sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Putos voadores

E as divorciadas?..

"Irmãs solteiras de empregados da CP podem viajar de borla. 
As irmãs casadas já não"!..

Que chatice!.. (III)

Que chatice!.. (II)



“A libertação de Isaltino Morais deverá acontecer ainda esta sexta-feira, uma vez que já deu entrada no Tribunal de Oeiras a certidão que comprova o efeito suspensivo do recurso pendente no Tribunal Constitucional.”
Isto só podia ser mesmo uma chatice!..
Isaltino Morais, mais do que o autarca modelo, o político modelo, é o português modelo…
Portanto, há que continuar a confiar na justiça portuguesa:Isaltino Morais vai ser libertado”…

Onde é que vamos jogar no domingo?..

Nada dura para sempre.
Portanto, vamos acreditar que os próximos jogos podem ser espantosos!..

Que chatice!..

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

5 anos de Tubo d´Ensaio

O Tubo d'Ensaio d'Artes - Associação Cultural e Recreativa, celebra amanhã, sexta-feira, 30 de Setembro, e Sábado, 1 de Outubro, o 5º Aniversário e a abertura oficial do seu novo espaço, situado nas antigas instalações da Universidade Internacional da Figueira da Foz.
Para o efeito, preparou diversas actividades, espectáculos e muitas surpresas que irão decorrer nestes dois dias.

- Sexta feira, 30 de Setembro
21H -Aula aberta de Tango Argentino e Danças Latinas
21.30H -Documentário "Berlenga-A Ilha do Farol" de Paulo César Fajardo
23H -Stand-up comedy "Conversas sem Anexo"

- Sábado, 1 de Outubro e também Dia Mundial da Música
10H - Workshops de Bateria, Percussão, Guitarra e Baixo
11H - Extensão Mercado Quebra Costas (Associação Arte à Parte)
12H - Aula aberta de Ginástica Chinesa "Chi Kung"
14.30H - Concerto Jazz "TriTubo"
15H - Concerto Rock "Dr Saga"
16H -Actuação do Grupo Coral David de Sousa
17H - Apresentação literária infanto-juvenil da Editora Bruáa
18H -Apresentação do livro "No meu peito não cabem pássaros" com a presença do autor Nuno Camarneiro
21.30H - "Conversas de Gajas" de Clara Ferreira Alves pelo Grupo de Teatro "Os Dinâmicos" Associação Viver em Alegria
22H - Concerto Saxofone com Rogério Cruz
23H - Concerto Rock "Duvida 413"

- Durante todo o evento
Exposição de Pintura e Fotografia - Filipe Cravo, Tesha, Alfredo Muñoz de Oliveira e Cristina Vasconcelos
Mostra de alunos de Artes Visuais do Tubo d'Ensaio
Exposição de Fotografia - Rui Santos, Paulo Mesquita e Catarina Ramos
DJ's

A palavra do pai do "monstro":

foto sacada daqui


"Imposto sobre o subsídio de Natal é "melhor" do que cortar salários da função pública"!..

X&Q1077

Outono sem folhas...

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Gordura do Estado

Mais de 64 mil euros para a Fundação Mário Soares!..

S. Pedro pode deixar de ser freguesia...

Lido no facebook, na página de António Jorge Pedrosa:
Leitura a não perder...
Governo de Portugal - Reforma da Administração Local
"Pelos critérios do Documento Verde o concelho da Figueira da Foz é de Nível 2 (100 a 500 habitantes /Km2). Nenhuma das freguesias da cidade (S. Julião, Tavarede e Buarcos) tem os 15 mil habitantes exigidos. Por outro lado as restantes que estejam a menos de 10Km da sede, têm que ter pelo menos 5 mil habitantes. Ora nenhuma tem. Mesmo com a diferenciação se é urbana, rural ou mista, o concelho da figueira ficará com 9 ou 10 freguesias."


Quanto S. Pedro, a minha Freguesia, que também é urbana, mas que certamente por lapso, não foi mencionada pelo António Jorge Pedrosa, mesmo que deixe de ser freguesia,  continuará a ser vila!..
Presumo eu...

