terça-feira, 30 de novembro de 2010

Neste dia em 1935


Fernando pessoa, morre em Lisboa, aos 47 anos.
"Bendito seja eu por tudo o que não sei
gozo tudo isso como quem sabe que há o sol."

Mas o que é que é isto oh meu?..

Por acaso também já tinha colocado esta questão a mim próprio...





“Que levou o PCP a escolher Francisco Lopes como candidato?”
Reconheço, contudo, que o PCP tem toda a legitimidade para ter escolhido este candidato e que eu nada tenho com esse assunto, pois não sou militante, embora tencione votar nestas eleições...

Simplesmente um nojo...

... é o que isto é, no actual estado de penúria em que se encontra a maioria da população portuguesa...
Esta crise tem muito que se lhe diga. Os ricos estão a ficar cada vez mais ricos!...

Mulheres!..



Esta, acabei de ouvi-la na rádio ao Murcon aqui à esquerda e confesso que achei piada: "quando a mulher sofre em silêncio, é porque o telemóvel está sem saldo!.."

X&Q960

Com Mourinho é tudo a sério...

Balsemão sabe o que faz



Balsemão contrata Moura Guedes para a SIC.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Carlos Paiva

É urgente que funcione a solidariedade para com um Homem que tantos serviços prestou à Figueira da Foz.
"Carlos Paiva, o velho companheiro da rádio".

"Portugal no seu pior!.. E nós a pagar..."



Se a candidatura ibérica vencer, "Mundial vai custar 150 milhões de euros a Portugal"!..
E para quê?..
Para isto?..

"Borda do rio"

Mais fotos aqui.

Nunca me preocupei

Quando questiono e o que obtenho é gritaria, exaltação, censura, muita censura, vinda do nada, não me preocupo, pois o meu interlocutor está a falar para si mesmo, dele mesmo, não para mim... Muito menos sobre mim.

15 ou 36?..

Ontem, Pedro Passos Coelho declarou “que vai levar muito tempo a corrigir os últimos 15 anos de irresponsabilidade.”
Só 15 anos?... Não serão 36?..
Nestas longas três décadas e meia estiveram poder, em Portugal, PS e PSD e CDS, sempre com as mesmas politicas, feitas sempre pelos mesmos e sempre a favor dos mesmos!..
E, pelos vistos, é para continuar!..
Já em Janeiro...

domingo, 28 de novembro de 2010

Isto, se não for o cumulo da impotência de um país, deve andar lá perto!...




"Para que queremos aviões de combate se não temos dinheiro para as bombas?"

Então, que fazer aos  submarinos, essa compra que revela a "falta de definição de prioridades, ainda mais incompreensível" num país, como o nosso, com "tanto desemprego"?..

X&Q959

Sporting 1 - Porto 1

"Homem do jogo (pela positiva): Liedson, quando marimbou nos assobios e atirou a bola fora porque Moutinho estava no chão (perdeu-se uma jogada de ataque em superioridade numérica, e a bola acabou devolvida ao guarda-redes); homem do jogo (pela negativa): o mesmo Moutinho, que mais tarde, com Maniche no chão, prosseguiu a jogada, que acabou no golo do empate do FCP. Moral da história: Moutinho, sê feliz, you are where you belong."

Três dias depois da greve geral

Três dias depois da maior greve geral em Portugal, o país aparentemente voltou à normalidade.
É domingo. Ontem, sábado, houve derby futebolístico. O Porto lá conseguiu sobreviver em Alvalade.
Mas, o país está triste. Andamos quase todos preocupados e a pensar na vida.
E, no entanto, o país move-se. Digam o que disserem, o protesto teve expressão: mostrou um país real que não está vencido, que demonstrou o quanto há de indignação e injustiças acumuladas.
Aqueles que nos últimos trinta e tal anos têm complicado o nosso futuro, ficaram a saber que Portugal, embora muito lentamente, está a mover-se.
Há pormenores e indícios importantes: a unidade sindical, algo muito complicado e difícil nos anos anteriores, funcionou na preparação desta greve geral.
E os resultados viram-se. A greve não paralisou o país, mas deu dimensão e expressão às angústias e incertezas que, quase todos os portugueses, sentem no tempo que passa.

