segunda-feira, 9 de junho de 2014

NOTA DA REUNIÃO DA COMISSÃO CONCELHIA DA FIGª DA FOZ DO PCP REALIZADA A 7 DE JULHO DE 2014

Os resultados eleitorais obtidos pelo PCP e pela CDU no Concelho da Figueira da Foz acompanharam a tendência nacional, pelo que a CDU aumentou significativamente a percentagem e o número de votos, vencendo mesmo as eleições em algumas mesas do Concelho.
Em Vila Verde a CDU foi a segunda força política com mais de 24% dos votos expressos.

No que refere às outras forças políticas, todas sofreram descidas acentuadas mas o destaque principal vai para a coligação governamental PSD/CDS.

A abstenção verificada no Concelho, quase 70%, penaliza justamente as forças politicas que tudo têm feito para afastar as pessoas das políticas europeias e esconder as suas consequências para o Povo Português.

Não só o PSD/CDS “pagou a factura” pelo seguidismo acéfalo das políticas Troikistas da UE, BCE e FMI e do impacto destruídor das mesmas no nosso país, este “castigo” atingiu também o PS. Apesar de vencedor, e devido à sua política oportunista, continua a fazer de conta que é oposição, à espera de que o poder lhe caia nos braços, sem se comprometer com políticas significativamente diferentes das praticadas pelo PSD/CDS.
Na opinião do PCP, é esta não clarificação no que se refere às questões vitais para os portugueses, como sejam a saúde, a educação, a protecção social, o desenvolvimento económico e o emprego, que fez com que milhares dos seus potenciais eleitores não lhe dessem o seu voto, optando pela  abstenção, pelo voto branco ou nulo ou ainda por outras candidaturas, cujas motivações aventureiristas e reaccionárias são bem evidentes.
Não deixa de ser um mau sintoma que o PS, em vez de ver nos seus resultados o reflexo da sua opção política, procure corrigi-los desenterrando projectos de leis eleitorais da direita, procurando, por este caminho conseguir na “secretaria” o que não conseguem através de adesão eleitoral.
No que se refere ao BE, e malgrado o “contraciclo figueirense” descoberto  por alguns “analistas” locais em relação ao BE nacional, a verdade é que perdeu no Concelho 900 votos acompanhando assim a tendência global.
Finalmente, a Comissão Concelhia da Fig Foz do PCP, saúda todos os seus militantes e os apoiantes da CDU, todos os que decidiram votar nesta força, muitos pela primeira vez, e que assim reconheceram a seriedade e coerência de quem está na luta política para servir e não para se servir.

A Comissão Concelhia da Figueira da Foz do
PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

Ciclismo na Figueira


Coisas que nunca terei


Uma biografia destas...

A beleza terá de ser sempre assim: tão triste, tão desfocada, tão plúmbea e tão infeliz?

foto António Agostinho

José Sousa e Patrícia Carreira, venceram 8.ª Meia Maratona da Figueira da Foz

foto Ricardo Couceiro Coelho
foto Pedro Agostinho Cruz

Para consultar os resultados clicar aqui.

A escolha é sempre do povo, que quase sempre escolhe com parcimónia...

“Procurámos o caminho da renovação e da evolução na continuidade, sem esquecer todos aqueles que dão o melhor de si à política figueirense há muitos anos. As eleições autárquicas foram um grande desafio...
É possível que tenha cometido vários erros ao longo deste processo, mas saio, sinceramente, de consciência tranquila que dei o melhor de mim. Durante a campanha, numa visita que fiz a uma das empresas do concelho, vi uma mensagem várias vezes repetida que pretendia contrariar uma frase feita. Nessa empresa podia ler-se: “Acertar é Humano”. É isso que tento fazer, mas nem sempre consigo...”


Miguel Almeida, hoje no jornal AS BEIRAS