Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

domingo, 26 de abril de 2009

Abril, os poderes e os blogues


Nos últimos dias, mesmo na blogosfera, deu para ver alguma incompreensão pelas conquistas que Abril nos deu.

Todavia, que não haja ilusões: se não tivesse havido o 25 de Abril não estaríamos aqui a escrever aquilo que pensamos.

Este blogue não existiria sem Abril. Não é só Sócrates que não suporta críticas. Não é só “Sócrates que toma por reprimenda qualquer opinião que divirja do diagnóstico radioso que os seus acólitos fazem da sua governação”.

Ai do jornalista que ousasse escrever aquilo que julga acerca dos poderes. Em Lisboa e Porto seria difícil… Agora, imaginem o que aconteceria numa aldeia, ou mesmo, numa vila?..

3 comentários:

Anónimo disse...

Este blogue também não existiria sem o 25, mas de Novembro. A história, felizmente para quem aprecia a Democracia e não a democracia de alguns, não parou em Abril.

António Agostinho disse...

O exercício da Democracia é um processo que nunca pára e precisa de ser constantemente regado...
Pena é, que ao contrário de nós, que pelos vistos temos algumas opiniões divergentes, que assumimos com toda a frontalidade, a grande maioria dos portugueses, não assuma as suas opiniões, livre e democraticamente.
Por exemplo, eu neste Outra Margem, permito comentários, desde que assumidos e devidamente identificados.
O meu caro Amigo, no seu Politicazinha, pura e simplesmente, não permite comentários, opção essa que deve ser democraticamente respeitada.
Espero que tenha passado um bom 25 de Abril...
Cumprimentos

alex campos disse...

Olhem, no meu bloguezinho até os lambe-botas neo-liberais comentam, e ainda bem, pois fazem-me rir e vão-me divertindo.
Isto é que é democracia pura. quem diria, eu quem nem "democrata" sou.