Suécia, da qual se apresenta como seu presidente, saca dinheiro a câmaras municipais, instituições de solidariedade social, consegue que algumas figuras públicas lhe angariem fundos, e é agraciado com uma condecoração do governo, quando, afinal, tudo não passava de uma mentira!..

P.S. -
E poderia ter chegado a presidente do Benfica!..

Bom domingo

sábado, 25 de agosto de 2012

Portugal, um manicómio a céu aberto?.. (II)

Há muito que RTP1, SIC e TVI, se limitam a colocar no ar uma programação populista...
Os telejornais, limitam-se a ser espaços onde o rigor informativo deu o lugar ao sensacionalismo...
Fica a pergunta, via Delito de Opinião:
"Extinta a RTP 2 (que custa 40 milhões por ano mas, apesar de inúmeras falhas, ainda se percebe ter uma programação alternativa), o que constituiu afinal o serviço público de televisão? 
Por outras palavras: os portugueses vão entregar os 150 milhões de euros da taxa do audiovisual à Ongoing (perdão: ao consórcio vencedor) para garantir exactamente o quê?" 

Vandalismo na Figueira…

Lamentavelmente, os balneários e sanitários da cidade da Figueira da Foz e de Buarcos,  têm sido alvo de «actos de vandalismo» e de «práticas cívicas inapropriadas», pois «não têm em vista o roubo, antes o simples acto de prejudicar e destruir!
Quem o afirma, hoje, no Diário de Coimbra é o vereador António Tavares que elenca diversas situações, como a do balneário da Torre do Relógio, em que foram danificadas as portas e deixadas as torneiras abertas a escorrer água para o exterior.


Em tempo.
Por falar em vandalismo na Figueira…
Como adjectivar o que foi feito ao jardim municipal da Figueira da Foz em 2005?..
Depois dessas obras, inauguradas em Julho de 2005, o jardim praticamente morreu!.. 
As pessoas deixaram de lá ir, passou a ser um mero ponto de passagem, deixando praticamente de ser utilizado como espaço de convívio!..

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Personalidade do Dia - Manuel Fernandes Thomaz

Felizmente, está a chover na Figueira...


Eu sei que é Verão, e tal, e estamos na silly season, mas não há razão para não darmos boas notícias!.. 
Longe da Figueira, fiquei a saber, via televisão,  que, pelo menos no Coliseu figueirense, neste momento, está a chover!.. 
E bem!..
Pelo menos, vai ser positivo para a higiene e para a melhoria do aspecto das ruas da cidade...

Casa Havanesa: novos capítulos ou o fim da história?

Esplanada do Café Nicola – Picadeiro, junto à casa Havanesa na Figueira da Foz
Arquivo Fotográfico Municipal da Figueira da Foz – 1940/1949
Em termos de oferta, continua uma livraria acima da média. 
É certo, que os livros velhos já se foram em grande número -  restam poucos… 
Todavia, o espaço mantém  ainda o cheiro e a essência impregnada nos móveis!.. 

Livraria e casa de fotografia, a Casa Havanesa, no centro da Figueira, junto ao casino, pertencia a José dos Santos Alves e ao seu irmão, Mário dos Santos Alves que foram, respectivamente, os vice-cônsules da Bélgica e da Inglaterra.
Tocados pelo desamparo dos que chegavam, muitas vezes só com a roupa do corpo, os irmãos Alves, não só desempenharam o papel diplomático que lhes competia, como protegeram e ajudaram todos os que os procuravam, recebendo-os nas suas casas, solicitando apoios financeiros para os mais desvalidos, etc. Com o avanço da guerra e à medida que algumas nações iam "desaparecendo" do mapa da Europa, José e Mário Alves passaram, também, a representar muitos desses países.
Assim, a Casa Havanesa tornou-se ponto de encontro obrigatório. Muitos refugiados aqui faziam chegar a sua correspondência. Nesta casa e no seio desta família encontraram conforto, amizade e muita ajuda. Acabada a guerra, muitos foram aqueles que, durante anos, se mantiveram em contacto com os Alves. A estes dois homens foram concedidas, pelos governos inglês e belga duas altas condecorações pelos serviços prestados em prol da Liberdade.

A Havanesa, na Figueira da Foz, é uma livraria diferente: tem dos melhores cheiros a livros que é possível encontrar em Portugal… 
Enquanto é tempo, só para cheirar vale a pena lá ir!.. 
Todavia, o verão de 2012 será provavelmente o último da Casa Havanesa como livraria…

Portugal, um manicómio a céu aberto?..

O primeiro-ministro e o ministro Miguel Relvas, que tutela a área da comunicação social, assessorados pela equipa coordenada por António Borges para o processo das privatizações, já decidiram: Governo concessiona RTP1 e fecha RTP2!..
A solução foi avançada esta quinta-feira pelo jornal "Sol" e admitida por António Borges em entrevista à TVI.
Aguardam-se novos desenvolvimentos, pois "É SEMPRE POSSÍVEL UM CENÁRIO PIOR."

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Aumentaram brutalmente os impostos e as receitas, em vez de crescerem, diminuíram!..



Desta vez, de  quem será a culpa de mais um desvio colossal?..

Nem tudo são más notícias cá pela Figueira...

"Uma nomeação não hostil ao PS” ...

Tal como já havíamos dito no domingo passado, Tiago Castelo Branco, Advogado com escritório na Figueira da Foz, membro da Comissão Política Concelhia do PS, secretário da Assembleia de Freguesia de S. Julião e deputado, em regime de substituição, na Assembleia Municipal da Figueira da Foz, é o novo Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara da Figuiera da Foz, dr. João Ataíde.
Foi formalmente apresentado no passado dia 21 do corrente.

O Pingo Doce vai deixar de aceitar, já a partir de 1 de Setembro, pagamentos com cartões de multibanco e de crédito em compras com valor inferior a 20 euros!


Há sempre uma maneira de se dar a volta: neste caso, é fazer compras no valor de € 20,01!..

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Este Marcelo...


Sócrates fez muita merda, mas esta não!.. 
Pronto, aceito: se calhar porque não teve tempo...
Agora, veja-se o vídeo.
A verdade é a verdade. Ponto final: foi o Governo de Passos Coelho, e não o de Sócrates, que lançou a sobretaxa sobre o subsídio de Natal.

Faria sentido...


terça-feira, 21 de agosto de 2012

Portugal, País de emigrantes!

“Muitos dos nossos compatriotas tiveram que emigrar porque o país não lhes garantiu qualidade de vida ou até a sobrevivência. Nos períodos de maior crise as suas remessas salvaram o país da bancarrota. 
São os guardiões da nossa identidade cultural, os maiores foliões das romarias, os adeptos que mais vibram com a selecção de futebol. São os emigrantes que nos dão a garantia de que a nação portuguesa sempre sobreviverá, são eles a nossa reserva.” 
Sabem quem é o ministro que tem a tutela dos emigrantes?..
É Paulo Portas!..
 Alguém o viu nalguma festa de emigrantes? Será que ele próprio sabe que é o ministro que tutela a emigração?

Negócios da china

Qualquer negócio, é para ser feito entre um comprador e um vendedor. 
Nunca entre um comprador e um rendido... 
Tudo piora e se agrava ainda mais,  quando o que está em causa é o  património de todos nós!..

A minha Aldeia


Imagem sacada daqui
A minha Aldeia continua, o que, neste momento, constitui um milagre.
Apesar de todos os problemas que a  abalaram  e consumiram no passado recente, foi capaz  de resistir, de   sobreviver, de continuar.
A  paisagem já desmesurada, fruto de um crescimento mal planeado, levado a cabo por  autarcas rendidos ao peso da demografia, simboliza as fragilidades da minha Aldeia: cultura deficiente, marginalização,  opressão, esquecimento das raízes, passividade identitária, carência e dificuldade de relacionamento entre o poder e o cidadão.
Cova-Gala, a minha Aldeia, apesar de tudo isso, continua a ser  a melhor Aldeia do mundo.
Pelo menos para mim.
Aceito que, para outros, esta minha  opinião possa ser discutível e controversa, por ter a ver  com um sentimento irracional.
Como diria Alberto Caeiro:
DA MINHA ALDEIA vejo quando da terra se pode ver no Universo....
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Hoje deu-me para isto... Fica mais uma pergunta

"A anunciada saída de Francisco Louçã da liderança do Bloco e a sua substituição por uma direcção bicéfala, constituída por um homem e uma mulher, corresponde à necessidade de equilíbrios internos, mais do que a “exigências do século XXI”. Nestes 13 anos, a imagem exterior do Bloco foi construída sobretudo por Francisco Louçã e Miguel Portas. A saída de cena do primeiro e o desaparecimento prematuro do segundo, por um lado, e a previsível disputa entre o PS e o PSD nas próximas legislativas, o que leva sempre ao “voto útil”, podem marcar definitivamente os limites eleitorais em que o Bloco se vai mover no futuro."
A pergunta é:
Está o Bloco bloqueado?

Modéstia à parte, uma pergunta ao Figueirense Miguel Almeida

"Este verão, apesar do bom clima, ouvi, mais uma vez, alguns amigos com os tradicionais lamentos veranistas. Que a água não tem a temperatura do caribe, que o vento adora dar um ar da sua graça e que a “praia da figueira” é demasiado longa, é um facto. Mas o que importa é transformar estas supostas fraquezas em força. 
Se temos uma praia demasiado longa temos que a saber “vender” como a maior praia urbana da Europa e ter um plano de aproveitamento desse longo areal. É verdade, somos a “Maior Praia da Europa” e temos que saber tirar proveito disso enquanto não conseguirem estancar e diminuir o tamanho.
Se o vento é mais forte do que em outras paragens, então que corra a nosso favor. Existem vários desportos que podemos potenciar porque necessitam desse sopro da natureza. 
O essencial é saber para onde se quer ir e fazer opções. Por mim, prefiro potenciar o que os “Deuses” nos deram, porque modéstia á parte sou Figueirense."


Miguel Almeida, hoje no Diário AS BEIRAS


Em tempo.

Quanto mais se sabe, menos apetece escrever. Quanto menos se escreve, mais se supõe…



Foi esta manhã assinado o protocolo entre a EDP, a empresa China Three Gorges e o banco chinês que aprovou o empréstimo de mil milhões de euros acordado na altura da privatização na eléctrica.

Há sofrimentos que se podem evitar!..



Como sabemos, até ao momento, nenhuma estação de televisão de sinal aberto comprou os direitos de transmissão à SporTV…
Como  sportinguista,  concordo plenamente.
Assim, dado que o meu dinheiro não é para desperdiçar em merdas como a Sport TV, vou limitar-me a ver o resumo dos jogos do meu clube no telejornal… 

Para ouvir com atenção





Será difícil de perceber, que é a nossa a vida que está em jogo, que é a nossa a vida que Pedro Passos Coelho e  outros,  têm andado, e continuam,  a jogar?..

sábado, 18 de agosto de 2012

Recomeçou a comédia...


"Um homem começa a ficar velho quando já prefere andar só do que mal acompanhado." 
Esta frase,  é do grande  Millôr Fernandes, que estou a interiorizar cada vez mais...
Parafraseando, mais uma vez,  o grande humorista falecido em 27 de Março passado, em casa, no Bairro do Ipanema,  Rio de Janeiro , que também se destacou como desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, jornalista e tradutor, "inúmeros artistas contemporâneos não são artistas e, olhando bem, nem são contemporâneos."
Neste momento, em Portugal, no futebol e não só, "a situação é de tamanha indignidade que até pessoas totalmente indignas já estão indignadas"!

X&Q1130


João Semedo e Catarina Martins líderam Bloco de Esquerda...

É oficial: Louçã será substituído pelos dois deputados na liderança do BE.
"É preciso inovar nas formas de representação", disse ao Expresso.

Lisboa - Ponte 25 de Abril

A Ponte 25 de Abril, aqui fotografada por Pedro Agostinho Cruz, também conhecida como Ponte sobre o Tejo, foi inaugurada em 1966 com o nome Ponte Salazar, em memória ao ditador que a mandou construir. Mais tarde, a ponte recebeu o actual nome em homenagem à "Revolução dos Cravos".
Tem 2.278km de comprimentos. Na margem norte o acesso ao tabuleiro faz-se por Alcântara,  e termina em Almada, na margem sul do rio.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Fundações...

Palheiros, a sua história no tempo...

Casa ideal para pescadores...
É construída sobre espeques na areia, com tábuas de pinho e um forro para dentro aplainado.
Duram tanto ou mais que a vida...  cheiram que consolam, quando novas a resina, a árvore descascada e a monte. Ressoam como búzio e são leves, agasalhadas, transparentes.
Por fora escurecem logo, e envelhecendo caem para o lado ou para a frente; por dentro conservam uma frescura extraordinária, e quando se abre uma janela, abre-se para o infinito. No chão dois tijolos 
para o lume, em esteiras alguns peixes a secar. 
Pode-se dormir com a porta aberta. Eu nunca fechei a minha. 


Duas breves notas:
1. Ainda me lembro de na Cova-Gala, as casas estarem sempre com as portas abertas.
2. Este post, foi construído a partir de uma ideia contida num mail enviado pelo meu Amigo eng. António Guimarães, a quem, obviamente, agradeço.

Não podem ser sempre os mesmos...


quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sempre na maior!..




Passos ontem no Pontal anuncia o fim da recessão em 2013!..
Em tempo.
Próximo ano «irá marcar o fim da crise», tinha dito Álvaro Santos Pereira em 14 de novembro de 2011!..
Em 2006,  Manuel Pinho decretou...:  "A crise acabou, vive-se um ponto de viragem, e a questão agora é saber quanto é que a economia portuguesa vai crescer"!..
Em 2008, Teixeira dos Santos era o optimismo em pessoa:  "Quero crer que estamos mais próximos do fim da crise do que do seu início e creio que estaremos, porventura, a passar o pior momento da crise nos últimos meses e que, como os indicadores têm vindo a acentuar, a crise está a atenuar-se"!..
Em 2009,  José Sócrates: "É o princípio do fim da crise"!..
O que nos vale é que,  apesar da crise,  estamos sempre na maior!

X&Q1128


Capitão João Pereira Mano, um covagalense cuja memória nunca deverá ser esquecida pelos figueirenses

João Pereira Mano, nasceu  na  Gala, então freguesia de Lavos, concelho da Figueira da Foz, em 2 de Setembro de 1914. 
Filho, neto e bisneto de pescadores, ficou órfão de pais aos 12 anos de idade. Mesmo assim, embora com dificuldades de vária ordem,  tirou o curso elementar da Escola Náutica, tendo obtido, talvez “motivado”  pelas circunstâncias, a melhor classificação do curso. 
Depois da  reforma, aos 61 anos, dedicou-se à paixão de sempre - a investigação (principalmente nos arquivos de Lisboa, Coimbra e Aveiro) da história das povoações do litoral figueirense, em especial as origens dos pescadores da Cova e da Gala...
Faleceu em Lisboa. Os restos mortais do Capitão João Pereira Mano, repousam desde a tarde do dia 10 de agosto de 2012, uma sexta feira, no cemitério de Lavos.

Foi graças ao labor do Capitão João Pereira Mano,  o maior investigador figueirense  e profundo  conhecedor da história marítima do concelho da Figueira da Foz, autor de livros fundamentais para o conhecimento das nossas raízes, como “Lavos, Nove Séculos de História” e “Terras do Mar Salgado”, tudo resultado de décadas de investigação aturada em fontes directas, que ficámos a conhecer o nosso passado e a nossa raiz histórica.
Até agora, a única e verdadeira pesquisa histórica sobre as origens da Cova e Gala, foi realizada pelo Capitão João Pereira Mano.
O seu interesse pelo passado do litoral foi sempre de carácter historiográfico, certamente influenciado pelas suas estreitas ligações ao concelho da Figueira. Antes da publicação dos seus estudos, esta temática era praticamente ignorada pela historiografia local. Havia uma lacuna de conhecimento, que o Capitão João Pereira Mano com o seu esforço, de muitos anos, ajudou a minorar, contribuído decisivamente para a clarificação da Historia do litoral português. Mas, o mais importante na sua obra, foi ter realizado um trabalho sério e rigoroso, que contribuiu  para a construção de um conhecimento mais estruturado do nosso passado. 
A historiografia é uma ciência social, com métodos específicos, que se fundamenta na leitura de fontes documentais. Por isso, a historiografia  não pode ser conivente com a existência de dogmas – muito menos de dogmas do foro politico. Dogmas e mitos não podem – ou pelo menos não devem – interferir na pesquisa histórica, que deve ser efectuada com isenção e rigor científico. 
Quem ler os livros do Capitão João Pereira Mano, nota facilmente que conseguiu manter a isenção nas investigações que levou a cabo, privilegiando sempre o rigor e a seriedade nas suas pesquisas.
Há vidas que valem a pena. Foi o caso da longa vida do Capitão João Pereira Mano.
Morreu com 97 anos de idade.
Sabemos que ao longo da vida, além dos livros, publicou muita coisa em jornais nacionais, regionais e locais. Mas, sabemos, igualmente, que ainda há muito inédito do Capitão João Pereira Mano à espera de  ser publicado.
Fica o alerta a quem de direito, nomeadamente ao vereador da Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz, aliás, um profundo conhecedor e admirador da obra e do mérito do Capitão João Pereira Mano.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

The policeman on the beach

foto sacada daqui
Cá está o exemplo de uma profissão  saudável e agradável,  vítima do progresso!..

Greve do sector portuário

Porto da Figueira da Foz "completamente parado". 
Que grande adesão!..

Assessorias

Há dois tipos de assessores.
Os oriundos das jotas.
E,  aqueles,  que já não encaixam em lugar nenhum, por terem excedido  o prazo de validade.
Um,  ou outro, consegue sobressair pela  qualidade  - bom senso -  o que, naturalmente, se reflecte na eficácia  do seu trabalho.
São as excepções, que confirmam a regra. 
Normalmente,  não têm origem em nenhuma das proveniências referidas acima. 

Olhem as primeiras páginas!..


Terminaram os Jogos Olímpicos Londres 2012 e já se fizeram muitos balanços.
Um deles,  é de Vítor Serpa,  Director do jornal A Bola, que por mero acaso li por ter encontrado o jornal na mesa de um café. 
Lá está apontado o habitual:   a ausência do desporto escolar, a presença  dos mesmos  nas  federações, o  empirismo na formação, etc.
Vítor Serpa, porém, pelo menos, ignorou uma questão – e quanto a mim importante.
Não referiu os jornais e os jornalistas, que se dizem “de todos os deportos”, mas que continuam a ignorar a  canoagem, o remo, o atletismo, o ténis de mesa, o basquetebol, o andebol, o hipismo, a ginástica, a natação, o ciclismo, etc., preferindo continuar a contribuir para futebolizar o País.
Reparem nas  primeiras  páginas dos jornais “desportivos” de hoje…
Por isto mesmo, é que já deixei de comprar jornais “ditos desportivos” há muitos e bons anos.