Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley
A apresentar mensagens correspondentes à consulta campeão mundial em atletismo ordenadas por relevância. Ordenar por data Mostrar todas as mensagens
A apresentar mensagens correspondentes à consulta campeão mundial em atletismo ordenadas por relevância. Ordenar por data Mostrar todas as mensagens

domingo, 27 de maio de 2012

Deporto nacional: o futebol e os outros, mesmo que se sagrem campeões mundiais!..

Os Campeões no pódio. Foto sacada daqui
No fim de semana passado, no decorrer do 2º Campeonato do Mundo de Atletismo IAADS, que decorreu no Estádio João Paulo II em Angra do Heroísmo – Açores, Portugal sagrou-se campeão mundial. Os atletas nacionais conseguiram 30 medalhas: 9 de ouro, 12 de prata e 9 de bronze.
O feito passou despercebido a nível da comunicação social nacional.
Este fim de semana, o Clube de Pesca "A Robaleira", venceu o 20º Campeonato do Mundo de Clubes de Pesca de Costa, que se realizou em França.
O feito passou igualmente despercebido a nível da comunicação social nacional.
Nem de propósito. Estava a pensar nisto, quando me deparo no facebook com um texto de Carlos Marinho Pinto, pessoa que não conheço, em defesa da sua dama, a pesca deportiva, com o qual não poderia concordar mais.
Passo a citar:

“DE VEZ ENQUANTO GOSTO DE ESCREVER UMAS COISAS SENTIDAS, TENDO EM CONTA E EM CONSCIÊNCIA QUE NÃO SOU O DONO DA VERDADE.
O FACTO DE A EQUIPA "ROBALEIRA CLUBE DE PESCA DE COMPETIÇÃO" E O CAP DE FARO ESTAREM PRESENTES NO XX CAMPEONATO DO MUNDO DE CLUBES DE SURFCASTING EM MIMIZAM - FRANÇA ONDE A PRIMEIRA SE SAGROU CAMPEÃO DO MUNDO, LEVA-ME A ESCREVER MAIS UMA VEZ SOBRE O ASSUNTO.
ONTEM DEPOIS DE TER ASSISTIDO À PROVA DA 1ª DIVISÃO REGIONAL DA ARPDA FUI CONVIDADO A JANTAR A CASA DE UM AMIGO PESCADOR QUE JÁ NÃO O VIA HÁ UNS ANITOS E QUANDO LHE DEI A NOVIDADE SOBRE A ROBALEIRA SE SAGRAR CAMPEÃ DO MUNDO ESTIVEMOS PREGADOS À TV ASSISTINDO A TODOS OS TELEJORNAIS ATÉ À UMA DA MANHÃ E NADA SOBRE O ASSUNTO. 
O QUE ASSISTIMOS PARA MAU GOSTO, ERA SÓ SOBRE A SELECÇÃO DE FUTEBOL TENTANDO JUSTIFICAR O EMPATE DO JOGO REALIZADO CONTRA UMA EQUIPA EU DIRIA "DO SEGUNDO MUNDO NO QUE TOCA A FUTEBOL" NUM JOGO QUE POR IMAGENS QUE VI EM RESUMO FOI UMA AUTÊNTICA VERGONHA.
O QUE EU ACHO E JULGO SER DA MAIS ELEMENTAR JUSTIÇA É DAR O VERDADEIRO VALOR À PESCA DESPORTIVA QUE DEVE SER A VERTENTE DESPORTIVA DAS QUE MAIS TEM CONTRIBUÍDO PARA LEVANTAR MAIS VEZES A PORTUGUESA BEM ALTO E TRAZER PARA CASA TAÇAS E MEDALHAS.
O FUTEBOL NEM QUE VENHA NO PRIMEIRO OU SEGUNDO AVIÃO SEM NADA GANHAR E EM ALGUNS CASOS ATÉ É UMA TRISTEZA A SUA PRESTAÇÃO TEM TODA A IMPRENSA DURANTE SEMANAS A FALAR DO ASSUNTO. DEPOIS TEM CONVITES DE HONRA PARA UM ALMOÇO EM BELÉM, ENTREGA DE MEDALHAS DO INFANTE NÃO SEI DOS QUANTOS E O TREINADOR AINDA É ELEITO A COMENDADOR.
É AQUI QUE EU QUERO CHEGAR E NÃO VOU FALAR DOS CASOS PASSADOS MAS DO ACTUAL.
UMA VEZ MAIS PORTUGAL É CAMPEÃO DO MUNDO DE PESCA DESPORTIVA NA VERTENTE DE SURFCASTING ATRAVÉS DA EQUIPA "ROBALEIRA CLUBE DE PESCA DE COMPETIÇÃO", JÁ NÃO FALO DA IMPRENSA, PORQUE CONSIDERO UMA CASO PERDIDO. MAS TAL COMO NO FUTEBOL, ESTES LUSITANOS CAMPEÕES MERECEM EFECTIVAMENTE E COM TODA A JUSTIÇA SEREM RECONHECIDOS PELAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS PELO SEU FEITO. 
ESPERO PARA VER SE O TAL RECONHECIMENTO MERECIDO VAI ACONTECER PELA JUNTA DE FREGUESIA, CÂMARA MUNICIPAL, GOVERNO, PRESIDÊNCIA, UMA MENÇÃO HONROSA POR PARTE DA ASSEMBLEIA DA REPUBLICA, E NO CASO MAIS CONCRETO PELA TUTELA DO DESPORTO.
JULGO QUE ESTES LUSITANOS MERECEM EFECTIVAMENTE O RECONHECIMENTO POR PARTE DO GOVERNO, SEREM CONVIDADOS PELA PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA PARA UM JANTAR DE HONRA E SER-LHES ATRIBUÍDA A MEDALHA ESTA SIM, COM TODO O MÉRITO PORQUE ELES SÃO VERDADEIROS CAMPEÕES. NÃO ESQUECENDO O GRANDE CAMPEÃO E CAPITÃO DE EQUIPA DE LHE SER ATRIBUÍDA TAMBÉM A ORDEM DE COMENDADOR.
O QUE AQUI ESCREVO, NÃO SEI SE É SÓ POR ME SENTIR DESILUDIDO COMO A FORMA COMO OS NOSSOS GOVERNANTES E OS MEDIA TEM OLHADO PARA A PESCA DESPORTIVA BEM ASSIM, COMO A TUTELA DO DESPORTO, O QUE SEI É O QUE ME VAI NO CORAÇÃO DE QUANTA TRISTEZA SINTO DE VER A PESCA DESPORTIVA SEMPRE ESQUECIDA MESMO PERANTE OS SEU FEITOS MAIS NOBRES.
UM ABRAÇO PARA TODOS.”

domingo, 20 de maio de 2012

Campeonato do mundo de atletismo para atletas com síndrome de Down orgulhou Portugal e os Açores e promoveu a solidariedade

foto da delegação portuguesa na cerimónia de abertura sacada daqui
Os media nacionais  passaram  ao lado do acontecimento, mas a verdade é que se realizou em Portugal o 2º Campeonato do Mundo da IAADS. 
As provas decorreram ente 17 a 19 deste mês, em Angra do Heroísmo, Açores. Participaram 13 países de 4 Continentes com cerca de 100 atletas, que mostraram que o Atletismo para atletas com Trissomia 21 e Mosaicismo está numa etapa de grande expansão e desenvolvimento.
Portugal esteve representado por um total de 15 atletas, a saber: Jennifer Nogueira, João Machado e Luís Gonçalves (Clube CERCIFAF), Nélson Silva e a capitã Susana Castro (Clube CERCIGUI), Helena Soares (AICIA-Arouca), Milene Patrocínio (APERCIM-Mafra), o capitão e porta-estandarte Bruno Leitão (APPACDM-Santarém), Rui Sousa (APPACDM-Coimbra), Elsa Taborda (APPACDM-Matosinhos), João Gregório e Paulo Henriques (CASCI-Ílhavo), Francisco Gouveia (CD “Os Especiais – Madeira), Ricardo Pires (MAPADI-P.Varzim) e Maria João Silva (SCM – Madalena Pico).
Na foto sacada daqui, Maria João Silva, no pódio. Conseguiu  o ouro
 por ter  batido o recorde do mundo na prova dos 1  500 m marcha 
Hugo Silva chefiou a delegação, que foi ainda composta pelo selecionador nacional José Costa Pereira, pelos coordenadores técnicos Rui Alecrim e Egídio Bernardes, pelos treinadores Anita Costa, Carla Tomás, Joana Agostinho e Maria Manuela Machado, e pela técnica auxiliar desportiva Ana Paula Afonseca.
A nossa selecção teve um comportamento brilhante, PORTUGAL FOI CAMPEÃO DO MUNDO NOS AÇORES!, mas isso passou completamente despercibido nos media nacionais.
Recorde-se, que o primeiro Mundial de Atletismo para pessoas portadoras de Síndrome de Down, se realizou há dois anos, no México.
Este evento, veio dar resposta a uma antiga reivindicação dos vários agentes ligados ao desporto na deficiência intelectual, que reclamavam há muito a criação de uma competição própria para os atletas com Trissomia 21, dada a especificidade da sua anomalia genética, que até então competiam em clara desigualdade, inseridos nas restantes categorias da deficiência intelectual. Portugal esteve na vanguarda desse movimento e o prémio pela dedicação da ANDDI (Associação Nacional do Desporto para a Deficiência Intelectual), foi a atribuição a Portugal, da realização dos segundos Campeonatos do Mundo de Atletismo Síndrome de Down, que tiveram lugar, na Ilha Terceira, nos Açores.
Pena foi a quase ineixistente cobertura mediatica dos órgão de comunicação portugueses. 
Apesar de Portugal se ter sagrado Campeão do Mundo!...


Nota final: 
Todos os pormenores sobre 2º Camp. Mundo ATLETISMO S.Down IAADS - AÇORES, POR 2012, aqui.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Paulo Henriques, um verdadeiro Campeão


Na foto sacada daqui, estão, da esquerda para a direita, Paulo Henriques, Joana Agostinho (treinadora) e João Gregório. Fizeram parte da equipa portuguesa que participou no 2º Campeonato do Mundo de Atletismo IAADS, que decorreu no Estádio João Paulo II em Angra do Heroísmo – Açores, certame em que  Portugal se sagrou  campeão mundial por equipas.
Na sexta feira passada, o programa Praça da Alegria, da RTP1, referiu-se ao assunto. O vídeo, que pode ser visionado clicando aqui (ver a partir do minuto 25) merece ser visto com atenção (são cerca de 15 minutos), pois constitui um testemunho de garra e de força de viver de um jovem diferente, por ser, na realidade, um verdadeiro campeão: na vida e no desporto.
Parabéns Paulinho!