Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Sócrates é assim tão burro?..

"José Sócrates e o seu amigo Carlos Santos Silva, ambos detidos no âmbito da Operação Marquês, fizeram donativos à campanha de António Costa, durante as primárias do PS. O director financeiro da campanha, Agostinho Abade, confirmou à VISÃO a informação e até facultou os respectivos valores: José Sócrates contribuiu com 2 mil euros e Carlos Santos Silva, "por indicação de Sócrates", entrou com dez mil. "Por indicação", porque o ex-administrador do Grupo Lena seria desconhecido da estrutura da campanha de António Costa. 
Os donativos foram canalizados através de transferências bancárias. Apesar de não existir qualquer controlo do financiamento dessas eleições, por parte da Entidade de Contas, a candidatura de Costa prometeu máxima transparência."

Via revista Visão

Para vergonha do poder autárquico figueirense dos últimos 25 anos...

25 anos é tempo suficiente para reparar na teimosia do prof. Fonseca Antunes em fazer omeletas sem ovos. Bem, sem ovos não é bem assim, que eles vão aparecendo, mas decididamente sem frigideira (leia-se pista de atletismo). 
E se a Figueira tivesse condições?... As condições de trabalho são estas... 
Tem a palavra a  autarquia. O atletismo figueirense há muito que justifica outro tratamento de quem de direito, pois já fez mais do que o suficiente para o merecer....

A ganância ainda vai acabar por dar cabo disto tudo!.. (II)

Fica, sacado daqui,  um extracto da informação do Engº Costa Redondo, Chefe do Serviços Técnicos da Câmara Municipal ao Plano Regulador do Plano de Urbanização da Cidade, escrito em Fevereiro de 1962, a que se refere o eng. Daniel  Santos na sua crónica de hoje do jornal AS BEIRAS:
“Por virtude das obras do porto“…”crescerá a praia de tal modo que venhamos a ter, até ao mar, um areal imenso, desértico, incómodo e impróprio para veraneio, perdendo deste modo a Figueira da Foz o seu principal motivo de atracção?”.
Diz ainda o Engº Redondo: "O certo é que, se for fixada uma largura ideal, está ao alcance da técnica, a verificar-se a previsão mais pessimista do depósito maciço de areias, manter aquela largura, ou por periódicas dragagens ou por conveniente transporte mecânico das areias para sul do molhe sul, POR BOMBAGEM."
Entretanto, já passaram 52 anos e 
Isso, é que é o importante...
Que interessa a barra com condições de segurança para os pequenos barcos dos pescadores!.. 
Que interessa a praia da Figueira - o seu principal motivo de atracção?”!.. 
Que interessa a erosão a sul!..
E tudo  isto aconteceu, não porque não se soubesse que ia acontecer, mas porque foi essa a vontade de quem manda...
As pessoas não contam...
O que é realmente importante são os números... 
Os records... 
Enfim, o sucesso dos gestores de Aveiro que tomaram conta do porto da Figueira..

Presente de 14 milhões a Salgado justificado com "espírito de entreajuda e solidariedade"...

"É o bom princípio geral de uma sociedade que quer ser uma comunidade - comum unidade -, com espírito de entreajuda e solidariedade. De outro modo, ninguém estaria disponível para dar um conselho, uma recomendação ou informação a quem quer que fosse" - foi esta a justificação do jurista João Calvão Silva, especialista em direito bancário, no parecer sobre a idoneidade de Ricardo Salgado, que este entregou ao Banco de Portugal (BdP), e a que o jornal i teve acesso, para a oferta de 14 milhões de euros que o empresário José Guilherme deu a Ricardo Salgado!..
João Clavão e Silva pode papar pareceres e fazer das palavras  “enterajuda e da solidariedade” uma maneira de ganhar uns cobres.
A vida está difícil para todos, incluindo os professores universitários...
Não queira é fazer crer que as palavras foram sábias e foram de alguém que esteve à altura das suas responsabilidades.
O problema é que se assiste, a vários níveis da sociedade portuguesa, a um sentimento de impunidade gritante. 
Ar puro, precisa-se...

Intervenção Cívica: Realidade ou Utopia?


São Silvestre da Figueira da Foz

Imagem Atletas Net Portugal
Foi apresentada a 1ª São Silvestre Figueira da Foz.
A prova realiza-se no dia 20, às 18:30 e já conta com mais de 700 inscritos.

O atleta internacional português Francis Obikwelu é o padrinho.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Que artista!..

"O presidente do CDS, Paulo Portas, vai apresentar ao Conselho Nacional do partido uma proposta para a reposição do feriado do 1.º Dezembro, suspenso pelo actual governo desde 2012 com a alteração ao Código do Trabalho."

As coisas complicaram-se...

