.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 9 de setembro de 2012

Poder dos "artistas"...

Cavaco Silva especializou-se em falar sem dizer nada. 
É uma arte que requer longa aprendizagem e experiência, ainda que por vezes, quando menos se espera, surjam lapsos de monta, em especial quando fala de pensões de reforma.
Cavaco sabe que quanto mais fala, mais se enterra,  como se diz em linguagem popular…
Por isso, aperfeiçoou ao limite a arte de abrir a boca sem que se retire do que disse qualquer conclusão válida…
Neste contexto, enquanto os portugueses, em geral,  e os comentadores políticos, em particular, entre surpreendidos e maravilhados, andam às voltas  para entender a tomada de posiçãode Cavaco Silva ao discurso da sexta-feira passada do Passos Coelho, tive um pesadelo.
Sonhei que a população portuguesa se tinha reunido para oferecer, numa  bandeja, a Presidência da República a Marcelo Rebelo de Sousa.
Vamos lá a ver o que ele,  mais logo,  vai dizer…
Presumo que  não queira  abdicar do  poder.

Sem comentários: