.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O mar da minha Aldeia, esta manhã...

foto António Agostinho
Adoro o mar, em especial o da minha Aldeia...
Vivo perto dele e adoro-o. Adoro senti-lo, adoro o seu odor, adoro o se cheiro intenso e único -  adoro o mar!
Adoro passear pela beira mar e ver sempre à frente dos olhos aquele grandioso e imenso azul, intenso e brilhante, listado de branca e clara espuma.
Adoro o ar do mar, o ambiente marítimo.
Fascina-me e engrandece-me.
Por isso, esta manhã, apesar do rico dia de inverno que hoje temos, fui espairecer, levar na face com o vento forte, sentir o cheiro deste imenso mar azul, hoje,  listado de espuma branca.
É este ambiente que me ajuda a viver e a usufruir a vida.
Gostos simples os meus, como este fantástico ambiente marítimo, uma das poucas coisas  que tenho a sorte de ainda poder curtir de borla.
Melhor que isto, só talvez as Berlengas, pois  acho que não me daria lá muito bem com o  ambiente marítimo que se vive na Madeira.
Hoje.

Sem comentários: