Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Uma árvore que pode não morrer de pé...


Via O Palhetas na Foz

O capitão sem medo


SALGUEIRO MAIA.
Militar, capitão de Abril: 1944-1992
Morreu aos 47 anos.
A História consagra-o como o maior exemplo de coragem da revolução de 25 de Abril de 1974.

A crise não pode servir para explicar tudo!

As forças de segurança precisam de mais e melhor apoio por parte do poder político. A Justiça tem de ser eficaz a investigar e “cega” a julgar e a aplicar as penas.
Isto, que acabei de ler no Diário de Coimbra não é admissível num País europeu!.. 
"PSP de Coimbra tem cerca de 40 viaturas paradas, a maior parte avariadas, sendo que 16 estão inactivas por falta de inspecção periódica. Um problema que se tem agravado por falta de verbas, segundo fonte da corporação. As mais de 20 viaturas avariadas esperam por peças e vão ficando cada vez piores à espera de verbas para arranjo. As que estão sem inspecção, ou não passaram no “exame” automóvel ou não há verbas para as levar a Lisboa. Há cerca de seis meses, em finais de Setembro, João Oliveira, da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), lamentava que as viaturas ao serviço da PSP de Coimbra tivessem de fazer a inspecção periódica em Lisboa, criticando custos que poderiam ser evitados, tanto em verbas usadas nas deslocações como em recursos humanos."

Rui Rio




"Se estivesse no Governo só por cima do seu cadáver é que a Caixa Geral de Depósitos (CGD) financiava a OPA à Brisa."
Um dos raros políticos a quem, apesar de nunca ter votado nele,  era capaz de comprar uma bicicleta em segunda mão...

terça-feira, 3 de abril de 2012

O navio-escola Sagres a sair a barra da Figueira

foto de Pedro Agostinho Cruz, sacada daqui
Actualização:

Atracado no porto da Figueira da Foz desde domingo, dia 1 de abril, o Navio-escola Sagres, que partiu hoje cerca das 14 horas,   recebeu a visita de 12.075 pessoas.
O emblemático navio da Marinha Portuguesa,  regressou à Base Naval do Alfeite, levando a bordo meia centena de alunos das escolas Joaquim de Carvalho e Infante D. Pedro.

Via O Figueirense

Eu sabia que este rapaz havia de ir longe...

Conheci o Carlos aí pelos finais dos anos setenta do século passado...
Era ele, ao que penso, membro do Partido Comunista, em Coimbra, era meu colega de Direcção no Sindicato dos Escritórios de Coimbra e membro do Secretariado da CGTP...
Soube que saiu do PC e foi para Plataforma de Esquerda...
Enfim, chegou ao PS e agora "quer ser candidato à CMC"...
O normal...
Felicidades Dr. Carlos Cidade.

A Figueira 100% e as tentativas de aproximação

Como certamente muitos ainda estarão recordados, no passado mês de Janeiro, o então líder da concelhia do Partido Social Democrata, Lídio Lopes, deu uma entrevista à Foz do Mondego Rádio, resumida no jornal As Beiras, onde tenta a aproximação à Figueira 100%.
Daniel Santos reagiu.
Entretanto, a tentativa de aproximação dos partidos políticos à Figueira 100% prosseguiu.
No passado dia 30 de Março, numa entrevista dada pelo Presidente da Concelhia do Partido Socialista ao mesmo programa da Foz do Mondego Rádio,  João Portugal afirma a intenção de estabelecer uma coligação com a Figueira 100%.
Registe-se a reacção oficial: "Figueira 100% diz não a coligações".

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Mais um...

Daniel Ramos foi afastado do comando técnico da Associação Naval 1º.  de Maio

Via A BOLA

Erosão costeira na Figueira?..

Praia a sul do quinto molhe


"Em alguns sítios não temos outra solução a médio prazo que não seja deslocar populações". Segundo o jornal Público, é o secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território que o admite, referindo-se ao crescente problema da erosão costeira em várias zonas do país e à progressiva elevação do nível do mar motivada pelas alterações climáticas.

Erosão costeira na Figueira?...  Para já,  existem outras preocupações prioritárias:  a onda, o surf, o negócio…

Tenhamos esperança: um dia ainda hão-de ser as pessoas.

Para que se deram ao incómodo de aprovar o novo Código do Trabalho?..

Com o anterior era sempre a aviar…
"Portugal chegou ao final de Fevereiro com uma taxa de desemprego de 15 por cento"!..

Oh Rui, o amor é lindo!..

E cartas de amor, quem as não tem?..  

Coisas que nos faziam viver acima das nossas possibilidades!..

"A crise está a afectar, em muito, a venda de comprimidos para a disfunção eréctil."
 Pronto, a crise chegou a todo o lado...
É mais barato parar com o sexo do que fazê-lo!..

Brincadeira de 1º. de abril...

domingo, 1 de abril de 2012

Navio-escola Sagres está na Figueira

foto de Pedro Agostinho Cruz, sacada daqui
O navio-escola Sagres tem 50 anos ao serviço da Marinha Portuguesa e 75 anos de vida.
Chegou hoje à  Figueira da Foz, onde permanecerá  até ao próximo dia 3.
Durante a estadia no porto da nossa cidade,  o navio poderá ser visitado pela população.
No âmbito desta visita, ainda vão decorrer as seguintes iniciativas.
Hoje: 
Inauguração da exposição de fotografia “Rotas do Futuro” - Local: Casino da Figueira da Foz.
Amanhã:
A Sagres no ciclo de conferências “Re…descobrir o Mar” - Local: Casino da Figueira da Foz.

X&Q1103


“A Figueira vive de memórias carregadas de naftalina dos vestidos de chita”...



Vítor Jorge, candidato em 2001 à presidência da Câmara Municipal da Figueira da Foz, pelo Partido Socialista.

Via O Figueirense

Este ano o 25 de Abril não vai ter comemorações oficiais


Segundo fonte fidedigna, este ano, Governo e Presidente da República acordaram não promover cerimónias comemorativas do 25 de Abril de 1974.
Tal ficou a dever-se, no essencial, ao facto de muitos deputados terem exigido o pagamento da sua presença nas cerimónias que estavam previstas, como trabalho extraordinário!..
“Com a actual crise, quem é que trabalha um feriado que, ainda por cima, calha à quarta feira, à borla?” - foi ouvido a reclamar na passada sexta feira, ao fim da manhã, um deputado da maioria, que preferiu não dar o nome por temer represálias. Próximo, encontravam-se outros deputados, que asseguraram que os mandatos deles apenas contemplavam horas de trabalho na terça e na quinta, desde que não sejam feriados…
«Quando se trabalha bem e a sério à terça e à quinta, não é preciso trabalhar nos outros dias», foi ouvido igualmente na passada sexta feira em S. Bento.
O Presidente da República, que, como sabemos, nem ordenado recebe, está, mais uma vez,  solidário e em consonância com o actual governo.
Sendo assim, este ano, o 25 de Abril vai juntar-se aos 4  feriados que o governo português, em nome da crise, eliminou em 2012.
A saber: Corpo de Deus – 7 de Junho (quinta-feira, feriado móvel); Nossa Senhora da Assunção – 15 de Agosto (quarta-feira); Implantação da República – 5 de Outubro (sexta-feira); Restauração da Independência – 1 de Dezembro (sábado).

Bom domingo