.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Na arbitragem, tal como no resto...

Fernando Martins, árbitro dos distritais de Aveiro, apitou ontem o Beira Mar-Sporting.
O Sporting, tornou a não vencer. Em três jogos oficiais, nem uma vitória ainda conseguiu. E só tem um golo marcado!..
Desta vez, porém, não pode queixar-se do improvisado árbitro, cujo trabalho fez inveja a muitos da 1.ª categoria.
Fernando Idalécio Martins, até ontem um desconhecido, é um árbitro de Aveiro que não conta para as "contas" do Conselho de Arbitragem da Liga de futebol.
Contudo, Fernando Idalécio Martins, até ontem um desconhecido, e os seus desconhecidos auxiliares fizeram uma arbitragem impecável.
Como se viu ontem, Fernando Idalécio Martins, até ontem um desconhecido, e os seus desconhecidos auxiliares, provaram que arbitrar um jogo de futebol não é assim tão difícil!..
Logo, a grande lição a tirar desta partida de ontem entre o Beira-Mar e o Sporting é que se um árbitro dos regionais, fez um excelente trabalho, em relação aos semiprofissionais, que ganham mais de mil euros por jogo, fora outras mordomias, como motorista particular, é aceitável suspeitar que existem grandes interesses em torno do futebol…
Portanto, é fácil deduzir que na arbitragem, tal como no resto, na justiça e na política, por exemplo, erra-se em Portugal, muitas vezes,  porque existem interesses… E grandes!

Sem comentários: