quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Pois, pois...

imagem sacada daqui Cá estão as previsíveis "pressões e ameaças"...

X&Q724


Envergonha e deveria fazer pensar

Duarte Silva, a cerca de mês e meio do final do segundo mandato à frente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, encontra-se claramente em dificuldades.
Sem Paulo Pereira Coelho e sem José Elísio, perdeu a maioria de que dispunha.
Como se vê, maioria absoluta, não é garantia de estabilidade governativa.

Verdadeiramente chocante, em mais este caso da maioria PSD, é que, casos destes, já não chocam ninguém. Nem quem os perpetra , como desta vez, Duarte Silva e José Elísio, nem quem deles tem conhecimento – o concelho.

Todavia, isto é grave, e é o resultado de um sentimento instalado por um executivo e por um Partido que, continuadamente durante quatro anos, não respeitou os seus eleitores e os habitantes do concelho da Figueira da Foz, não se respeitou a si próprio, patrocinando e avalizando episódios, mais ou menos burlescos, que de tantos e tão absurdos, acabaram por enformar a razão plausível daqueles que hoje dizem, à boca cheia, que a Figueira é um concelho desgovernado.
Este lamentável episódio poderá passar rapidamente ao esquecimento. Mas que envergonha e deveria fazer pensar, lá isso é verdade.
Estes últimos quatro anos de presidência do eng. Duarte Silva, mais do que um revés para o PSD local, constituíram um revés para o desenvolvimento da Figueira da Foz.

Dia mundial da fotografia

A fotografia é um fragmento “recorte” da realidade. Esta implica sempre uma selecção, ou seja, existe sempre uma parte incluída e excluída.
O meu maior desafio na arte de fotografar tem por base o olhar, isto é, tento quebrar com as percepções solidificadas pelo constante contacto visual do meio envolvente, seguindo a velha máxima de Henri Cartier- Bresson “Fotografar é colocar na mesma linha de mira, a cabeça, o olho e o coração”.
Só isso…

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Mosteiro de Seiça


Ontem, em plena reunião camarária, foi entregue na câmara, uma petição popular em defesa do mosteiro de Seiça com 1.218 assinaturas.
Duarte Silva, na oportunidade, disse que não consegue encontrar investidores. “Temos tentado encontrar pessoas interessadas em recuperar o imóvel, mas ainda não encontrámos um projecto que vá de encontro ao que se pretende”, declarou o presidente da câmara.
A oposição discorda que o edifício, anterior à nacionalidade, possa vir a ter uma utilização comercial, como admite Duarte Silva.
Perante mais esta visão economicista de Duarte Silva, concordo com Fernando Campos: “mal por mal, deixem os vestígios do passado entregues ao tempo e ao seu labor competente.”

Forças do bloqueio

A insustentável contradição

(Para ampliar, clicar por cima da imagem)

aF57


Pois, “são as obras que fazemos”!... (II)

Quem, como o eng. Duarte Silva, afirma ter lutado tanto pela obra de prolongamento do molhe norte, bem podia ter feito mais um esforço, para tentar prevenir os “efeitos negativos que a obra está a ter na onda do Cabedelo” e na “erosão costeira da margem sul do Mondego” .

Pior, teria sido possível?


segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Daniel Santos oficializou candidatura

"O movimento "Figueira 100%" formalizou hoje, segunda-feira, 17 de Agosto, pelas 15 horas, a sua candidatura com a entrega das listas à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e 11 Assembleias de Freguesia do Concelho".
Amanhã, terça-feira, 18 de Agosto, pelas 18 horas, vai realizar-se uma conferência de imprensa no recém inaugurado "Espaço 100%", sito no Picadeiro, Bairro Novo, para fazer o ponto da situação das actividades desenvolvidas pelo movimento e dar conta do percurso percorrido até ao momento."
(Foto e informação sacada daqui)

A Figueira esquizofrénica

X&Q723




Figueira, um concelho cada vez mais pobre

foto de Pedro Cruz As candidaturas às próximas eleições autárquicas, que se realizam a 11 de Outubro, apresentam hoje as listas, no último dia do prazo.
Pelo andar da carruagem, e não querendo ser pessimista, não tenho muitas dúvidas de que a campanha das autárquicas, na Figueira, não vai ser marcada pelo debate e esclarecimento dos problemas, sérios e reais, com que se debate um concelho colocado pelo PS e PSD no estado que todos conhecemos.
Não querendo ser pessimista, estou em crer que a realidade local, infelizmente, tenderá a levar a política para uma gritaria histérica, o que vai impedir o concelho de pensar.
Isso, a acontecer, só nos tornará ainda mais pobres…
Em verdade vos digo: gostaria de estar completamente errado.

domingo, 16 de agosto de 2009

A Gaivota

X&Q722


Consciência e reputação

foto de Pedro Cruz


Sempre me preocupei muito mais com a minha consciência do que com a minha reputação.
E, o motivo, é extremamente simples.
A minha consciência, é o que eu penso de mim.
A minha reputação, é o que os outros pensam de mim.
E, isso, é problema deles.

O jogo do medo


"Um líder que retalia opositores e se vinga de quem lhe faz críticas é um ser fraco".


São Pedro é uma festa

São Pedro é uma festa,
uma vila sem igual.
Não há vila como esta,
em ano eleitoral.

sábado, 15 de agosto de 2009

Seiça, um convento abandonado

foto Alex Campos
Seiça, a região e o mosteiro, é um blogue que nos conta "a história do Convento de Santa Maria de Seiça, através dos séculos."
Cheguei lá através do Aldeia Olímpica.
Neste post, Maria Rosa Anttonen, coloca duas questões pertinentes.
"Porque foi o Paço de Tavarede completamente recuperado e o Convento completamente abandonado?
Porque houve dinheiro para um e o outro foi completamente esquecido e está em absoluta degradação?"
Na próxima segunda-feira, dia 17 de Agosto, na sessão de Câmara Municipal, será entregue um abaixo-assinado no sentido de sensibilizar as autoridades para a necessidade de reconstrução do Convento de Santa Maria de Seiça.