Bom domingo

sábado, 27 de novembro de 2010

Campeão Nacional de Remo Indoor

"Tiago Silva, atleta do Ginásio Clube Figueirense acabou de ganhar hoje o Campeonato Nacional de Remo Indoor (ergómetro) 2010 na classe de infantis com o tempo de 1,53 minutos (500 metros). A prova foi disputada em Caminha em duas mangas, tendo participado 24 atletas de vários clubes do País."
Parabéns Tiago. Parabéns também ao babado avô!..

A vida é bela!..

E que tal um concurso de mamas?.. 
Vejam,aqui   aqui    aqui   aqui    aqui   aqui  aqui   aqui   aqui   aqui   aqui   aqui   aqui.
 Mas há quem mereça mesmo um  "Emmyzito"!!!!  

Mais do mesmo



E que tal se PS e PSD se unissem?..
Para fazer a política de direita (a única que nos querem fazer acreditar ser possível no tempo que passa...) Passos Coelho ou José Sócrates, é igual.
Só mudavam as moscas!..

Cae

Lídio Lopes no Figueirense de ontem.
"Foi dito pelo Vereador Tavares que ia muito mais gente ao CAE, mas a Vereadora afirmou que houve uma redução de 7509 pessoas, só no primeiro semestre 2010, em comparação com igual período de 2009. Foi dito que agora há mais receita, mas há uma diminuição de 8600 pessoas a pagar bilhete naqueles períodos. E quando se dizia que convidávamos muito, pois há mais 593 borlas em 6 meses, mais 100 por mês do que no ano passado.
Não é correcto que o Vereador António Tavares tenha posto em causa a honestidade intelectual da Vereadora Teresa Machado, só porque ela questionou o executivo de forma fundamentada. Ele disse enormidades no mandato anterior, algumas das quais já se arrependeu de certeza e que os tempos já o fizeram fazer diferente do que dizia e nunca ninguém lhe deu tal atestado na altura.
A melhor maneira de poupar é não fazer. A verdade é que o CAE desapareceu da notoriedade nacional. Com grande regularidade víamos o anúncio na televisão de espectáculos em Lisboa, no Porto e na Figueira da Foz e hoje isso desapareceu. São tempos de contenção é verdade e por isso a verdade deve presidir."

Moral da história, para Lídio Lopes: "Importa, rapidamente, um cabal, profundo, inteiro e perceptível esclarecimento, sobre as efectivas contas do CAE - todas, sem rodeios e sem frases feitas, porque não gostamos de mentiras, porque mentir é feio e porque a areia da Figueira deve estar na praia, não nos nossos olhos."


Moral da história para mim (se é que esta história tem moral!..): Como as coisas estão a evoluir, no final do mandato,  se lá chegar, o meu Amigo António Tavares, actual Vereador da Câmara da Figueira da Foz, o melhor que terá para recordar será o dia em que tomou posse!...

Muito bem..

foto Pedro Cruz

Belmiro é que sabe...

Este sistema "serve-me", portanto tem de continuar!.
Este, é que "me convém", "pois tem as competências certas" !..
Belmiro sabe o que é ter o homem certo no momento certo: "há 25 anos que não tomava uma posição pública em eleições, depois de ter manifestado o seu apoio a Mário Soares em 1985."
Quem é burro, como eu, vai para pedreiro!..

Para que conste

"...os responsáveis pela extrema pobreza em que caímos, não são aquelas entidades abstratas designadas por mercados. os responsáveis, têm caras!...
Segundo os jornais,  "pão vai aumentar 12% em Janeiro!.."

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Grandes empreendimentos do Estado (a que isto chegou...)

aF145

Largo das Alminhas: de paragem obrigatória a simples passagem

Mais fotos aqui.

À especial atenção dos figueirenses...