Agradeço que quem conseguir entender isto que me explique!...

foto Pedro Cruz
Coelho, amigo, a Figueira está contigo!
O país está uma desgraça…
Passos Coelho continua em estado de graça!..
Que me lembre, desde que vivemos em democracia, nunca nenhum Governo carregou tanto, em tão pouco tempo, sobre o povo.
Todavia, até ver, segundo a conclusão do barómetro deste mês da Marktest, para o Diário Económico e TSF, regista-se uma “subida do PSD de nove pontos entre Junho e Setembro (oito pontos face ao resultados das eleições), o que coincide com uma queda do PS de sete pontos percentuais face à última sondagem e de cinco pontos face às legislativas. O CDS fica-se por menos de metade do seu valor eleitoral (4%), enquanto o Bloco de Esquerda atingiu o valor mais baixo do histórico desta empresa de sondagens: apenas 2,7%. A CDU resiste nos 6,8% das intenções de voto.”
Isto, apesar dos primeiros 100 dias de mandato da coligação PSD/CDS, que hoje se assinalam, estarem marcados por consecutivos anúncios de austeridade - do corte no 13º mês, ao aumento do IVA no gás e electricidade, passando pelo aumento dos transportes públicos e pelo aumento do IRS e IRC para as empresas e os particulares que mais facturam!..
Nem sei o que pensar: se esta sondagem é verídica, os portugueses devem ser o povo com mais mau gosto no mundo!..
Bom, mas ainda temos uma solução: ir-mos todos para a Madeira onde, ao menos, temos o grande protector Alberto João Jardim!..

"Cansei de ganhar dinheiro com o meu corpo. Quero ganhar muito mais com a minha esperteza"


Por Pedro Cruz

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Minhas Senhoras e meus Senhores, Portugueses e Portuguesas: oiçam Alberto João Jardim

Porque é que os amigos haveriam todos de pensar como eu?..

Não tenho muitos, mas tenho amigos.
Conhecidos é que tenho muitos.
Tenho amigos que pensam como eu, porque querem. E tenho amigos que não pensam como eu, porque querem.
Como é normal em democracia, isso é tão natural como ter fome ou sede.
Cada um tem a sua opinião sobre o que se passa à nossa volta.
Ponto final.
Alguns, tal como eu o fiz, disseram e escreveram sobre o anterior executivo camarário o que entenderam e quiseram.
Alguns, tal como eu o faço, dizem e escrevem sobre o actual executivo camarário o que entendem e querem.
Por mim, tudo bem. Quando as pessoas são livres, é assim que acontece.
Essa diversidade de opiniões é a essência da democracia.
A tolerância, que me orgulho de ter, permite-me encarar a situação sem qualquer melindre, muito menos de ordem pessoal.
Mais: estou permanentemente disponível para falar dessas divergências de opinião com os meus amigos.
Tenham tido eles no passado, ou no presente, opinião próxima da minha, ou opinião antagónica.
Por isso, estou perfeitamente à vontade em continuar em exprimir livremente a minha opinião, sem receio de que essa postura melindre os meus verdadeiros amigos, tivessem eles no passado pensado como eu pensava e, agora, pensem, ou não, como eu penso.
No passado, pensei, disse e escrevi o que entendi sobre o anterior executivo camarário.
No presente e no futuro, penso, digo e escrevo, o que entendo sobre o actual executivo.
Vou continuar igual: a ter a minha opinião e a conviver bem com a opinião dos outros.
AH!.. E quem não conseguir conviver bem com a minha opinião?...
Pois… Paciência…

P.S. –
Antes que alguém tire conclusões apressadas, esclareço que este texto nada tem a ver com o meu amigo António Tavares.
Como ele sabe, aliás.

Antigas instalações da "Internacional" viram espaço comunitário para o ensino das artes

Tubo de Ensaio, Associação de Solidariedade Viver em Alegria/Universidade Sénior, Coral David de Sousa, Sporting Clube Figueirense e Associação de Amizade e das Artes Galego Portuguesa, vão passar a funcionar lá.

Via Diário de Coimbra

Ora bem...

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Praia da Cova

Cabedelo, um recanto de beleza natural...

Foto de Pedro Cruz

Capas de jornais

Afinal, qual é o jornal de referência?..

Sábado, há que não ter medo de ser Quixote!


A CGTP  agendou para o próximo dia 1 de Outubro, sábado, a realização de duas manifestações, uma em Lisboa e a outra no Porto, contra as medidas de austeridade e pela defesa do emprego, salários e pensões.
Eu sei que este protesto pouco efeito prático terá.
Todavia, acho-o essencial.
É como se, de repente, andássemos por aí a gritar: "Abaixo a morte!";  ou "Juventude, sim; velhice, não!".
São lutas  perdidas e ineficazes.
Mas, para mim, por isso mesmo, admiráveis.
Portanto, no próximo sábado, os que pudermos -  todos à  rua.
Há que não ter medo de ser Quixote!

X&Q1076

A passagem do tempo

A vida não nos muda assim tanto!..
É certo, que à medida que os anos vão passando, vamos  perdendo o romantismo…
Em compensação, porém, vamos ganhando realismo e reumatismo!..
A passagem do tempo não passa, por conseguinte, quase que apenas de uma mera questão fonética…
Não tenho dúvidas de que  vou entrar no céu...  E não tenho nenhum  amigo que conheça o São Pedro, ou o porteiro...
Vai ser por mérito próprio...
Que foi o que sempre me deu gozo, nesta minha já longa existência!...

domingo, 25 de setembro de 2011

Figueira da Foz, cidade sustentável - ajuste directo


Data de publicação:
30-06-2011
N.º Procedimento:
319043
Listagem de entidades adjudicantes
NIFNome entidade adjudicante
501305580Municipio da Figueira da Foz
Listagem de entidades adjudicatárias
NIFNome entidade adjudicatária
501617582Universidade de Coimbra
Objecto do contrato:
Assessoria Técnica Figueira da Foz Cidade Sustentável
Data da celebração de contrato:
18-05-2011
Preço contratual:
174.900,00 €
Prazo de execução:
1095 dia(s)
Local de execução:

  • Portugal - Coimbra - Figueira da Foz

Sacado daqui

Também não é preciso generalizar tanto!..

Coitados...

Presumo que por causa deste post, recebi uma mensagem sem ser assinada, via telemóvel, proveniente do número 351925653687, que eu desconheço a quem pertença. Diz o seguinte:

“És bom a dar música mas eu, como bem sabes, não sei cantar. Não sei se te apercebes mas as tuas obsessivas observações sobre mim começam a fazer crer que há qualquer coisa de pessoal; e não sou só eu que noto mas até gente que nos conhece a ambos. Enfim, não me faz mossa…”
Remetente (sem nome)

Assim de repente o anónimo quer fazer-me crer que é o vereador António Tavares.
Mas eu não acredito.
O António Tavares que eu conheci, nunca se olharia como um estropiado da guerra fria e muito menos vítima das “minhas obsessivas observações”!..
Eu sei que o António Tavares que eu conheci, gosta de ser político e preparou-se para o efeito…
Portanto,  o António Tavares que eu conheci, estava apto para qualquer eventual  manifestação mais calorosa da minha parte!..
O António Tavares que eu conheci, estava mais do que apto para lidar com o calor da minha normal sinceridade, sem que isso o incomodasse, “ou fizesse mossa”
O António Tavares que eu conheci, sabia que eu sou mesmo assim: um cronista marginal
E não pretendo mudar…
O  António Tavares que eu conheci, sabia que eu nestas coisas da discussão da vida pública, vulgo política, nunca tenho “qualquer coisa de pessoal”.
Por conseguinte: anónimos, vão dar banho ao cão e lavem-se na mesma água…
E querem saber porquê?..
Vá lá, hoje que estou bem disposto, explico: a escrita contra o silêncio instalado pode ser uma coisa útil e eterna.
Na Figueira, por exemplo, dos que têm o costume de ler, quem não se recorda dos jornais Barca Nova e Linha do Oeste?

Lisboa no jardim

Bom domingo

sábado, 24 de setembro de 2011

Este Vital Moreira…

foto sacada daqui
Nos Estados Gerais de 1995, que desembocaram na  maioria absoluta do PS, então presidido por um  Guterres apoiado incondicionalmente  por Vital Moreira, ficaram definidas  as políticas concretas para os funcionários públicos que, anos depois, foram consideradas de “privilégios”...
Em Março de 2008, Vital Moreira opinava no jornal  que "os funcionários públicos gozavam de muitos privilégios face aos trabalhadores do sector privado"!..
Agora,  que estamos quase todos na merda, “venda-se a Madeira”!..
Mas, justiça  seja feita ao actual deputado europeu  Vital Moreira...
"Ninguém como ele, quase sempre sozinho, foi denunciando ao longo dos anos a labúrdia e a irresponsabilidade das finanças públicas da Madeira, sem outro resultado que não fosse coleccionar insultos do presidente do Governo regional e dos seus valetes. Num momento de desvario chegaram a aprovar na assembleia regional uma resolução de protesto contra a sua nomeação como presidente da Comissão de Projectos para o Centenário da República!"
Só que, durante mais de três décadas,  existiram muitas formas de conivência e cumplicidade!..
E, naturalmente, algumas na  própria casa política de Vital Moreira...
E tanta gente que foi alertada!..

Pela terra de ninguém…

António Tavares e Rafael Carriço são homens de inúmeros talentos.
Sabem escrever bem, sabem defender-se a falar, sabem sorrir, sabem  promover-se. Rafael Carriço ainda sabe dançar… Fica por saber se António Tavares saberá cantar!..
Bom, vamos ao que interessa.
Cerca de dois meses depois, ainda estão por esclarecer as divergências que levaram à demissão do anterior programador do CAE.
Rafael Carriço e António Tavares, na altura, divergiram nas razões e nos motivos da demissão.
Há pouco mais de um mês o assunto ainda mexia na câmara…
Mas, ao que parece, ficámos na terra de ninguém.
Que é aquela zona da vida figueirense onde se refugiam aqueles que querem sobreviver.

Este povo não é de fiar, portanto mais vale prevenir do que remediar!..

As coisas estão claras: ou cumprimos e empobrecemos pacifica e alegremente, ou a saída do Euro é uma séria ameaça para Portugal...
É assim que as coisas nos são apresentadas por quem foi colocado no poder pelo voto popular.
É neste contexto que se tem de entender o objectivo central neste momento: despedir.
Que não haja ilusões: toda e qualquer pessoa pode ser despedida de qualquer forma e com a justificação que o patrão achar mais adequada – e nem precisa de ser verdadeira.
A quebra na produtividade passa a ser um dos critérios através dos quais um patrão pode despedir.
Mas o que é a produtividade?..
A tão esperada (pelos patrões e pelo estado) liberalização dos despedimentos já estava anunciada há muito, mas só agora, com este governo PSD/CDS, parece ir ser implementada.
Vejam onde chega o cinismo: o pagamento das horas extraordinárias vai para metade!..
O descaramento é tão grande que se anuncia que o objectivo é pagar metade para o trabalhador trabalhar mais!..
E para não esquecer: está no no ar a redução do subsidio de desemprego e o tempo de atribuição deste…
O subsidio de desemprego, que não é uma esmola: é um direito conquistado pelos trabalhadores.
Passos Coelho, já preveniu... "Pode haver quem se entusiasme com as redes sociais e com aquilo que vê lá fora, esperando trazer o tumulto para as ruas de Portugal", mas esses descobrirão "que também sabemos decidir".
E não é que decidiu mesmo?..
“No Orçamento para 2012, o Ministério das polícias (vulgo da Administração Interna) é o único que, além de não sofrer cortes, será ainda reforçado com mais 400 milhões de euros. Parece, pois, que é com mais polícias e mais dinheiro para as polícias, que o Governo pensa resolver o problema de (citando fonte do executivo) "mais desemprego, mais carências e menos prestações sociais".
Nunca fiando: “o povo é pobre e mal agradecido, sobretudo se lhe tiram o pão e, por isso, o melhor é preparar o pau.”

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Certezas?.. Para quê?...

Nunca hei-de  compreender  os existencialistas e a sua angústia perante a certeza da morte.
Eu, por exemplo, que  habito numa cidade e num país onde não existem  certezas sobre rigorosamente nada, garanto-vos que  ando  sereníssimo!..

terça-feira, 20 de setembro de 2011

"Re-Descobrir o Mar - A Política Marítima Portuguesa"

Amanhã, pelas 22 horas, vai ter lugar na Figueira da Foz, no Casino Figueira, uma conferência subordinada ao título "Re-Descobrir o Mar - A Política Marítima Portuguesa", pelo Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu,  com uma participação especial do Sub-Chefe do Estado-Maior da Armada, Contra-Almirante António Silva Ribeiro e moderação do director da SIC Notícias jornalista António José Teixeira.

X&Q1075

A Figueira e os politicos figueirenses…

Nota-se: quando se fala da Figueira, tudo é do melhor…
Tem a “Rainha das Praias de Portugal”, o rio, o mar e a serra. E, até, o Casino!
Tem memória, honra, dignidade.
Se se fala de politicos figueirenses, tirando Manuel Fernandes Tomás, tudo muda de figura: é um tema decepcionante e sem lugar à esperança!..
Isto, no mínimo, é um enigma!..
Porque terá de ser assim, numa cidade modelo de virtudes?...

domingo, 18 de setembro de 2011

X&Q1074

Pela boca há-de "morrer o coelho"...

No decorrer da campanha eleitoral que o levou ao poder, por obra e graça de alguns portugueses, Passos Coelho alertou para “os esqueletos no armário”.
Os “esqueletos” são os problemas das finanças públicas, disse.
E não é que são mesmo!..
Neste momento, “se quisesse mostrar respeito pelos sacrifícios dos portugueses, diria imediatamente que Jardim não tem condições para desempenhar o cargo que ocupa, nem tem lugar no PSD. Com que cara nos anunciará novos aumentos de impostos, cortes na saúde, educação ou elementares prestações sociais em prol do equilíbrio das finanças públicas, se continuar a pactuar com quem se está positivamente a borrifar para o destino de todos os portugueses desde que não sejam seus eleitores? Como espera não obter uma risada irónica dos nossos credores quando disser que Portugal não é a Grécia? Que dirão os nossos parceiros europeus quando descobrirem que, apesar de tudo, o partido no poder em Portugal continua a apoiar a candidatura de Jardim ? Se o primeiro--ministro estiver interessado em fazer respeitar o Estado de Direito, não pode mais afirmar que apenas os madeirenses podem definir o futuro de Jardim. Eleições não derrogam leis ou absolvem infracções, convém lembrar. "Quem tem de decidir da confiança política em Jardim é o PSD/Madeira", disse Passos Coelho. Perdão? Não é Jardim militante do PSD? Não tem o apoio do PSD? O PSD/Madeira não faz parte do PSD? Será que o primeiro-ministro não percebe que se não declarar formalmente que considera a candidatura de Jardim um atentado à dignidade do País e não propõe a sua expulsão do partido se torna cúmplice do actual e provavelmente futuro presidente do Governo Regional?...”
Doutor Passos Coelho, neste momento, V. Exª. tem a palavra...

Bom domingo

sábado, 17 de setembro de 2011

Paulo Morais: um exemplo de coerência

Paulo Morais é um Homem digno, frontal e coerente. Fez (e continua a fazer) o que poucos em Portugal têm a ousadia e a coragem de fazer:  “colocou os interesses da comunidade à frente dos seus”.
Pelo menos, foi  assim que em Junho de 2008, quando  o PS era oposição na Figueira, foi avaliado por um então vereador socialista.
Paulo Morais, continua como era: coerente e frontal a afrontar os interesses instalados.
Vejam só o que disse ontem em Leça do Balio: “algumas empresas municipais "são sedes partidárias disfarçadas".
Na Figueira, em 2008, também era assim!.. Lembram-se?.. As empresas municipais eram então um prolongamento do PSD figueirense e distrital.
Espero que Paulo Morais não venha à nossa cidade dizer o que disse  na passada sexta-feira em Leça do Balio, Matosinhos, pois arrisca-se a ver virar-lhe as costas quem esteve ao seu lado em Junho de 2008, quando veio à Figueira apoiar a luta do “Vale do Galante”. É que alguns dos contestários de então, agora são, ou estão,  próximos do poder local!.. E isso fez toda a diferença.
Ninguém mo disse, mas eu sei do que falo...
Por mim, continuo a pensar o que pensava em Junho de 2008 o então vereador do PS:  “caso o país tivesse mais Homens com a fibra de Paulo Morais,e a sua luta desigual por mais justiça, não estaríamos na cauda da Europa.”

A erse e os criadores de suínos…

Como já alertámos neste post,   “o preço da electricidade para as famílias portuguesas promete registar, no próximo ano, um aumento sem precedentes. As estimativas preliminares da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), segundo o Diário Económico apurou, apontam para um agravamento que andará na casa dos 30%.”
Esta posição da erse,  faz lembrar alguns criadores de suínos com poucos escrúpulos...
Fazê-los ganhar peso, o mais rápido possível, para os vender!..

X&Q1073

Notícias do Mercado Municipal

5% de «Erros e omissões» podem atrasar arranque da obra

A questão das obras de requalificação do Mercado Municipal voltou à última reunião de Câmara, esta terça-feira, com Miguel Ameida (PSD) a propor uma reunião entre os técnicos e responsáveis da autarquia envolvidos no processo, a realizar no CAE e aberta aos comerciantes e à população em geral. “Para esclarecer de vez todos os interessados”, explica, criticando o movimento anónimo «M» por ter “sujado as ruas à sua vontade”. Daniel Santos, pelo Movimento Figueira 100%, mostrou-se relutante em concordar com uma medida “que surge na sequência de panfletos anónimos”, e o presidente da autarquia, João Ataíde, lembrou os momentos de esclarecimento já realizados. “Temos seguido esta prática, que me parece boa, de dar publicidade aos projectos quando temos todos os elementos”, afirmou. “Ainda este mês, princípios de Outubro, esperamos adjudicar o projecto; estamos a ultimar a apresentação e depois então poderemos calendarizar isso”, disse o edil.
Mas este desfecho poderá vir a não ser tão rápido. Já na recta final da sessão, o director do Departamento de Urbanismo explicou que pelo menos duas das empresas candidatas à adjudicação da obra encontraram um desvio significativo de valor na medição de uma estrutura: os cerca de 1.000 kg que a equipa projectista da autarquia registara eram, afinal, mais de 60.000 kg. Este e outros “erros e omissões”, frequentes em obras, representam nesta empreitada em particular um valor considerável: 240.000 euros, cerca de 5% do valor total. Apesar de tudo, considerou o director de departamento, antes a detecção “agora do que em fase de obra, seria um desastre”. Mas, encontrado o erro, foi preciso decidir o que fazer. “Optámos por tentar acomodar este valor nas propostas dos concorrentes, não alterando o valor-base da empreitada”, explicou o responsável do Urbanismo. “Mas há um risco”, admitiu. Se o valor em questão não for assumido nos orçamentos apresentados no concurso que está a decorrer até 29 deste mês, “terá de se fazer novo concurso”.

Mercado provisório duas semanas antes do previsto

A construção da estrutura que albergará provisoriamente o mercado municipal já foi adjudica, e o prazo previsto para a execução, de oito semanas, poderá ficar reduzido a seis. A alteração deriva da opção por fundações pré-fabricadas, e não betonadas. Os serviços técnicos da autarquia já fizeram os trabalhos iniciais, estando o tereno pronto para a obra.

Via jornal O Figueirense

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Tavarede vai homenagear Mestre José da Silva Ribeiro

Nesta  foto de 1978, sacada daqui, Mestre José Ribeiro recebe das mão do Dr. David Mourão-Ferreira,
 na altura  Secretário de Estado da Cultura,  a Medalha de Ouro da Cidade da Figueira da Foz
Amanhã, sábado,  pelas 21h30m, a Sociedade de Instrução Tavaredense realiza um espectáculo de homenagem a José da Silva Ribeiro.
Participarão o Grupo de Teatro da Escola Dr. João de Barros, com a peça "O Segredo da Serra Azul" e o Coral "Cantigas de Tavarede".
Registe-se esta justa homenagem a “um Homem que dedicou a vida a cultivar o Povo”.

Ainda me lembro desse tempo...

Será que vamos voltar ao tempo das velinhas?..

«Merkel é uma gorda infornicável»

O “senador” do PCP

A opinião de Nelson Fernandes, pode ser ouvida na íntegra no programa “Clube Privado” da Foz do Mondego Rádio (99.1FM), às 19H00 de sexta e de sábado e às 22H00 de domingo.

Via AS BEIRAS

É em dias como este que me orgulho de ser português!..

Até aqui, ao que parece, a chanceler Merkel era a mulher mais poderosa da europa e do mundo.
Claro que a europa, o mundo e Portugal,  só podiam estar como estavam...
Mas agora isto está a mudar!..
Vocês não deram por nada, mas a mudança europeia começou com o arranque ecológico do Governo PR/PSD/CDS, há cerca de 3 meses atrás.
Lembram-se que passaram a andar a pé, prescindiram dos cartões, abstiveram-se de nomeações!.. Ah, e não viajaram mais em executiva!..
Viram como foi?..
Eu até me sinto mal…
Tenho um C3 e uma bicicleta… Como trabalho a mais de 100 kms da residência, tenho a bicicleta em pousio e tenho de utilizar o carro!.. Logo isto tinha me acontecer a mim que sou verde desde que nasci!..
Este mundo, esta europa e este país têm futuro!...
Para já,  mandamos na Europa!..
Do futebol...

X&Q1072

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Assunto resolvido?... Bombeiros Voluntários da Figueira aceitam redução dos apoios da autarquia para evitar aplicação de taxa municipal...

Lídio  Lopes, presidente da Direcção dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, “não quer  ser envolvido em querelas políticas. Quer  continuar o  trabalho à frente da corporação e prosseguir a gestão dos poucos recursos que tem”.

Gentes do Mar

Senhor primeiro ministro: com tudo o que se tem passado desde que tomou posse, não é já altura de voltar a pedir desculpas aos portugueses?

Este pedido de desculpas já data de 13 de Maio passado
Ainda o Senhor e o seu partido estavam na oposição!.. Lembra-se ainda?...
Entretanto, muita água correu sob as pontes...
Depois de chumbar o PEC4,  de dizer que o povo já não podia suportar mais sacrifícios e depois de dizer que os mesmo têm limites, que era preciso cortar nas gorduras do Estado, que nunca aumentariam impostos, estamos onde estamos...  Sem cheta!
Venha de lá, então,  novo acto de contrição que o bom povo aceita e desculpa...

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Políticos comentadores (II)

João Carronda,
 membro do painel  de comentadores políticos
do programa “Câmara Oculta”,
da Foz do Mondego Rádio
e presidente da junta de freguesia de Vila Verde



“João Ataíde não sabe trabalhar em equipa”

Políticos comentadores

É o que se chama fazer política com comentários…

Mais do mesmo: "nova subida do IVA no próximo ano"...

Um político não tem de ser obrigatoriamente um mentiroso  ou um  demagogo.
Mas que é uma realidade que a maioria dos políticos que têm governado Portugal, de 1976 para cá,  é mentirosa e demagoga, isso, para mim, é inquestionável.
E isso revolta-me... Sempre fui poupadinho -  nem à "expo 98"  fui, nunca entrei num estádio de futebol, "desses do euro", nem tive direito a "magalhães"!..
O que é que eu poderia ter feito mais para evitar a crise?...
Ainda por cima, para mal dos meus pecados,  não sou rico!..
Lá vou ter de "gramar a bucha"...

X&Q1071

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Neste país é sempre carnaval?..


"Santana Lopes sugere aeródromos regionais"!..
Será que é para potenciar o sucesso do aeroporto de Beja?..
"164 passageiros entre 22 de Maio e 31 de Julho", o que dá a média fabulosa de 1,8 passageiros por dia!...

Vão lá que não se arrependem...

Fernando merece...











"um sítio (de desenhos e não só) a frequentar".

Publicidade institucional

A câmara municipal da Figueira da Foz tem em curso o pagamento de dívidas relativo à primeira tranche do Plano de Saneamento Financeiro (PSDF). Nesta primeira fase têm prioridade as empresas municipais (que, por sua vez, pagam à banca as suas dívidas), despesas correntes das juntas de freguesia, ação social escolar, Ersuc (serviço intermunicipal de recolha e tratamento de resíduos sólidos urbanos), instituições de solidariedade social e fornecedores com créditos até 10 mil euros.
Na segunda fase serão contempladas as despesas de capital das juntas, ADSE, associações e coletividades. A terceira e última parte do empréstimo destina-se a pagar aos fornecedores de imobilizados – empreiteiros, por exemplo – com faturas superiores a 10 mil euros.
Via AS BEIRAS

Mais uma do "metediço"...



Senhor Pedro, o caminho é mesmo esse:
"trabalhar, trabalhar, trabalhar ....
...e claro ser trabalho como diz a tua avó."

Não tens um Pai rico!..
Embora tenhas um rico Pai... E já agora, uma rica Mãe...

Taxas...

Corria o ano de 2004.
Portugal organizou o campeonato europeu de futebol.
Foi assim como uma espécie de bebedeira colectiva!.. A bola ia mudar o país. A economia nunca mais parava. Aquilo era bom para o turismo. Os estádios ficavam para outras coisas…
Aquilo deve ter sido mesmo bom, pois nem foi preciso fazer as contas finais!..
Entretanto, a despesa continua... Por exemplo,   a manutenção dos "monos" em Aveiro, Leiria e no Algarve é uma dor de cabeça...
Mas, de certeza que valeu a pena.
Não sei bem porquê, lembrei-me disto a propósito da anunciada taxa municipal que aí vem para a Protecção Civil.
Claro que vai ser feito um estudo… Mas, segundo li, “dificilmente a solução será outra”.
Pergunta de algibeira: para que  serve o estudo se já se sabe qual será a solução final?..
Para fazer contas?..
Tal como no  Europeu de 2004, se a taxa é mesmo boa, para quê fazer contas?
De certeza que vale a pena…
Há apenas um pormenor, mas como para quem manda deverá ser irrelevante, nem deverá ser tido em conta quando a decisão final for tomada: estarão os figueirense em condições de pagar mais uma taxa?..
É que ao que sei, ou a taxa para justificar a sua cobrança é elevada ou então não vale a pena o esforço!..


P.S.-
Se o critério para justificar a criação de mais esta taxa é a "sustentabilidade financeira da actividade", "justifica-se" que venham por  aí outras taxas municipais. Por exemplo, para continuar a manter a Empresa Municipal que certamente irá sair da fusão das existentes, pois certamente esta continuará a ser um fardo pesado para o orçamento municipal...

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Empresas Municipais

Na Figueira vai acontecer  o que já se esperava!..
Isto é: vai mudar alguma coisa, para tudo ficar mais ou menos na mesma.
O quer dizer,  que se continua a adiar o problema de fundo
Quem não queria ser lobo não lhe tivesse vestido a pele!...
A FGT, por exemplo, como há muito alertou o vereador António Tavares, continua a ser “um fardo para o orçamento municipal” .
Ou já não será assim?... É que se não for, avisem!...

X&Q1070

Portugal na via grega...

"Ao aumentar os impostos de nove em nove dias, sem nada fazer para reduzir a despesa pública, o Governo está a seguir exactamente a mesma via que a Grécia segue a caminho do desastre."
Para continuar a ler clicar aqui.

domingo, 11 de setembro de 2011

Silêncio por favor

Estava na disposição de não escrever sobre o 11 de Setembro, ou melhor sobre os vários onzes de Setembro.
Tudo já foi escrito e dito.
Limito-me a pedir  um minuto de silêncio, em memória de todas as vítimas, de todos os dias, da selva  em que transformaram o mundo em que vivemos.

Sinto-me bem assim….

Raramente vejo televisão. Quanto muito, um ou outro meio joguito de futebol, um ou outro noticiário, um ou outro programa de debate…
E basta… Por mês, no máximo dos máximos, aí umas 10 horitas…
Rádio, ouço e gosto, pois permite-me fazer outras coisas ao mesmo tempo.
Quanto a jornais em papel… Desportivos, há largos anos que nem "cheirá-los"!..
Quanto aos outros, os chamados "de referência", por vezes leio em  diagonal e  navego pelas edições online…
Apesar disso e modéstia à parte, considero-me uma pessoa razoavelmente informada.
Há mais informação para além da televisão e dos jornais. A reflexão, a análise, o comentário, a discussão, a crónica, as estórias, procuro-as noutras paragens!...
Para além disso, aplico algum do meu tempo livre a postar neste Outra Margem.
Não sei, nem quero saber porquê, mas há quem se preocupe com a minha “perca” de tempo numa actividade que não dá dinheiro, como esta!...
Não tinha de responder, mas como é  simples e fácil, aí vai: para mim, é uma maneira muito mais interessante e agradável de entretenimento do que passar quatro ou cinco horas em frente à televisão a assistir a programas estupidificantes…
No dia 25 de Abril de 2006, criei este blog para me divertir. E tenho conseguido, oh se tenho conseguido!..
Se, por acréscimo, conseguir proporcionar alguns momentos agradáveis a quem me visita, tanto melhor...
Sinto-me bem assim.
Ponto final.

PS

Acabei de ouvir  há poucos minutos que terminou o XVIII Congresso Nacional do Partido Socialista.
As pessoas, por agora, estão de novo em primeiro.
Por agora, no PS retornou o  punho esquerdo e o vermelho.
Por agora, o PS  gosta das pessoas.
Por agora, o PS não gosta de privatizações, dos bancos ou dos ricos.
Por agora, o PS  está preocupado com os jovens e com a precariedade.
Por agora, o PS lamenta  o desemprego  e os ataques ao estado social.
Por agora o PS está na oposição…
O PS continua  o PS!

Do facebook, "por amor e devoção à história"!..