"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sábado, 31 de março de 2012

X&Q1102


Rosa sem cheiro...



"Não me inscrevo no PS porque sou socialista", foi o que Piteira Santos respondeu a Mário Soares em devido tempo...
"Que raio de Partido Socialista é este?", pergunta agora Baptista Bastos...
"O Partido Socialista teve,  na Assembleia da República, uma excelente ocasião para se redimir das evasivas políticas, das ambiguidades e dos desvios que têm caracterizado a sua trajectória. Porém, ao abster-se de combater a nova lei laboral, acentuou o retrato ideológico e moral da sua triste existência. A ideia de que António José Seguro é um "homem de Esquerda" caiu pela base. Ao claudicar perante um documento daquela natureza, o PS desacreditou-se definitivamente."

Todos os regimes, todos os governos, todos os presidentes de câmara, todos os presidentes de junta querem ter a sua obra...

João Ataíde não podia ser a excepção!..

sexta-feira, 30 de março de 2012

Enfim...




Para certos políticos, a Figueira, mesmo a 100%, tem sempre um papel a desempenhar: o de papel higiénico!..



P.S.- Para ler, clicar em cima da imagem sacada daqui.

O Bairro dos Pescadores da Cova-Gala


A construção dos denominados  Bairros de Pescadores, de carácter económico, foi uma das  realizações que mais impacto teve no contexto da “obra social das pescas”, de Salazar e Tenreiro, sob o lema “para cada família um lar”.
Destinados a acolher os  pescadores e as suas famílias, mediante o pagamento de rendas baixas, muitos destes bairros, senão mesmo a totalidade, foram construídos longe dos centros das localidades e longe dos próprios portos de pesca, possivelmente pela dificuldade em conseguir um terreno próximo dos locais de pesca, mas principalmente pela tentativa de “guetização” dos pescadores e suas famílias, fechando-os nas suas comunidades, evitando ao máximo o contacto com os “de terra” e a sua possível  dispersão.
Foi o caso do já desaparecido Bairro dos Pescadores da Cova-Gala, cujas primeiras 16 casas foram inauguradas em 1 de Maio de 1941.
Na altura, os terrenos  situados a seguir ao actual campo de futebol de S. Pedro, seguindo pela actual estrada – que na altura não existia – para quem se dirija em direcção à praia do Cabedelo, ficavam, como convinha ao estado novo e a imagem sacada daqui demonstra perfeitamente, fora de portas.

Governo forte com os fracos...

Já não restam dúvidas : logo mais,  o Código Laboral vai ser aprovado com a abstenção do PS...
Ao que li aqui, "pouco depois do anúncio, os ânimos exaltaram-se na bancada rosa. Lacão propôs a demissão do líder parlamentar e colocou em causa a disciplina de voto que nunca foi questionada quando o PS foi poder, durante a era Sócrates. Por exemplo, quando, em 2008, a maioria de então  cerrou fileiras em torno de um pacote laboral aprovado quase sem discussão e muito pouco diferente daquele que hoje está prestes a ser aprovado. Ou quando, em 2010, se pôs de acordo com o “rival” PSD para fazer cair as raspas de segurança da sua “flexigurança”. Ou quando, em 2011, juntamente com os mesmos sócios, assinou o memorando com a troika onde se comprometeram a proceder às alterações à legislação laboral que se preparam para aprovar."
No PS,  estas coisas são meras  "Questões de oportunidade".
("Depois do sismo que abalou o PS o ano passado – derrota eleitoral e mudança de liderança – era de esperar que surgissem as habituais réplicas. Sejamos claros: alguns dos deputados socialistas que hoje colocam em causa as alterações à legislação laborar, que amanhã vão ser votadas no Parlamento, votariam a favor, de olhos fechados, caso tivessem sido propostas pelo anterior governo. Por isso, não é uma questão de princípio.
É uma questão de oportunidade. Também alguns deputados que se opõem a mudanças estatutárias no PS, propostas pela actual direcção do partido, apenas se mostram preocupados com a possibilidade de ser António José Seguro a ter uma palavra decisiva na escolha dos candidatos a deputados nas próximas legislativas. Por isso, também não é uma questão de princípio. É uma questão de oportunidade. Provavelmente, outras réplicas virão durante mais algum tempo. A frequência e a intensidade de novas réplicas dependem da capacidade de reacção de António José Seguro.")
Em tempo.

Actualização às 13 horas:
Este post não atinge a deputada do PS Isabel Moreira que votou contra.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Eu não escreveria melhor

Hoje é dia de greve geral em Espanha. Contra a reforma laboral. Há oito dias, foi dia de greve geral em Portugal. Contra a reforma laboral. Ainda ontem, houve uma manifestação junto da Assembleia da República. Contra a reforma laboral.
Os controladores aéreos portugueses, que não aderiram à greve geral, convocaram cinco dias de greve para Abril. Porque continua o movimento sindical agarrado a velhas capelinhas? Porque não foi possível organizar uma grande jornada de luta ibérica? Quando compreenderão os sindicatos que só a globalização da força do trabalho poderá opor-se à globalização capitalista e que é urgente uma estratégia global?
Eu sei que é complicado. Afinal, ainda esta semana, João Proença (esse grandessíssimo humorista...), o novo porta-voz do governo para as questões laborais, fez questão de afirmar que a adesão à última greve «dita» geral foi a mais reduzida de todas as greves gerais organizadas pela CGTP.


Via abrasivo

Para memória futura

foto sacada daqui
Nuno Maurício, depois de ter cumprido metade do período para o qual se encontrava nomeado como Chefe de Gabinete, cargo para o qual foi convidado, em 2009, pelo Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Dr. João Ataíde, e depois de ter feito o balanço sobre o trabalho que realizou,  solicitou a cessação da comissão de serviço, cessação essa que, por conveniência de serviço, terá efeitos a partir de 31 de Março de 2012.

Via Marcha do Vapor

Constatar o óbvio...

Miguel Esteves Cardoso, na semana passada: "Paulo Portas há de mandar nesta merda.."
A merda é Portugal!..

Millôr Fernandes (1924-2012)


Não se esforce mais... Já todos percebemos que isto vai ser duro!..

quarta-feira, 28 de março de 2012

Pois, temos pena...

Deputada "bloquista" Mariana Aiveca para o Ministro Álvaro dos Santos Pereira:
"Sr. Ministro, se a legislação que propõe ( alteração ao Código do Trabalho) já estivesse em vigor, o senhor já tinha sido despedido por inadaptação ao posto de trabalho!"

Coisas que podem dar maus resultados (IV)


Por esta altura, deve estar a começar a ser  discutido no Parlamento o novo pacote laboral.
Tem, à partida, a oposição anunciada dos partidos de esquerda : PCP e BE.

Assembleia Geral do CSCG

para ler,
clicar em cima da imagem

O candeeiro a petróleo

Na Gala, da minha infância, muita miséria havia...
Sou do tempo em que, na minha casa, a iluminação era feita por um candeeiro a petróleo.
Hoje, em Portugal, é o tempo de António Mexia...
Vamos lá a ver se, na minha casa, ainda não vamos voltar ao tempo em que a iluminação era feita por um candeeiro a petróleo…
Mexia, é economista.
Eu, pelos vistos, não passo de um “piegas” miserabilista!...

Coisas que podem dar maus resultados (III)

foto sacada daqui
António José Seguro. 
Se conseguisse permanecer em silêncio,  talvez conseguisse parecer credível, culto, inteligente e sério… 
Se conseguisse parecer credível, culto, inteligente e sério, nos próximos 3 anos, talvez muitos portugueses e portuguesas o viessem a  confundir  com uma solução!..

terça-feira, 27 de março de 2012

Jorge Jesus, o criativo!

O Benfica estava a controlar perfeitamente a partida, apesar de estar a jogar sem defesa esquerdo…
Jorge Jesus, o criativo, aos 69 minutos, retira Aimar e coloca Matic - mais um trinco - em campo!
Aos 75 minutos, acontece o golo do Chelsea. Emerson não conseguiu travar Ramires na direita, Jardel perdeu o duelo para Torres, que cruzou para a pequena área, onde Kalou, nas costas de Luisão, fez a bola passar por baixo de Artur.
Jorge Jesus, o criativo, resolve colocar o Nolito em jogo e o Benfica volta ao desenho táctico inicial.
Mais uma vez, Jorge Jesus, o criativo, inventou desnecessariamente…
Resultado: o Chelsea venceu o Benfica pela margem mínima,na Luz, ficando em excelente posição para avançar para a meia final da Liga dos Campeões...

Hoje, é Dia Mundial do Teatro


"O teatro, que nada pode para corrigir os costumes, muito pode para mudá-los." 
(Jean-Jacques Rousseau)

Mensagem do Dia Mundial do Teatro 2012, por John Malkovich 
O ITI – International Theatre Institute UNESCO, honrou-me ao convidar-me para redigir a mensagem comemorativa do 50º aniversário do Dia Mundial do Teatro. Vou dirigir estas breves palavras aos meus companheiros do teatro, colegas e amigos.
Que o vosso trabalho seja convincente e genuíno. Que seja profundo, tocante, comunicativo e incomparável. Que nos ajude a refletir sobre a questão do que significa ser humano e que essa reflexão seja conduzida pelo coração, pela sinceridade e pela bondade. Que superem a adversidade, a censura e a escassez algo que, na verdade, muitos de vocês são forçados a confrontar. Que sejam abençoados com talento e rigor necessários para ensinarem, em toda a sua complexidade, as causas pelas quais deve bater o coração Humano, tendo em conta a humildade e a curiosidade para fazer dessa tarefa a obra da vossa vida. E que seja o vosso melhor – porque o melhor que derem, mesmo assim, só acontecerá nos momentos únicos e efémeros – Em consonância com a pergunta mais elementar de todas:
“Porque vivemos?” 
Merda!!!