segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Título do dia para os caros velhotes e caras velhotas cá da Aldeia: Lavos ganha Centro de Saúde com “tecnologia de ponta”

"Ontem foi dia de festa para os lavoenses, com a inauguração do Centro de Saúde de Lavos, uma antiga aspiração e que provou que a “união faz a força”,  já que a sua concretização ficou a dever-se às “parcerias” e esforços de vários organismos.
Obra rondou os 800 mil euros e é exemplo de uma “boa parceria”."

Pois é, caros velhotes e caras velhotas cá da aldeia, vocês andam há mais de 25 anos a votar sempre nos mesmos para escolher o presidente da junta local, os tais que, por oportunismo, se ligaram numas eleições ao PSD e, noutras, pelos mesmos motivos,  ao PS. 
Pois é, caros velhotes e caras velhotas cá da Aldeia, contudo,  vocês não estiveram sós no voto que deram, nos últimos 25 e tal anos,  sempre aos mesmos...
A malta da pesca deu. Os merceeiros deram. As donas de casa deram. A malta que tem banca no mercado deu. A malta que tem casa na habitação social deu. A malta das colectividades deu. A malta que joga à sueca nos clubes deu. A malta que ocupa os espaços comerciais concessionados pela junta deu. E por aí adiante, maioritariamente. Muito maioritariamente.

Caros velhotes e caras velhotas cá da Aldeia, além de mim, apenas tenho a certeza que na Aldeia, nos últimos 25 anos, apenas o meu barbeiro não deu o voto aos mesmos, porque ele não vota cá.
Felizmente, ninguém é proibido de votar. Também ninguém é obrigado a votar.
Caros velhotes e caras velhotas, cá na Aldeia, para muitos é indiferente quem está no poder na junta e na câmara... E, depois, há aqueles que nem sabem que há eleições. Outros, estão-se borrifando porque acham que não vale a pena. As poucas batatas que ainda se cultivam nos quitais cá da Aldeia, não crescem mais depressa por isso... 
imagem sacada da página do facebook de Pedro Agostinho Cruz

Caros velhotes e caras velhotas cá da Aldeia, se quisermos existem mais de mil e uma razões para votarmos assim, ou assado, ou até para não votarmos. Todos temos direito ao voto em cada votação- um.
Toda a gente sabe isso. Da utilidade que lhe formos dando ao longo dos anos, colheremos depois o retorno. 
"Ontem foi dia de festa para os lavoenses"...
Caros velhotes e caras velhotas da minha Aldeia: se me perguntassem, hoje, o que penso sobre isso, além de não deixar de felicitar o Zé Elísio, diria -  “nada”.
Mas, penso - e penso que muita coisa vai acontecer no futuro, para azar, incómodo e desconforto, dos caros velhotes e das caras velhotas cá da Aldeia.

2 comentários:

Blood Red disse...

Na v/ Aldeia cada um tem o que merece. Aliás, como na grande esmagadora das aldeias, vilas e cidades deste País.

Anónimo disse...

vão começar a visitar santa luzia de lavos mais vezes.