.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Por S. Pedro

Ou muito me engano, ou  a abstenção vai ser o “grande adversário” dos que concorrem nas eleições autárquicas de dia 29 próximo na minha freguesia.
Neste momento, ainda existe um grande número de indecisos, que é preciso cativar e conquistar para votar.
Nesta recta final, é imperioso ganhá-los para a democracia e a participação cívica na construção de uma freguesia melhor.
Não me atrevo a pedir que  as campanhas não sejam populistas nem demagógicas. Mas, desejava que fossem pedagógicas e sem mentiras...
Nestes dois dias e picos que faltam para o seu términus,  – e esses são os meus votos - espero que decorram pela positiva, de forma construtiva, sem azedumes, sem ataques pessoais e sem invetivas contra quem quer que seja.
“S. Pedro não pode parar”, “por uma COVA-GALA MAIS FELIZ”

3 comentários:

Anónimo disse...

Nestes dois dias e picos que faltam para o seu términus, – e esses são os meus votos - espero que decorram pela positiva, de forma construtiva, sem azedumes, sem ataques pessoais e sem invetivas contra quem quer que seja.
“Pelo sonho é que vamos”.
“S. Pedro não pode parar”, “por uma COVA-GALA MAIS FELIZ”.
Quando o homem quer a politica é linda um abraço camarada.

Anónimo disse...

Oportuno este post. Não é só em S. Pedro que o risco da abstenção está latente. Também a nível nacional, o primeiro risco para a democracia destas eleições é o de uma abstenção galopante que ultrapasse os 50%.

Anónimo disse...

Cá pela "vila" inventada por alguém tudo tem decorrido dentro da maior cordialidade pelo menos entre os candidatos e julgo que irá ser assim ate ao final da campanha. Entre os apoiantes de um lado ou de outro é natural que haja alguns ânimos mais exaltados que ate apimentam um pouco a coisa mas sempre dentro do respeito mutuo que nunca deve deixar de existir.