.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 24 de abril de 2010

O corpo é que paga...

Andaram para aí a dizer que Rui Pedro Soares não falou. Não é verdade.
Pronunciou frases, breves e curtas, é certo, mas falou o suficiente. Ou mais...
Por mim, nem precisa de falar mais, tal foi a clareza com que falou.
Mesmo assim, acham que o homem não falou!..
Protestam os jornais e a blogosfera, indignam-se os deputados, amofina-se o povo...
Mas, não têm razão. Rui Pedro Soares falou.
E disse tudo. Foi claro, claríssimo.
Portugal, 36 anos depois do 25 de Abril de 1974, chegou a
isto.
Já agora, era o que faltava o homem, num país de liberdade, não ter direito ao silêncio?..
Rui Pedro Soares, que eu não conheço de lado nenhum, não me merece qualquer simpatia.
Na minha óptica, simboliza o que de pior existe no sistema partidocrático que destrói o país.
Contudo, dado que Portugal, apesar de tudo, ainda é um país com leis que garantem e preservam a liberdade individual, este cidadão tem de ser tratado como um Cidadão de pleno direito.
Como canta o António Variações no vídeo, “quando a cabeça não tem juízo o corpo é que paga”.
Se nós, Povo, continuamos a dormir, o problema é nosso.

Sem comentários: