.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 13 de setembro de 2008

A diáspora Portuguesa continua

Foto sacada daqui
“Um total de 27% dos 130 mil novos postos de trabalho que José Sócrates diz terem sido criados desde que chegou ao poder foram, na realidade, empregos arranjados no estrangeiro por residentes em território nacional. Quer isto dizer que a meta de criação de 150 mil novos empregos em Portugal está, não a 20 mil empregos de distância como o primeiro-ministro reclamou em meados de Agosto, mas sim a mais de 50 mil.”

Se bem lembro, desde o século XII que os portugueses se começaram a espalhar pelo mundo.
Primeiro, pela Europa - Flandres, Inglaterra, França. A partir do século XV, por África. Depois, pela América. A seguir, pela Ásia e a Oceania.
Com este governo, a diáspora Portuguesa continua.
Claro que, este, como todos os anteriores governos, tem o seu mérito nisto...

Sem comentários: