.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 30 de junho de 2012

Saudades do rio da minha Aldeia


Quando me aproximo da Gala, vindo do sul pela 109,  é um deslumbramento e um espectáculo visual único, vê-lo surgir a seguir à entrada da zona industrial, mesmo depois de passar a curva do cemitério.
Esse momento, depois de cada ausência, emociona-me.
Olhar para o rio da minha Aldeia e ver, mais uma vez, as  suas águas que carregam tantas lembranças da minha meninice - o tempo  em que não havia impossíveis, o tempo em que todos os desejos ainda podiam ser realidade -,  é sempre um momento único e inolvidável para mim..
Não me digam que tem pouca água,  que está assoreado, que não é navegável, que está poluído, que seria melhor se tivesse isto ou aquilo...
Nada disso me interessa. Será sempre o rio da minha Aldeia.
É sábado, mas já suspiro por segunda feira próxima,  para poder ver de novo o meu rio – o braço sul do  Mondego.

Ponto da situação...

Sacado daqui

Victor Sacramento: o primaço…


Conheço-o desde que tenho memória.
É primo direito do meu Pai, meu segundo primo, portanto.
Desde miúdo que me cumprimenta  da mesma maneira – “então primaço Tó…”  
E, ultimamente, logo a seguir: “como vai a tua Mãe?..”
Ainda hoje,  o "Querido avô" do Pedro Rodrigues continua uma figura, como, aliás,  a foto do Pedro Agostinho  Cruz,  fielmente retrata:  “alto; cabelo branco, literalmente, como a neve; forte como um touro - um homem do mar à moda antiga. Daqueles que já não se fazem”!.. 
Hoje,  as rugas do rosto e o preto que  veste (desde que lhe morreu a companheira de sempre,  não admite mais nenhuma cor no seu corpo),  são as chagas de uma  vida…
Nunca lho disse, mas, fica escrito, pois um blogue também serve para isto: gosto muito deste primaço!..

X&Q1115


“A angústia do avançado perante o guarda redes no momento da marcação do penalti ”…


Nos dias que passam,  na pátria  do futebolês,  esta é das expressões que   parecem  fazer cada vez mais sentido.
Fora do futebol, como é evidente...

sexta-feira, 29 de junho de 2012

S. Pedro da Cova e Gala (II)

Fotos da Missa no Dia do Padroeiro, aqui.

Já que o Álvaro mostrou ter bebido chá em pequenino, para a outra vez, não se esquecem dos pasteis de nata para o convívio?... Eu não posso muito, mas posso arranjar meia dúzia…


O “Ministro da Economia insultado e travado na Covilhã”
Veja o vídeo.
 Álvaro Santos Pereira, classificou como "legítima" a manifestação contra o Governo que enfrentou na Covilhã e assegurou que o Executivo tem intenção de "manter um diálogo social muito grande".

Restauração pede a demissão de Isabel Cardoso

Em conferência de imprensa, realizada na passada terça feira, o grupo de trabalho do «Figueira Com Sabor a Mar» pediu a demissão de Isabel Cardoso do cargo de administradora da Figueira Grande Turismo (FGT) e vereadora da Câmara Municipal da Figueira da Foz (CMFF).
De acordo com o porta voz do grupo, Mário Esteves, Isabel Cardoso tem “demonstrado uma total ignorância do que é o setor do Turismo figueirense”, criticando a “falta de organização, ou talvez mesmo a incompetência para dirigir uma área tão importante” como o turismo.
“A falta de políticas por parte do pelouro do Turismo da Câmara tem sistematicamente contribuído para o desmoronamento do turismo figueirense”, destacou Mário Esteves, acrescentando que “neste momento o elenco camarário, satirizando, mais parece um conjunto de quintinhas, onde cada um gere à sua maneira, sem a coordenação de um feitor responsável”.
Contactada pel’O Figueirense, Isabel Cardoso não quis prestar qualquer declaração,  mas, há quem entenda "que a restauração local mais do que o bota-abaixismo permanente e inconsequente deveria pugnar pela qualidade, pela fixação de um produto atractivo e de referência e estudar formas de se associar aos eventos locais como a Feira das Freguesias ou a Festa da Sardinha."   


