quinta-feira, 7 de setembro de 2006

Pastor João Severino Neto



O ano passado, em boa hora, a Junta de Freguesia de São Pedro decidiu homenagear algumas figuras locais, com a atribuição do seu nome a Ruas da nossa Terra.
Uma dessas figuras foi o Pastor João Neto.
Lamentavelmente, a placa do lado sul está vandalizada. Aqui fica o alerta.
Já agora, porque principalmente os mais jovens da nossa Terra, talvez desconheçam a obra do Pastor João Neto, aqui ficam, de forma simples e sintética, alguns aspectos breves da sua vida e da sua obra.

Em 1960, João Severino Neto foi nomeado pela Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal, Pastor da Igreja Evangélica da Figueira da Foz.
Isso implicava ter de prestar assistência pastoral a pequenas comunidades presbiterianas existentes em aldeias circunvizinhas, como a Cova e Gala, duas aldeias situadas a três quilómetros a sul da Figueira, ali logo ao remate da Ponte dos Arcos.
Nessa altura, e estamos a falar dos anos 60 do século passado, Cova e Gala eram duas terras de pescadores completamente abandonadas pelos poderes.

Ao iniciar o seu trabalho nestas localidades o Pastor João Neto tomou conhecimento dos inúmeros problemas sociais e económicos que atormentavam a vida da população. E tomou consciência de outra coisa: se a Igreja Presbiteriana queria cumprir a missão tinha de actuar corajosamente. E foi o que fez.
Foi assim que nasceu o Centro Social da Cova e Gala, que tem como fins principais e primários desenvolver acções do âmbito da segurança social, nomeadamente nas áreas comunidade, família e população activa, Infância e Juventude, Terceira Idade, Invalidez e reabilitação. Como fins secundários desenvolve acções no âmbito da educação, da saúde, da agricultura e do trabalho.
O projecto do Centro Social da Cova e Gala poderá ser definido como um "Projecto de desenvolvimento que se desenvolve". Com isto, quer-se dizer que nenhum dos programas ou actividades, é um fim em si mesmo. Estão abertos à mudança e a novas experiências.
Não querendo substituir-se à população, o trabalho da Instituição continua a ter os objectivos de sempre: colaborar, animar, cooperar no desenvolvimento da freguesia de S. Pedro e do concelho da Figueira da Foz.
Neste momento, a Actividade do Centro Social da Cova e Gala abarca as seguintes valências:

Creche / Jardim de Infância
Animação Sócio-Cultural
Actividades de Tempos Livres
Serviço de Apoio Domiciliário
Serviço Social
Campos Internacionais de Trabalho
Sector Agrícola.

Pastor João Neto, o Homem. Centro Social da Cova e Gala, a Obra.

8 comentários:

Marco MR disse...

Belo Artigo de Informação. Que(falo por mim foi proveitoso porque como se diz saber e informação não ocupam lugar). Houvessem mais deste genero e seria bastante proveitoso para toda a freguesia. Parabens.

Marco MR disse...

Ops!!!Bela Calinada o Houvessem. É o q dá trabalahr e navegar na net ao mesmo tempo.Sorry

zé dos percebos disse...

Isto é uma pouca vergonha ...
Na altura que lhe interessou senhor presidente até inaugurou a rua do dito cujo e agora?
Agora desculpem a expressão caga para o assunto...

Pietra disse...

Se fosse para arranjar o clube da cova ou da gala já estava arranjado. Não é BAU BAU da junta de freguesia? Isto está cada vez pior, construam para a terra ficar bonita mas há que fazer a manutenção!!! Bau bau Tozinho !!!

Anónimo disse...

O Pastor Neto é um Homem de convicções fortes, com sensibilidade social apurada, que nunca se vendeu aos poderes, que nunca acumulou riqueza, que presou a simplicidade e que muito fez pela Cova-Gala. O nome na Rua é justo, mas indecente o estado em que está a placa toponímica. Haja vergonha e respeito!

Anónimo disse...

Grande Homem, o Pastor Neto..Grande obra a sua...Façam o favor de não se esquecer das brincadeiras na Eira "do Senhor João, o guarda florestal",acompanhadas por um belo lanche, servido pelos membros Internacionais desta igreja e não só...Leitinho em pó e pão c/ queijo..era da Suiça ou da Alemanha...?
Bem haja Pastor Neto...

clotilde disse...

Foi com muita tristeza que li e vi o estado lamentável em que ficou a placa com o nome da Rua Pastor João Neto, na Cova e Gala. Mas afinal, onde estamos e para onde caminhamos???? Onde está o civismo de que todos falam mas poucos cumprem?? Quem serão os idiotas que não reconhecem o bem mas se limitam a viver do mal? O Pastor João Neto foi o meu pai espiritual desde os meus 7 anos de idade. Tenho hoje 53 e continuo fiel à Igreja onde cresci e vivo dos ensinamentos cristãos que ele me ensinou, com a ajuda de Deus. Haja respeito e que essas pessoas se incluam em trabalhos de solidariedade e amor pelo próximo, como sempre fez o Pastor Neto. Bem haja o Pastor Neto e que Deus o continue a abençoar. E agora a responsabilidade fica ao cuidado das autoridades:arranjar o mais depressa possível o que foi danificado!!!!!
Clotilde

Anónimo disse...

Foi com muita tristeza que li e vi o estado deplorável em que ficou a placa que indica "Rua do Pastor João Neto". Afinal, onde estamos e para onde vamos? Onde está o civismo e respeito que todos reclamam mas poucos praticam?
O Pastor Neto foi meu pai espiritual desde os meus sete anos de idade . Tenho 53 e continuo fiel à Igreja onde cresci e aos mandamentos ensinados pelo Pastor Neto, com a ajuda de Deus. O Pastor Neto é o verdadeiro exemplo do Cristianismo. As pessoas que praticam actos idênticos, deveriam seguir o exemplo da solidariedade e amor.
Que Deus continue a abênçoar o pastor Neto.
Agora cabe às autoridaes competentes cumprirem com os seus deveres: arranjar o mais rápido possível o que está danificado. Obrigada!

Clotilde