terça-feira, 12 de novembro de 2013

Figueira: uma cidade extraordinária e única!..

Esta manhã, coisa muito rara na minha pessoa, deu-me para a cusquice. Comprei a edição impressa do jornal As Beiras  e li a crónica de opinião de Mafalda Azenha, advogada.
O título era sugestivo: “A mais, a melhor, acima”.
Depois, veio o melhor, a crónica propriamente dita, que convido a ler...

“Ultimamente temos recebido notícias que a  todos nos devem orgulhar enquanto figueirenses.
Há uns meses a Figueira recebeu o prémio de município com a melhor programação cultural. Recentemente, ouvimos que a câmara foi distinguida como a mais transparente pela sua página da internet.
Esta semana ficámos a saber que a Figueira está entre os seis destinos portugueses na lista dos 100 mais valiosos do mundo. A isto ainda temos que aliar o que ficámos a saber a propósito das comemorações do 47.º aniversário do Porto da Figueira da Foz, ou seja,  que este tem tido um desempenho num movimento em contraciclo, com um crescimento acima das previsões e do próprio crescimento da economia.
Mas ainda há mais. É que a esta informação junta-se uma outra em que ficamos a saber: o Porto tem capacidade para receber navios de cruzeiro, de 500 a 600 pessoas, e que estão a ser envidados esforços com demais entidades para que essa vertente turística possa vir a ser uma realidade na Figueira.
O que quer isto tudo dizer?
Que apesar do muito que pode e deve ser diferente e que ainda está por fazer, há sinais que nos devem deixar otimstas. A questão é saber trabalhar estes factos para os transformar em marcas da Figueira, conjugando os que tem sentido conjugar, como a distinção de destino valioso com a capacidade para receber cruzeiros, por exemplo. É bom perceber que temos potencialidades.”

Não sei o que pensam depois de ler esta prosa.
Eu, logo que terminei esta leitura, não sei porquê, a  Figueira lembrou-me uma  anã: comeu, comeu, comeu, mas não cresceu!..
Pensei: que cidade tão sacana...
Uma coisa aprendi hoje, que espero não esquecer tão cedo.
Ter mais cuidado com as leituras matinais.
Por este andar não é preciso morrer para saber se a alma sobrevive ou não. Um dia destes vomito-a sanita abaixo...

22 comentários:

Anónimo disse...

Que pobreza de espírito... que falta de sentido crítico.
A senhora esqueceu-se, por exemplo que a Figueira está no Top nacional no que diz respeito aos custos com a facturação da água.
Esqueceu-se também que ter reuniões de Câmara à porta fechada não abona nada a favor da transparência...
O que é que a senhora acha de os cidadãos terem de pagar estacionamento no Hospital?
Esqueceu-se de dizer que está casada com o boy da JS Mário Paiva, fiel amigo do deputado João Portugal!!

ATALAIA disse...

ISTO FAZ ME LEMBRAR OS SRS. EM LISBOA QUANDO QUEREM PROMOVER TURISTICAMENTE A CIDADE SÓ FILMAM E MOSTRAM AS PARTES BOAS A MISÉRIA NAO FILMAM NEM MOSTRAM.

PREGUIÇA disse...

Que apesar do muito que pode e deve ser diferente e que ainda está por fazer, há sinais que nos devem deixar otimistas.
Sim minha sra. principalmente o parque de estacionamento do hospital e as reuniões á porta fechada.
Mas ainda há mais. É que a esta informação junta-se uma outra em que ficamos a saber: o Porto tem capacidade para receber navios de cruzeiro, de 500 a 600 pessoas, e que estão a ser envidados esforços com demais entidades para que essa vertente turística possa vir a ser uma realidade na Figueira.
sim minha sra.mas se estivessem a ser envidados esforços para saber o que se passa com o estado da barra é que era bom.
Não há pachorra.

Anónimo disse...

O VINHO BARATO POR VEZES PERTURBA-NOS

Anónimo disse...

Exatamente minha sra. e depois quando entrarem os cruzeiros leve os turistas: a ver a vala das abadias, a ver o asis,a ver aquela relva na praia que foi deixada crescer de proposito,leve-os tambem a ver o maravilhoso jardim municipal,com o seu majestoso coreto e depois faça uma visita guiada pela aldeia do mar.. á e já agora leve-os á baixa da cidade em dia de cheias e digalhes que a culpa é da maré estar muito cheia.para terminar diga lhes o preço da agua nesta cidade.

Anónimo disse...

