quinta-feira, 11 de maio de 2017

Quem terá pago o almoço?..

fotos sacadas daqui
Desde finais do mês de abril, que o artista plástico Cruzeiro Seixas, de 96 anos, tem patente ao público, na Figueira da Foz, uma exposição.
Tal acontece, na galeria comercial explorada por um privado, O Rastro, na Figueira da Foz.

Nota de rodapé.
Como todos sabemos, o presidente Ataíde anda numa luta tenaz com a falta de tempo para explicar o PDM aos munícipes.
Como todos sabemos, o presidente e o vereador da Cultura lutam com a falta de tempo para irem às cerimónias nas colectividades. 
Em representação do Munnícipio têm ido adjuntos. 
Ainda recentemente, José Fernando Guedes Correia esteve em representação do munícipio na Borda do Campo.
E têm tempo e disponibilidade para irem os dois para Lisboa, aparentemente para sensibilizarem Cruzeiro Seixas a vir expor à Figueira, não no CAE, por exemplo, mas na galeria comercial da família Beja da Silva!..
Não me atrevo a afirmar, mas quase que dá a sensação que foram convidar o artista para expor numa galeria privada...
Para o actual vereador  da Cultura António Tavares, no tempo do Linha do Oeste, um simples almoço com representantes de uma promotora  imobiliária, era igual a corrupção...
Mas, isso, eram outros tempos, outras artes e, porventura, outros princípios... Como é diferente, quando se é oposição!

4 comentários:

Rui Beja disse...

Quer saber a verdade, interessa-lhe?? A galeria O Rastro convidou cruzeiro Seixas a expor na figueira em Fevereiro deste ano e ele aceitou imediatamente, o Presidente da Câmara esteve nesse dia na Assembleia da República e foi convidado para um almoço privado - pago por mim - onde estava presente o Cruzeiro Seixas, o Antônio Tavares nem almoçou (tomou café)... Nunca na minha vida encontrei alguém com tão poucos escrúpulos e ética! A verdade para si não interessa para nada!

Anónimo disse...

no tempo da linha do oeste não havia almoços grátis, agora é tudo normal...ou anormal!!!

Martinha Lacerda disse...

Senhor Agostinho: vai ver que o homem ainda vai apresentar a factura do almoço!...

Antonio Agostinho disse...

Senhorito Rui Beja...
Para lhe responder teria de descer ao seu nível...
Fico por aqui: quando alguém me quer mostrar, à viva força, que é o mais sério do mundo, e que portanto não é uma questão de dinheiro, mas de princípios, então, para mim, trata-se mesmo de uma questão de dinheiro...
Claro que isto, não tem a ver com nada... O que também pode significar, que pode ter a ver com tudo.
Boa noite.