"Os casinos do Algarve, Póvoa de Varzim e Figueira da Foz têm sido as salas de jogo portuguesas mais penalizadas pela crise que assola o país desde 2008. As receitas com a exploração do jogo têm caído sistematicamente e os impostos têm vindo a aumentar. Os primeiros casinos a sentirem o aumento da tributação foram os do Algarve, cujo contrato de concessão estabelecia o pagamento anual de 35% sobre as receitas brutas. Este ano, a Solverde (que detém a exploração dessas salas) irá pagar ao Estado 60% sobre as receitas, revelou fonte oficial da Associação Portuguesa de Casinos (APC). 
O casino da Póvoa deverá pagar 70%, quando a concessão estabelecia 50%. Já o da Figueira da Foz deverá pagar 43%, quando a taxa inicial era de 30%"...
Via Económico Digital

Mas que raio de intervenções públicas são estas?..

"Gente crescida, gente preparada"!..

A corda a esticar para o lado da Ponte, ou o Governo a preparar, com todo o requinte, o ano eleitoral que se avizinha?..

“Administração da RTP arrisca destituição por causa da Liga dos Campeões”...

«Burro» velho?...

"O PS não aprende."

Costa, mantém a iniciativa e vai a Évora....

“Vai dar dois abraços ao homem. O homem que é teu amigo e camarada. E o homem que é teu camarada e amigo. Um abraço à chegada e outro à partida. Como fazem os amigos e os camaradas. Costa, vai a Évora. 

São 133 quilómetros entre o Largo do Rato e a Rua Horta da Capela, nº 20, indo pela A6 e A2. 1 hora e 22 minutos, diz o Google como se soubesse a que velocidade rasgarás o asfalto. E se fores nesta terça, e nesta terça deves ir, apanharás um céu pouco nublado com 15º de máxima e 6º de mínima. Leva um bom casaco e volta em paz.”

Este “socialismo” é por definição aquilo que tem corrido mal e não tem acabado bem...

Já que hoje estamos numa de “socialismo”...
Joana Amaral Dias
“Há muitos anos que o PS ganha eleições com o voto ao centro. Mas agora o vento mudou e Costa sabe que só as vencerá com o voto de protesto." 

“As esquerdas”, o PS e o socialismo...

para ler melhor clicar na imagem
Dado que o tema da crónica do vereador PS António Tavares, apesar de não ter sido aquele que eu esperava para esta terça-feira,  é interessante, recorde-se um passo do discurso de 14 de Março de 1976, proferido por Mário Soares no Porto no decurso da cimeira de dirigentes de partidos europeus integrados na Internacional Socialista, da própria Internacional Socialista e da Confederação Internacional dos Sindicatos Livres, reunida sob o lema «A Europa connosco!»:

“O Partido Socialista teve ocasião, em diversas oportunidades, de afirmar a necessidade de transformar a Europa – de forma a que deixe de ser a Europa dos trusts e passe a ser a Europa dos trabalhadores. Hoje esta tomada de posição de princípio tem urgência em ser reafirmada, na medida em que certas forças políticas em Portugal se encaminham para defender a aproximação de Portugal às Comunidades Europeias numa perspectiva puramente capitalista que não corresponde aos verdadeiros interesses do povo português e se afasta dos imperativos de uma verdadeira independência nacional condicionando a transformação da sociedade portuguesa a caminho do socialismo.” 

Em 28 de Março de 1977 — um ano depois — Soares formalizava o pedido de Adesão à CEE. 
Das duas, uma:
1. Ou, nesta data, a «Europa» deixara de ser «a Europa dos trusts»
2. Ou, O PS, nesta data, DEIXARA DE SER DE ESQUERDA E SOCIALISTA...

A expressão de que devem abandonar o “conforto do protesto” é feliz e desafiante... Mas, como podem "ser parte da solução" com o PS num futuro governo?..

"O desafio de António Costa às esquerdas portuguesas".

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Vamos então aguardar pela definição e concretização dos detalhes...


Baralhações

Gosto da Aldeia porque, apesar de muita coisa que lhe aconteceu nos últimos 25 anos, para mim, continua um lugar maravilhoso. 
Baralhou-se, quando quem mandou, julgou que a Aldeia podia ser o que não é
Daí em diante, algures num passado que remonta a 2009, vivemos numa selva ligeiramente racional...  

A vila do remedeio

Como se diz na Aldeia, “o futuro a Deus pertence”
Quer isto dizer, no fundo, que nada estará certo para amanhã. 
Como dizia Joaquim Namorado, devemos estar preparados para tudo, “até para comer merda com colheres de chá”
Nunca fui rico, também nunca passei fome – felizmente, como diria o velho Inácio da minha Aldeia, “a fome  também nunca passou por mim”
Portanto, o segredo tem sido encarar a vida de frente.
Sobretudo, acreditar e nunca desistir de lutar.
Saber viver, na abundância e na penúria, ser feliz com sol, frio ou com chuva, porque a felicidade não depende disso: a felicidade depende, a meu ver, da paz interior e do que fazemos da nossa vida
Como dizem na minha Aldeia, há aqueles que "só se lembram de S. Bárbara quando faz trovões"
Por isso é que a minha Aldeia não passou da cepa torta, pois tem sido uma vila de remedeio.