.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Lagoa da Vela: será é que é desta?.. Para já será, "a instalação de passadiços e postos de observação de avifauna"...

Lembram-se, para não ir mais longe, do ano de 2017, quando a Câmara da Figueira da Foz tinha em curso um conjunto de diligências destinadas a promover a reabilitação da Lagoa da Vela?..
Diário as Beiras 29 dezembro 2017
Diário as Beiras, 4 junho de 2018


Hoje no Diário as Beiras, com chamada de primeira, pode ler-se na página 11:
"A intervenção da autarquia na Lagoa da Vela, no Bom Sucesso, começa em Janeiro de 2020, com a instalação de passadiços e postos de observação de avifauna, tendo um orçamento de 130 mil euros. As obras deverão prolongar-se até junho seguinte.
Será ainda instalado um pontão de madeira com 40 metros de comprimento,10 metros sobre o espelho de água. Os centros de observação de aves e fauna também serão instalados na vizinha Lagoa das Braças. Trata-se de um projeto integrado “com pequenos projetos”, suportado
por um orçamento total de 400 mil euros, como adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS o vereador Miguel Pereira. O programa inclui a desinfestação de espécies arbóreas invasoras, sobretudo acácias, estando para o efeito destinados 60 mil euros, e a reflorestação de 22 hectares.
A operação lagoa, que conta com a participação do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e da Associação Vela Pravida, não deixa de lado a reflorestação e a gestão das matas, privilegiando a vegetação espontânea
autóctone. Nem a ligação histórico-económica dos habitantes da região com
a Lagoa da Vela, através da pesca e do aproveitamento do limo para como fertilzante agrícola natural.
Desassoreamento à espera de fundos comunitários
Entretanto, a autarquia aguarda a abertura de candidaturas a fundos remanescentes do Portugal 2020 para proceder ao desassoreamento e à revitalização do espelho de água, devendo representar um investimento que
rondará os dois milhões de euros. O projeto já está feito. A concretizar-se, será
o culminar de várias décadas de diligências, avanços e recuos, que visam a
recuperação de uma das maiores lagoas naturais da Península Ibérica.
A autarquia deverá promover, este mês, no Bom Sucesso, uma sessão de
esclarecimento sobre a intervenção na Lagoa da Vela. Ao quer tudo indica,
o mais difícil será o aproveitamento turístico daquela zona da Rede Natura. O promotor que obteve autorização para construir um empreendimento, numa versão minimalista do projeto inicial, visitou o local e adiantou que estava
a estudar um projeto de ecoturismo, mas não deu mais notícias à autarquia."

Sem comentários: