Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sábado, 4 de maio de 2013

A Figueira já foi uma praia de banhos...


Hoje as praias estão cheias, amanhã também, isto não há-de ser tão mau assim...

Começo a crer que muito mais difícil do que negociarmos, rasgarmos, ou sei lá o que mais pudéssemos fazer ao memorando assinado com a troika de Selassie, será sobrevivermos à outra troika, a caseira, que decidiu acabar connosco.

Cavaco Silva, Passos Coelho e Vítor Gaspar são três loucos, incompetentes, alucinados e irresponsáveis, que descolaram da realidade ou que dela fogem como o diabo da cruz. Só isso pode explicar a corrida acelerada para o abismo em que nos arrastam, sem que vislumbremos como deles nos poderemos livrar tão cedo, manietados que estamos por poderes externos, mecanismos internos e pelo nosso atávico e paralisante fatalismo e mansidão colectivos, que só pontualmente são quebrados em momentos históricos especiais e relativamente fugazes.

Hoje, as praias estarão cheias, amanhã também, e continuará a indignação de sofá. Depois? A ver vamos, isto não há-de ser tão mau assim, deus é grande, não é? 

Texto daqui
Imagem daqui

Cemar quer propor candidatura da Arte dos Pescadores a Património da Humanidade

Nota: para ler melhor clicar na imagem.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Então até já …

Passos decidiu falar esta sexta porque se fosse segunda ou terça podia não estragar o fim-de-semana…
«Os portugueses têm uma memória de passarinho, e por isso, se o primeiro-ministro falasse na segunda, por exemplo, chegavam ao fim-de-semana e já nem se lembravam da austeridade ou pelo menos não estava tão nítida», explicou fonte do gabinete do primeiro-ministro.

Reformada contra reformados...


Conforme se pode ver aqui, um grupo de reformados foi expulso do Parlamento esta manhã, por ordem de uma reformada sem vergonha (conseguiu reformar-se ao 41 anos...)

A verdade está sempre do lado deles...

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, sublinhou hoje que "é necessário consenso político esclarecido e generalizado", exigindo-se igualmente "uma política de verdade por contraste com uma política de mentira, insulto e dissimulação". [Jornal de Negócios] Vitor Gaspar


Oliveira Salazar em 28 de Maio de 1966, comemorando o golpe de 1926

Via O jumento

E foi só essa "mentirinha"?..

 "Passos admite que defendeu mais tempo e mais dinheiro quando estava na oposição".

Alguém que dê conhecimento disto ao Passos...

O vice-presidente da Associação de Integridade e Transparência, Paulo Morais, garantiu hoje que a crise económica em Portugal não se deve ao facto de os portugueses terem vivido acima das suas possibilidades, mas aos fenómenos de corrupção.
"Há duas mentiras que têm sido repetidas na sociedade portuguesa: que os portugueses andaram a gastar acima das suas possibilidades e que não há alternativa à austeridade para expiarem os pecados (que não cometeram)".

A crise foi provocada pela corrupção, não pelos excessos.

X&Q1172


Mais logo...


quinta-feira, 2 de maio de 2013

Big Brother miseráveis...

Passos, amanhã, em mais um episódio... 
Não percam!

Ser Figueira a cem por cento

Junho de 2009

Abril de 2013 
“A Figueira da Foz somos todos nós, que a vivemos e sentimos intensamente. Somos Figueira!”

Em tempo.
Acusam-me de ser do contra. Sou sim senhor. Sou contra cidadãos  que  têm vergonha do seu passado, da sua história e do seu percurso político e de vida,  que  começaram a ter orgulho nos valores da sua cidade apenas depois de algumas vitórias.
Temos de ultrapassar  complexos de inferioridade que nos bloqueiam, esta  ridícula verdade “única” que quer conotar “figueirinhas”  com supremacia e  com intolerância.
Cada um de nós tem de acreditar que pode ser decisivo. Que sabe e pode fazer melhor. Sem medo nem vergonha. Sem tentar fazer esquecer ou apagar  o passado recente da sua cidade, antes alimentando o orgulho que devemos ter nela com pequenas conquistas, pequenas vitórias que devemos procurar em cada dia das nossas vidas. Porque não somos menos que ninguém. 
Em 2009 e 2013 continuo a ser Figueira a cem por cento...
Vamos ver quem daqui  a meia dúzia de dias pode continuar a assumir isso...

Com a bênção de Cavaco e a conivência de Portas...

A loucura  de Gaspar anda à solta... 

Em tempo.
Como escrevi no post anterior, "cada um que tire as suas conclusões para agir em conformidade..."

O consenso para Passos...

Austeridade acima dos limites.

Em tempo. 
Evidentemente, que a austeridade é sempre para os mesmos do costume, neste caminho de sentido único do “custe o que custar", no cumprimento dos objectivos do negócio com a troika e dos objectivos de uma política "over troika".
Cada um que tire as suas conclusões para agir em conformidade...

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Quem ainda tem tomates que se cuide...

"Arranco-lhe os tomates à dentada...", disse o secretário de Estado

Para que conste...


É pra hoje?..


120 anos!..

“Associação Naval 1º de Maio, obra sonhada do povo, erguida pelo povo, mantida pelo povo – será eterna como a alma do próprio povo.”
Parabéns Naval… 120 anos vida não podem ser apagados... 
Segundo os registos da época, tudo começou era o 1º dia de Maio de 1893, na Figueira da Foz.
Nesse dia nascia a Associação Naval 1º de Maio, uma associação fundada por operários, que teve a sua primeira Assembleia Geral numa casa modesta, onde os bancos eram caixotes, a sala iluminada por uma vela espetada no gargalo de uma garrafa.