Via O Figueirense

Um país a arder!...

Será que o  portátil de
 Luís Ribeiro,
o juiz do
 processo  principal do caso
 BPN, 
 continua a ser o
 que estava
 
ultrapassado?

A importância do futebol!..

“As taxas de juro cobradas pela dívida da Espanha e da Itália caíram hoje em força… Os líderes europeus estiveram reunidos durante a madrugada por exigência da Espanha e da Itália, tendo chegado a acordo sobre medidas de curto prazo que Madrid e Roma reclamavam para desbloquear outro dos pontos principais da agenda, um plano de medidas para o crescimento de 120.000 milhões de euros.” 
Quem duvidava da importância do futebol, com esta notícia, fica de queixo completamente caído!..

Passos que se cuide, andam a tirar-lhe o tapete...


Marcelo Rebelo de Sousa...
«Se fosse primeiro-ministro fazia tudo para alongar o prazo»...

Conseguiu convencê-los que era árbitro...

Relvas, "até já sabe a equipa que Portugal vai levar em 2014 ao Brasil"!.. É um orgulho Portugal ter um ministro como Relvas!



Via Aspirina B

S. Pedro da Cova e Gala

A Festa começou ontem. As primeiras fotos podem ser vistas aqui.

O Estado costuma ser a primeira opção! Mas, as excepções também acontecem. Aqui está uma delas…

"Durante dois anos Ana Moura, vogal da comissão política do PSD de Setúbal, fingiu que pagava as rendas da antiga sede social-democrata, em Almada. Os 600 euros mensais foram sempre saindo da conta do partido, mas nunca chegaram às mãos da senhoria. Os cheques eram passados pela dirigente que depois os depositava na sua conta pessoal.
O partido não desconfiou de nada. Fontes ligadas ao PSD de Almada, que está a fazer uma averiguação interna, revelaram ao SOL que há também suspeitas de que as facturas da electricidade e da água nessa sede do partido tenham tido o mesmo destino. No total, o PSD terá sido lesado em mais de 30 mil euros.”


Ana Moura, de 49 anos, que até às eleições legislativas de 2011 foi vice-presidente do PSD Almada, estava a trabalhar no gabinete da secretária de Estado do Tesouro. Esta terça-feira, Maria Luís Albuquerque aceitou o pedido de demissão da sua secretária pessoal, que conheceu durante a campanha eleitoral e contratou, logo após a vitória, por 1.882,76 euros mensais."

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Não insultem o homem...

Lido no Expresso: "Berlusconi considerado inocente"... 
Chamem-lhe todos os nomes: agora, "inocente" é que não...

No país da bola ao poste (V)

«Avião mata jovem milionário».
Um pequeno avião de instrução falha o voo e cai, matando os dois ocupantes. Um, é o instrutor. O outro é o aluno de pilotagem, ao que dizem, filho de alguém cheio de dinheiro.
O outro, o mais pobre, é morto duas vezes. Uma pelo avião... e outra, pelo abjecto e quase automático servilismo dos media para com os mais ricos. Estamos todos os dias a ver exemplos como este, de como décadas e décadas de adoração do “deus-dinheiro” podem transformar uma boa parte de um país e da sua comunicação social... numa estrumeira.

No país da bola no poste (IV)


Agora é que vão ser elas!..
Enquanto o gamanço, nos salários e nos  subsídios, atingiu apenas  os cerca  de 500 mil da  Função Pública, foi-se andando, com mais ou menos contestação…
Entretanto, passou  a imagem que interessava: Portugal é um país de mansos…
Como era de calcular, também aqui a bola bateu no poste e ficámos nas meias finais….
Incluindo a mim e a si que está a ler isto!..
Vai ser o o princípio do fim de Passos e seus muchachos…
Não digam que não avisei…
A muitos, eu incluído, gamaram tudo o que tinham a gamar… 
Reforma incluída.
Portanto, no que depender de mim, estão "feitos ao bife": guerra é guerra!..
Quando acertarem contas com os gajos que lixaram  Portugal, virem-se então para mim, que em 58 anos que levo de vida, nunca prejudiquei ninguém…
Entretanto, vão para a “troika” que os pariu…

O país da bola no poste (III)


São gente competente, etc. e tal…
São inteligências com currículos  magníficos, do melhor do mundo e arredores…
Curiosamente, porém, só vão para os lugares  quando os seus partidos estão no poder.
Exemplos…
No País…
Alguns,  ao acaso. No passado recente:  Vitor Constâncio, Fernando Gomes, Armando Vara… Mais recentemente: Catroga e Arnaut…
Na  Figueira?..
Também há... Ou se há!..
No passado recente e mais recentemente…
Naturalmente.

