.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Um dia


Um dia, o meu pai, pescador desde os 14 anos, foi preso pela PIDE, apenas por ter reivindicado aquilo a que tinha direito, como português, pescador e explorado.

É a memória mais poderosa que, eu, que ainda vivi os meus primeiros 19 anos de vida no fascismo à portuguesa, tenho de salazar.

Tal acontecimento, bastou-me para perceber o que foi o salazarismo.

salazar, nesse tenebroso tempo, conseguiu tornar heróicas posturas hoje normais.

Em 1964, salazar conseguiu transformar, aos olhos de um rapazito de 10 anos, um Homem normal e íntegro, num herói.

O meu Pai, claro.

A Figueira e o PIDDAC para 2009

Verbas respondem “moderadamente” às expectativas do presidente da câmara da Figueira da Foz.
Estão “garantidos” “600 mil para a construção dos aprestos no núcleo piscatório da Gala”.
Mas, já em 2007, estava prometido que as obras arrancavam em 2008...
Não esquecer, porém, um dado importante: em 2009 há autárquicas... E, também, legislativas e europeias.

X&Q485


A toponímia da minha Terra


quinta-feira, 16 de outubro de 2008

NÃO APAGUEM A MEMÓRIA! ...


Sei que a sugestão que fiz neste post não é pacífica.
A memória, muito em especial a nossa memória, guarda os afectos da nossa alma.
E foi isso que me levou a publicar o post.
Se for levada em conta a minha sugestão de perpetuar esta fatalidade que, no ano passado, enlutou a comunidade piscatória da Cova-Gala, sei que será uma memória de dor e tristeza.
Custosa e difícil, para todos nós covagalenes, mas, em especial, para os familiares das vítimas.

O que passou foi demasiado grave e não se deve repetir.
A memória, a nossa memória, é o alimento, umas vezes doce, outras amargo, da vida que tem de continuar.
Eu sei que, agora, as palavras são inúteis, mas a memória não.
Portanto, NÃO APAGUEM A MEMÓRIA! ...

“Às vezes o futebol é uma agonia”


Já gostei muito, mas mesmo muito, de futebol.
Agora, passa-me completamente ao lado, pelo que só agora me apercebi que, ontem, livrei-me de boa...
“Madaíl saiu antes do fim do Portugal-Albânia para ir à casa de banho”.

Dia Mundial da Alimentação é hoje

Foto: Pedro Cruz

A toponímia da minha Terra

“PSD/Lisboa ultrapassa Manuela e escolhe Santana”


X&Q483


quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A nova ponte está quase pronta e vai ser inaugurada em breve

Foto antónio agostinho
Senhor Ministro das Obras Públicas Transportes e Comunicações:
quando é que responde a este Requerimento, para esclarecimento, não só do Deputado Miguel Almeida, mas também de todos nós.
Estão lá formuladas perguntas que continuam pertinentes.
Os figueirenses merecem uma explicação.

Em tempo: não sei se estará previsto, ou não, perpetuar no local, a memória de Manuel Catulo Pata e Clemente Imaginário, os dois pescadores covagalenses que pereceram na tragédia que ocorreu no passado dia 19 de Março de 2007, pouco depois das oito da manhã, quando tentavam atravessar o canal criado artificialmente por causa das obras de alargamento da ponte dos Arcos.
Mas, que isso seria justo, disso não tenho a mínima dúvida. Vamos a isso?

"Péssimo sinal"


"Manuela, pressionada, retirou Santana da agenda".

“Alguém anda com medo de Santana lá por Lisboa?..”

Anda por aí uma falta de humor!...

Foto renovada, graças ao
meu amigo José Vidal


Os comentários falam por si...
Já que, ao que parece, com este post, feri susceptibilidades ao abordar a questão pelo lado humorístico!?... Lá tenho de esclarecer que, este dinheiro, do meu ponto de vista, vai ser utilizado com as mesmas regras que levaram o mundo a uma situação de quase ruína. Este dinheiro não vai produzir nada.
Este dinheiro vai ser todo utilizado para especulação e movimentação inter bancária.
Vai desaparecer sem que algo tenha sido feito para atenuar a actual convulsão que, penso, vai piorar
.
Oxalá esteja redondamente enganado...


Legenda da foto:
Caríssimo anónimo,
4 Outubro, 2008 20:56, nada de confusões:
Esta coisinha fofa,
da foto acima, sou eu...

X&Q481


A toponímia da minha Terra

terça-feira, 14 de outubro de 2008

2018


O secretário de Estado do desporto mostrou-se favorável à organização conjunta, com a Espanha, do Mundial 2018.
Laurentino Dias não vê qualquer obstáculo à organização deste evento desportivo.
"É um projecto muito bom para Portugal que não exige investimentos de vulto, designadamente de investimentos de infra-estruturas desportivas, se nós temos tudo em termos de infra-estruturas para realizar uma parte desse campeonato do mundo porque não havemos de o fazer?"
Maravilha. É sempre o mesmo: “não há custos, são só receitas!”

P.S.
– Ao que parece, estão a pensar em quatro estádios para o evento: Dragão, Alvalade, Luz e Algarve. Ao que parece, estão a pensar “aumentar a capacidade deste último estádio para 40 mil lugares. Ou seja, um estádio que já era inútil, passa a ser inútil e enorme!...”