quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Manuela Ferreira Leite passou ontem a certidão de óbito a Vítor Gaspar...

Se duvidam, vejam na íntegra a entrevista que ontem deu à TVI24, onde demonstrou,  em absoluto,  a  total incompetência de Victor Gaspar...
A ex-ministra das Finanças e ex-presidente do PSD Manuela Ferreira Leite defendeu, nesta entrevista à TVI 24, que a redução da contribuição das empresas para a Segurança Social - a taxa social única (TSU) - vai "aumentar dramaticamente" o desemprego, apelando ao "bom senso e prudência" do Governo. 
 A histórica social-democrata disse que a medida "perniciosa" da diminuição da TSU vai "aumentar dramaticamente o desemprego", já que os trabalhadores "vão financiar empresas que podem falir"
"Não sei qual o interesse desta medida surreal, que ninguém defende"...

BOYADA

"...a lista de boys do governo, todos especialistas bem pagos e de tenra idade…"
Em tempo.
(Esta é a lista de especialistas, acabados de sair do berço, mas que os partidos no poder promovem com salários muito superiores ao de um coronel com 30 anos de serviço. São 29 assessores / adjuntos de Ministérios, todos de idade inferior a 30 anos, havendo 14 “especialistas” com idades entre os 24 e os 25 anos. E prepara-se este governo, com pezinhos de lã, para impor ao povo mais medidas draconianas de austeridade até ao final do ano, enquanto estes seus serventuários, quase todos ligados à JSD e à Juventude Centrista, como é fácil de supor, vão engrossando a lista de funcionários públicos principescamente pagos, se comparados com os ordenados de miséria da maioria dos trabalhadores do Estado. Quer diz a isto Cavaco Silva, que anda aí pelo país a apregoar que estamos no bom caminho de reduzir o défice, mas que cala e consente estes despautérios, como calou o caso BPN onde lucrou, ele e a família, com a venda atempada de acções que detinham no Banco e que aprovou a lei dos despedimentos que vai engrossar ainda o número de desempregados e de portugueses que sobrevivem com subsídios miseráveis…se é que todos vão ter direito a esses subsídios…)