sábado, 6 de julho de 2013

"Foram tudo nervos"...

Bom!.. 
Pronto: parece que já passou  a crise…

Em tempo. 
“Não sei se o Portas é assim tão inteligente e o Passos tão estúpido. Mas esta pergunta faz todo o sentido: por que é que os políticos fazem tudo nos hotéis como as putas?”

Lixaram a exportação do pastel de nata?...

Se é para o bem de todos e a bem da Nação, pronto: digam ao povo que fico!..

Em tempo.
Que vão fazer com o Álvaro?..

Cavaco Silva e a crise: dúvidas?

Um país pode ficar refém dos golpes de um político? Subsistirá alguma credibilidade externa, depois do espectáculo degradante a que todos assistimos, com estes governantes ? 
O que é pior para o país e para os portugueses: um governo de gente sem palavra e incapaz de gerar a mínima confiança na governação ou eleições antecipadas? 
Estas são as três questões a que o presidente da República tem de responder, com base na interpretação do texto constitucional, mas a avaliar pelo que já se passou, em diversas ocasiões, desde 2006, alguém ainda tem dúvidas sobre qual vai ser a decisão presidencial?

Via MAIS ACTUAL

Solidez

Enquanto não sabemos verdadeiramente qual será a «fórmula final» do entendimento político entre Passos e Portas… 

1- Se passasse pela capacidade de misturar no mesmo governo a Maria Luís com o Portas, seria de uma solidez a toda à prova. 
2- Se passasse por deixar a Maria Luís fora do governo, após ter acabado de tomar posse (por decisão vincadamente pessoal do nosso primeiro-ministro Passos Coelho), seria de uma solidez a toda a prova. 
3- Se passasse por deixar o líder e negociador principal da parte do CDS, o Portas, ficar fora do governo, seria de uma solidez a toda aprova. 

Em tempo. 
Como se vê, várias são as hipóteses que permitem soluções sólidas.