O país da bola no poste (II)


Ontem, “vivi” uma diferente…
Embora com o televisor ligado, acompanhei o Portugal/Espanha  pelo facebook, a partir dos 90 minutos da partida.
Fiquei estarrecido com a histeria!..
Então , essa  do  “orgulho em ser português", é de bradar aos céus!..
As pessoas nem se apercebem…
Só um um péssimo português deixaria de ter orgulho no seu país por perder um jogo de futebol!..
Será  que estou errado?..

O país da bola no poste...

Ser português está ainda mais complicado.
O resto do mundo não pensa que os Portugueses são especiais, diferentes,  bem-educados, antigos, espertos, desenrascados, inteligentes e um caso sério a jogar futebol.
E como isto de jogar futebol é tão importante para Portugal!..
Cavaco Silva, por exemplo, no espaço de poucos dias veio lembrar isso mesmo aos portugueses…
Depois de o ter feito no dia 17, hoje voltou à carga!
Todavia, ser português não é nem a sorte com que sonhamos, nem o azar futebolístico com que vamos azedando…
Ser Português, para mim é outra coisa: é poder continuar a trabalhar,  é  poder continuar a falar e a pensar em voz alta, é poder continuar a ter um coração mole... Ser português é continuar a acreditar que a vida seria pior se fosse suíço, belga, espanhol, francês, alemão, sueco...
A partir de hoje voltamos à realidade. Os políticos vão voltar ao discurso da modernidade, do desenvolvimento, da mudança… 
Os poetas vão continuar a sonhar com um um país que se diz já ter existido… 
Continuar, é uma tarefa delicada, mas urgente… 
O futebol é apenas um desporto que se joga, essencialmente,  com os pés...
Temos de deixar de ser um país de azares. O país da bola no poste...
Força Portugal!
O Mundial de 2014 está à porta...

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Os Rodriguinhos


Selecção portuguesa fora do Euro 2012

Força Portugal!
Ao trabalho, amigos, ao trabalho...

Tudo sob controle para daqui a pouco: Portugueses não vão temer o árbitro!


Gilberto Madaíl não gostou que a UEFA tivesse nomeado o árbitro turco Cuneyt Çakir para o Portugal-Espanha, mas não se mostrou preocupado.
"Os jogadores não podem entrar em campo com medo. Têm de fazer o seu trabalho e esperar que o árbitro também o faça" disse, ontem, ao CM, o antigo presidente da FPF.
A 3 horas do início do Portugal/Espanha, os portugueses podem estar tranquilos. Para o que der e vier,  "Paulo Pereira Cristóvão já depositou umas milenas na conta do turco que não é de confiança..."  
Se Portugal for roubado, Pereira Cristóvão diz que os portugueses podem acusar o árbitro de corrupção e avisar as autoridades para irem vasculhar a conta dele. 
Depois disso, ou se lixa o árbitro turco ou Pereira Cristóvão!

Força Portugal!.. (XXXIII)


"Mira, mira, es Ronaldo otra vez. Mé vai a fintar. Socorro"... 
 Jogador espanhol em delírio, depois de 6 dias de pesadelo!..

X&Q1114


Apontamento dos dias que passam…

Quando regressámos pela mesma rua, tirei uma moeda do bolso e ofereci-a ao homem enquanto dizia: “sabes filha, como aquilo que o senhor precisa pode demorar a chegar, é melhor ajudar-mos já”…

António Jorge Pedrosa, no jornal AS BEIRAS
Para ler  texto completo, clicar aqui.

Vacuidades...


Disse.
E acrescentou.
Como se sabe, o PS absteve-se na votação da moção de censura apresentada pelo PCP.
Interrogado pelos jornalistas,  se o PS admite apresentar uma moção de censura caso o Governo avance com novas medidas de austeridade, António José Seguro respondeu que não fala sobre cenários!...
Seguro, o da “austeridade inteligente”,   ignora, pelos vistos, aquilo que quase todos sabemos: o caminho do governo do Passos Coelho, seria o percorrido por ele, se não estivesse na oposição…
Ou Seguro pensa que todos somos parvos e não sabemos que a dele (“austeridade inteligente”,  nuns dias, noutros a “austeridade moderada”), a aplicar aos portugueses,  não teria um critério tão lato e abrangente que iria do zero ao infinito?..

Força Portugal! (XXXII)


"Mira, mira, es Ronaldo otra vez. Mé vai a fintar. Socorro"
 jogador espanhol, com pesadelos nocturnos, de há 6 dias a esta parte...

terça-feira, 26 de junho de 2012

Prestação de serviços...

Azares...

foto sacada daqui
Ricardo Rodrigues, o deputado do PS que furtou os gravadores aos jornalistas da Sábado durante uma entrevista foi condenado pelo tribunal a 110 dias de multa de 45 euros por dia, o que perfaz um total de 4950 euros. 
Ricardo Rodrigues foi considerado culpado no caso do roubo dos gravadores aos jornalistas da revista Sábado e foi condenado pelo crime de atentado à liberdade de imprensa e um crime de atentado à liberdade de informação.
O deputado nunca deixou de se apoiado pelo partido (incluindo o impoluto Francisco Assis...) e foi o cabeça de lista do PS pelos Açores na últimas eleições
Nesta legislatura, foi escolhido pelo PS para o Conselho Geral do Centro de Estudos Judiciários e membro da Comissão Parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, na condição de suplente.

Verdades



Ontem, no decorrer do debate no parlamento para discutir a moção de censura do PCP,  Pedro Passos Coelho disse mais ou menos isto (ver vídeo):  o povo soberano" nunca escolheu o programa eleitoral do PCP.
Verdade. Ponto final.
Mas…
E  o seguinte senhor primeiro ministro?..
No último acto eleitoral, o  "povo soberano"  pensou estar a escolher o programa eleitoral do PSD,  pelas promessas que foi ouvindo durante a campanha eleitoral, amplificadas por uma fantástica  máquina de propaganda, mas não escolheu o programa deste Governo liderado por Pedro Passos Coelho.
Verdade. Ponto final.

Coisas que a maioria dos cidadãos e cidadãs deste país desconhecem, o que tem dado um jeitão aos governos...

"Os contratos de parceria público-privada constituem acordos calamitosos. Neste modelo de negócio, os riscos correm sempre por conta do Estado, mas os lucros estão inevitavelmente garantidos aos privados."


Paulo Morais, Professor Universitário, hoje na sua coluna de opinião no Correio da Manhã

"Ainda há sectores com margem de manobra para mais austeridade", disse o man abaixo...

 Fernando Ulrich, presidente do BPI

Olha a novidade!
Então,  eu não sei que há bolsos onde a crise ainda não chegou... 

Quanto mais não vale ser português e teso...


Passos no facebook

* Sem comentários!.. 
A não ser os que, porventura, os nossos leitores queiram enviar...

Futebol português nas meias finais?..

A Liga de Clubes anunciou através de comunicado, que V. Setúbal, V. Guimarães, Olhanense (da I Liga) Leixões, Belenenses, Naval, Trofense, Atlético e Desp. Aves (Liga de Honra) não têm regularizada a situação contributiva perante o Fisco, conforme é exigido pelos regulamentos.
De acordo com o artigo 53.º alínea cinco do regulamento das competições, os clubes em questão não têm a situação contributiva regularizada perante a Administração fiscal e Segurança Social, pelo que não podem inscrever jogadores e utilizar atletas já contratados até que regularizem a situação.
Os nove clubes podem alterar esta situação desde que paguem aquilo que devem.

Via A BOLA
* Sem comentários!..
A não ser os que, porventura, os nossos leitores queiram enviar...

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Dr. Luís Melo Biscaia, um Senhor. Na Figueira e no País...

Um texto maravilhoso a ler clicando aqui, onde está patente a sensibilidade de sempre do Dr. Melo Biscaia!

Nota:
A foto foi "abusivamente" sacada daqui.
Espero que o "abuso"  seja entendido e desculpado, pois a minha intenção foi apenas prestar uma homenagem sentida ao dr. Luís Melo Biscaia, um Senhor, na Figueira e no País, por quem desde há muitos anos tenho um grande apreço e enorme admiração.

Sinto que ainda falta qualquer coisinha…


Contrariando o que disse Passos Coelho em fevereiro de 2101, o PSD estava mesmo  cheio de vontade de ir ao pote.
Li a notícia e estranhei: será que para o “pai” Ângelo não vai nada, nada, nada?.. Ou será, que ainda falta qualquer coisinha?..
Olhem lá… 
É que a vida custa a todos e "a tributação já penaliza mais os ricos do que os pobres"!

A política “figueirinhas”…



 “O EXECUTIVO COXO (ou da super abundância à escassez)”, uma “estória” quase inacreditável do “figueirense-porreirismo”, contada pelo eng. Daniel Santos...

A própósito “dos meus exageros”…


Este post que publiquei ontem,  teve imenso feedback…
Houve quem gostasse e houve quem achasse que exagerei…
Houve   “coirões políticos” , que ficaram  incomodadas com aquilo que dizem ser “os meus exageros”!..
Estão no  seu pleníssimo direito e não serei eu a contestar a sua douta opinião.
Pena, ser a coberto do anonimato…  Mas,  isso,   é  outro filme…
Tal como Thomas Bernhard, considero que  dizer alguma coisa é sempre um exagero.
Por isso, todos   aqueles “coirões políticos”  que acham que exagero no meu post de ontem, também estão  a exagerar…
Estamos quites?..
Ou querem com mais molho?

Encavacado…

Solidariedade europeia

domingo, 24 de junho de 2012

A noite do S. João da Figueira "em balanço"

Qualquer pessoa,  que alguma vez se tenha deslocado à Avenida 25 de Abril para assistir ao desfile das marchas populares de S. João, sabe que...
O S. João da Figueira
tornou-se uma pasmaceira…
Tem  frio, marchas, fogo e balões
 e “tempos mortos” para coçar os colhões!

Já qualquer politico da situação, que vá para a tribuna, instalada para o efeito na Avenida 25 de Abril, assistir ao mesmo desfile das marchas populares de S. João, tem outra opinião...
Para um politico no activo
o S. João da Figueira
corre sempre “à maneira”

                                                                                Já agora em jeito de conclusão:
                                           mas, que raio, mas que chatice!
                                                   Na Figueira, nem o S. João     
                                                      ... escapa à politiquice...

Força Portugal! (XXXI)

O orçamento da Federação Portuguesa de Futebol para 2012/2013,  foi ontem aprovado com um aumento de 700% com os gastos de todos os órgãos estatutários da FPF . A direcção anterior, liderada por Gilberto Madaíl, gastou em 2011/2012 pouco mais de 230 mil euros.
Logo: é compensador ser dirigente da FPF... 
Mas, quem paga isto?

Nota-se...

Há um ano e picos, “Dário Acúrcio, presidente da junta do Bom Sucesso, admitia não concluir o mandato”...
Um ano e picos depois, Dário Acúrsio, o ainda presidente da junta do Bom Sucesso, deu a explicação…
“Com o tempo, vamos amadurecendo, vamos sendo mais resistentes às adversidades que nos vão surgindo.” 
Lendo e ouvindo esta entrevista, nota-se…

Não se preocupem, Passos pode descansar, mas não dorme...

"Passos Coelho, ontem disse que é cedo para falar em medidas de austeridade"...
Não sei, portanto, neste momento, se ainda é cedo, ou já é o tempo certo!..
Seja como for fica o alerta: oh senhor primeiro ministro, escolhido pelos  portugueses, veja lá, não se atrase!..
Mais medidas de austeridade, pois claro, evidentemente, já ontem ontem era tarde!..
Como eu o começo a compreender!..
Pudera!..
Quem é que consegue aguentar um Estado Social, que tem chupadeiras como o BPN, o BPP, os Submarinos, a Portucale, o Freeport, os Sucateiros, as parcerias publico-privadas com os boys a mamar à grande, a RTP, etc. e tal...
Mesmo um país rico e anafado como Portugal, tem as suas dificuldades...
Como eu o começo a compreender, senhor primeiro ministro...

X&Q1110


Bom domingo

sábado, 23 de junho de 2012

Os figuerenses, o verdadeiro problema da Figueira!..

Muitos figueirenses, não conhecem o concelho.
Muitos  figueirenses,   falam do que não conhecem,  quando se referem à Figueira.
Muitos figueirenses,  nunca foram à grande maioria das dezoito freguesias da Figueira.
Muitos figueirenses,   nunca subiram à Serra da Boa Viagem, nunca  foram ao miradouro da Bandeira, à Murtinheira, às lagoas de Quiaios,  a Brenha, a Santana, ao Bom Sucesso, às Alhadas, a Maiorca, à Ferreira, a Santana, aos Moinhos da Gândara, à vila de São Pedro, a Lavos, à Marinha das Ondas, ao Paião, ao Alqueiidão, ou à Borda do Campo.
Muitos figueirenses, quando muito,  conhecem São Julião, Tavarede e Buarcos…
Muitos figueirenses, dizem mal da Figueira,  sem a conhecerem.
Muitos figueirense, vão sempre aos mesmos sítios…
Muitos figueirenses,  são alérigicos a andar  a pé ou de bicilcleta…
Muitos figueirense, consideram  que isso é próprio de classes inferiores e que é até capaz de fazer mal à saúde.
Muitos figueirenses, continuam a conhecer a Figueira, apenas,  das campanhas publicitárias na televisão, pagas (salvo seja…) por Santanas Lopes, quando foi presidente da câmara da Figueira, já lá vão uns bons anos!...
Muitos figueirenses, continuam a refugiar-se  atrás de persianas, cortinas, reposteiros, marquises, tudo quanto lhes vede o acesso à rua, à cidade, ao mundo: numa palavra, à realidade da Figueira!..

"Apontamento da época"


Uma foto de Pedro Agostinho Cruz.
"Bravo. Um achado. Genial. Cada vez melhor."

Olhem pró que eu digo, não olhem pró que eu faço!..

"Digam-me que não é verdade que o Pedro Rebelo de Sousa, que passou a vida a criticar os advogados que iam para os 'boards' das empresas clientes, vai com o Daniel Proença de Carvalho (advogado da Camargo Corrêa) para a administração da Cimpor...."
Via Corta Fitas

X&Q1113


Foto com legenda

Eusébio – Grande, para mim, o melhor jogador de bola que vi jogar ao vivo! 
Luís Figo – Grande, para mim, um dos melhores jogadores de bola que vi jogar ao vivo...
Miguel Relvas – Grande... grande!.. Bem, agora assim de repente, não me ocorre nada de especial… 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Força Portugal! (XXX)


Este momento

Poema de José Cutileiro, «Os Medos»:


 É a medo que escrevo. A medo penso,
A medo sofro e empreendo e calo.
A medo peso os termos quando falo.
A medo me renego, me convenço.
A medo amo. A medo me pertenço.
A medo repouso no intervalo
De outros medos. A medo é que resvalo
O corpo escrutador, inquieto, tenso.
A medo durmo. A medo acordo. A medo
Invento. A medo passo, a medo fico.
A medo meço o pobre, meço o rico.
A medo guardo confissão, segredo,
Dúvida, fé. A medo. A medo tudo.
Que já me querem cego, surdo e mudo.

Este é um momento de ter medo.
Medo de perder o emprego, medo de não ter dinheiro para as despesas, medo do presente e medo do futuro.
O medo,  muitas vezes, é apenas o obstáculo imaginário que nos impede de fazer o que tem de ser feito.
As ameaças são muitas.
Mas temos de continuar a resistir!
Este é um momento de ter medo.
Mas, este momento  é,  também,  um momento de não ter medo de enfrentar o  medo.

Sempre a facturar...

Duarte Lima, um génio do empreendedorismo português!..