"É bom perceber que temos potencialidades.”??? Como? Não estou a perceber? Quando os Figueirenses conhecerem 1/3 da sua história vão perceber a mediocridade e falta de visão de que nos lidera. Enfim uma cidade com mar, rio, serra, lagoas, termas, ilha, etc. num raio de 15 km, não ter potencialidades era de estranhar, talvez se estudassem já teriam chegado à conclusão que se trata de um local singular em Portugal e no Mundo. Haja paciência para a mediocridade...

Carlos Sombrio

EMPLASTRO disse...

É bom perceber que temos potencialidades.
Ó MINHA RICA SRA ISSO JÁ QUASE TODOS PERCEBEMOS QUEM AINDA NÃO PERCEBEU SÃO OS SRS QUE GEREM OS DESTINOS DESTA TERRA... BOM NAO PERCEBERAM OU NAO LHES DÁ JEITO PERCEBER.. OU ENTAO NAO CONHECEM A TERRA.

Anónimo disse...

“Ultimamente temos recebido notícias que a todos nos devem orgulhar enquanto figueirenses.
por ex.
O parque do hospital a pagar.
As reunioes da camara á porta fechada.
A insegurança da barra.
O estado do oasis
A limpesa da praia.
As cheias e os prejuisos dos logistas.
A extinção da freguesia de s. julião.
A criação de ratos no edificio o trabalho.
A degradação do jardim municipal.
Como vê minha sra. boas noticias não faltam.

Anónimo disse...

É que a esta informação junta-se uma outra em que ficamos a saber: o Porto tem capacidade para receber navios de cruzeiro, de 500 a 600 pessoas, e que estão a ser envidados esforços com demais entidades para que essa vertente turística possa vir a ser uma realidade na Figueira.
Ó sra dra eu já sabia disto aqui á tempos estive a ver o coreto do jardim mais o pai natal e o coelhinho da páscoa e eles disseram-me.

Anónimo disse...

Se o rei de espanha estivesse a ouvir esta senhora diria :
Por qué no te callas?

Anónimo disse...

Ó minha sra benza DEUS.

C.OLIVEIRA disse...

Há uns meses a Figueira recebeu o prémio de município com a melhor programação cultural.AGORA VAI RECEBER O PREMO POR TER UM HOSPITAL DENTRO DE UM PARQUE DE ESTACIONAMENTO.
Recentemente, ouvimos que a câmara foi distinguida como a mais transparente pela sua página da internet.AGORA VAI SER DISTINGUIDA POR FAZER REUNIOES Á PORTA FECHADA.
Esta semana ficámos a saber que a Figueira está entre os seis destinos portugueses na lista dos 100 mais valiosos do mundo.
ISTO DEVESSE AO ESTADO E BELEZA DO OASIS.
Camarada á que ter cuidado com algumas leituras matinais algumas provocam diarreia.

Anónimo disse...

Saberá esta dignissima sra.onde fica a rua da republica?

Anónimo disse...

isto é mesmo discurso de quem está á procura de tacho.

Anónimo disse...

Esta XUXialista deve perceber tanto de portos como eu percebo de lagares de azeite só se forem PACOTES e não PAQUETES tem mesmo que ir calibrar as ópticas ...

Sonia Pata disse...

Não seria má ideia conceder mais um prémio à tão acolhedora cidade da Figueira da Foz por “afugentar” os seus nativos que, por se valorizarem em termos académicos e porque nunca se aliaram a um qualquer partido politico, tiveram de fazer as malas e procurar empregabilidade numa outra cidade qualquer que agradece a mais-valia expulsa por quem os deveria ter acolhido… Talvez agora… com o repentino crescimento de capacidades para…

Anónimo disse...

Ó Agostinho enpresta a bicicleta á sra para ela ir dar uma volta.
Só faltava mais esta o que mais ainda vamos ter que ler?

Anónimo disse...

MAIS UM PRÉMIO PARA A FIGUEIRA:
ESTE TEXTO É O PRÉMIO NOBEL DA ASNEIRA 2014.

OFTALMOLOGISTA disse...

No seu texto a sra pergunta:(o que quer isto dizer?)..
Olhe minha sra quer dizer que a sra deve urgentemente marcar uma consulta na primotica para aferir o poder de vergência do seu sistema óptico mas não demore porque pelo que li o caso afigurasse-e grave.

Anónimo disse...

porra e a mim que já me tinha passado a diarreia que apanhei com uma castanhada logo havia de ler isto.

Anónimo disse...

OH CAMARADA E SE FALASSES DA BÁRBARA E DO CARRILHO?...

Anónimo disse...

OH CAMARADA E SE FALASSES DA BÁRBARA E DO CARRILHO?...