.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Para quê chegar a velho num País destes?...

“Este País não é para velhos”. Ontem, tinha alertado, aqui, para o que vem aí...
Hoje, no JN, numa crónica que aconselho a ler na íntegra, clicando aqui, Paulo Morais escreve que “os portugueses vivem cada vez mais. Mais… e pior.”
E o actual estado de coisas não augura nada de positivo, pois, continuando a citar Paulo Morais, “o panorama só tende a piorar. Já não há garantias de que as reformas cheguem para todos, pois são cada vez menos os que trabalham e têm de sustentar um número crescente de aposentados. Doravante, a solução para quem não é rico ou não emigrou em novo… é não chegar a velho.”
“Este País não é para velhos”.
Solução: “não chegar a velho”?..

1 comentário:

Olímpio disse...

A situação é facto preocupante.Outro texto de intensa análise social,ainda bem que que nos preocupamos com esta ordem
falida dos mais carenciados,no entanto é só fumaça,só fumaça,que estes m. nos querem impor.Ainda no domingo em Tomar tive contacto com uma stuação degradante.Uma idosa e doente com reforma de duzentos e cinquenta euros,não pode instalar-se num lar,pois o dinheiro não dá para ajudar a que muitos façam fortunas com aquele tipo de Instituições.Ando por ai a bater ás portas,revoltado por ver esta desgraça dos que nada tem.