As festas continuam!...
Quer saber “como vai ser o espectáculo de passagem de ano?..
Pedro Malta, administrador da Figueira Grande Turismo, responde: “vamos apostar num espectáculo multifacetado, com um parceiro local. Este ano, tem um orçamento de 75 mil euros, menos de metade do de 2009.”
Quer saber se “o figurino do Carnaval do próximo ano também vai ser alterado?..”
Pedro Malta, administrador da Figueira Grande Turismo, responde: “devido às restrições financeiras, temos de reenquadrá-lo, e isso significa alargar a base, ou seja, criar uma comissão.”
Quer saber se “também vão haver mudanças nas Festas de S. João?..”
Pedro Malta, administrador da Figueira Grande Turismo responde: “sim. Este ano, houve pouca adesão. Vai haver uma novidade, que é uma marcha de S. Julião. Tenho a expectativa de podermos ter seis, sete marchas do concelho.”
Ah, e ainda “vamos continuar a potenciar o produto sol e mar. Como complementaridade, temos que o turismo náutico, de natureza, cultural, de negócios e gastronómico. Queremos, ainda, voltar a ter a motonáutica, antes do S. João. Em Setembro vamos continuar a apostar no surf. E Agosto, porque a cidade está cheia, é o mês em que vamos realizar menos eventos.”
Ah, e também “estamos a trabalhar para criarmos um verdadeiro festival de peixe onde os restaurantes estejam presentes, num espaço público e com animação. Mas existem outros eventos que não podem ser esquecidos pela FGT, como o Festival de Enguias de Armazéns de Lavos e a Festa da Sardinha do Coliseu Figueirense.”
Mas não se preocupem: “os custos da Figueira Grande Turismo estão controlados na barreira psicológica dos 5 milhões de euros”...
Figueirenses, tranquilidade. É da mais elementar justiça social, cada tuga ter o que merece.
Querem continuar a ter festas. Aí têm o seu anúncio!..
Só que as festas custam dinheiro e a nossa organizadora de eventos (comissão de festas), tem de o arranjar...

Estamos cada vez mais f...... e mal pagos...

Bruxelas, não os senhores da  direita, explica por que razão Portugal ainda cresce.
"Empregados estão a trabalhar mais para compensar subida do desemprego."
Ora cá está aquilo que,  muitos de nós sentíamos, mas não conseguíamos explicar: "a crise foi mais branda em Portugal comparativamente a muitos outros países europeus porque o esforço dos trabalhadores foi maior, permitindo às empresas aumentar a facturação e, assim, contribuir mais para o crescimento da economia, conclui um estudo da Comissão Europeia".
Ah, para ficarem animados, escusam de ter ilusões quanto ao futuro.
"Nos próximos anos, este fenómeno de aumento da produtividade sem criação de emprego deverá intensificar-se."
Em Portugal, a conclusão e moral da história,  é vira o disco e toca o mesmo: são sempre os mesmos a pagar a crise.
Quer dizer: o emprego tenderá a diminuir, mas quem se mantiver empregado deverá produzir sempre mais!..
Isto, num país de "calaceiros"!..

Desgraça...

A primeira página do JN de hoje é todo um retrato de um país chamado Portugal.
 "Igreja já não tem dinheiro para ajudar os pobres", "Jesus está isolado" e "Teixeira ainda quer mais seis meses para mostrar mais resultados"!.. 
Que mais nos irá acontecer?..

Figueira tem novo Capitão do Porto

Em Coimbra, “Pare, Escute, Olhe” vence categoria de melhor documentário

“O documentário “Pare, Escute, Olhe” do figueirense Jorge Pelicano venceu a categoria de Melhor Documentário no XVII Caminhos do Cinema Português, um festival realizado anualmente na cidade de Coimbra.
A receber o prémio, no Teatro Académico Gil Vicente, esteve Rosa Teixeira da Silva, argumentista e assistente de realização, que evidenciou a missão do documentário.
“Fizemos este trabalho nas nossas folgas e férias, retratamos esta realidade, mostramos a parte emocional. Assumidamente militantes, porque abordamos o lado do povo, e defendendo a manutenção do património do vale do Tua, cumpriu este documentário a sua missão? Ainda não, pois vivemos numa sociedade adormecida e pouco interventiva. Contudo, se não o fizéssemos, se não existissem pessoas a defender esta causa, as recompensas ainda seriam menores para aquelas pessoas. Por outro lado, é fundamental que fique registado quem são os verdadeiros responsáveis por aquilo que está a acontecer naquela região, que os culpados tenham um rosto”.

Via O Figueirense

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

United Resins sob investigação

O  blogue O Ambiente na Figueira da Foz, alerta  para uma reportagem no Correio da Manhã, acerca da  United Resins, uma unidade industrial, sita no Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz,  Gala.

A Auto Europa e a Greve Geral

Na minha modesta opinião, o  texto abaixo,  publicado pelo jornalista Carlos Barbosa de Oliveira, no blogue Crónicas do Rochedo, merece ser lido com atenção. É isso, com a devida vénia ao seu autor, que proponho: leiam e reflictam.


“A Auto- Europa vai aumentar os salários dos seus trabalhadores em 3,9%.
Num panorama de cortes gerais de salários, este aumento pode surpreender muita gente, mas não quem perceba que é o modelo de gestão ( bem diferente do adoptado pelos gananciosos empresários portugueses) a consciencialização dos trabalhadores e dos sindicatos que está na base do sucesso da empresa.
Teria sido fácil à administração da Auto-Europa fazer como os nossos empresários e, escudando-se com a crise, rejeitar o aumento de salários ou tentar pelo menos um aumento ao nível da inflação. Não o fez.
Teria sido cómodo, para os trabalhadores da Auto-Europa, não aderir à greve, argumentando que as práticas seguidas pela empresa não justificavam a greve. No entanto, os trabalhadores aderiram à greve em massa, invocando a solidariedade com os trabalhadores de outros sectores e familiares que estão a ser vítimas da política seguida por este governo.
O direito à greve e à não greve é essencial para o funcionamento de uma democracia e cada um deve agir de acordo com a sua consciência. Agora, o que é inadmissível, é que haja pessoas com lata de ir para as câmaras de televisão dizer que estão solidários com a greve, mas não a fazem, porque isso representaria a perda de um dia de salário. Ou quem utilize as mesmas câmaras para afirmar que os grevistas são calaceiros. Gente desta não devia ter direito a votar, porque não percebe nada da sociedade em que vive e, assim sendo, quando mete o voto na urna, está a votar apenas num clube e não num modelo de sociedade que pretende para o país.”

Hoje, é dia 25 de Novembro

"Coronel louvado suspeito de burla"

Leia mais na edição em papel do 'Correio da Manhã'.

X&Q957

Foi gastar à tripa forra!..

“Isto é um exemplo da má gestão que o CAE tinha”, disse o vereador António Tavares aos jornalistas.
Leio, torno a ler e custa a acreditar como foi possível tal despautério. Mas, está aqui.
“Nos armazéns do Centro de Artes e Espetáculos (CAE) da Figueira da Foz encontram-se milhares de catálogos de exposições realizadas pelas anteriores administrações.
Por exemplo, o de António Viana custou 30 mil euros, o de Francisco Simões quase 49 mil. Pela exposição do primeiro artista, com tudo incluído, o CAE pagou 69,4 mil euros e pela do segundo 133 mil euros.
Na cave do equipamento estão milhares de exemplares de catálogos que ninguém quer comprar. A nova administração está a tentar diversas soluções para escoar os livros, entre as quais a possibilidade de poderem vir a ser vendidos em editoras e cadeias de lojas especializadas.”
Grandes empresários que tivemos na  última dúzia de  anos cá pela parvónia!..
Perdão, autarcas...

Os visitantes não fizeram greve ao Outra Margem...

Ontem, dia de greve geral, os nossos leitores não estiveram ausentes.
Os números do dia:

Portugal ..................................................................515
Brasil.......................................................................323
Estados Unidos........................................................34
Suíça..........................................................................6
Reino Unido...............................................................3
Holanda.....................................................................2
Peru...........................................................................2
Suécia........................................................................2
Bélgica.......................................................................1
Cabo Verde...............................................................1

Amanhã logo se vê...

Boa noite!..
Mais fotos aqui.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O habitual...

"Greve geral: governo fala em adesão na ordem dos 23%"!..

"Sindicatos garantem que mais de três milhões de trabalhadores aderiram à greve"

Título e foto  daqui.

"Eu gosto da praia à hora das gaivotas"

"Quando a maré desce e tudo fica mais calmo (...)"
Mais fotos aqui.

Segundo o Le Monde, “Portugal desliza inexoravelmente para a pobreza”...

"Dá ideia que as estatísticas se revoltaram contra a política portuguesa e aí as temos, num tumultuoso desfile contestatário, denunciando 30 anos de conluio de interesses entre três partidos governantes e as respectivas clientelas. E o resultado é a pobreza extrema que ameaça agora, no mais elementar dos direitos de subsistência, os que já eram pobres mas também a classe média.
Quarenta por cento dos novos pobres portugueses são desempregados ou endividados que anteriormente não viviam na pobreza. É assim Portugal, campeão europeu da desigualdade: novos portugueses e os mesmos ricos, acrescidos de uma casta de novos-ricos que proliferam na babugem dos velhos donos do País, cada vez mais ricos."
No entanto, "reina a calma na panela de pressão".

Texto extraído da crónica "Inexorável", de João Paulo Guerra, que pode ser lida na íntegra aqui.

Serviços mínimos


"A palavra greve comporta em si um prestígio e uma emoção transversais a várias gerações. E contém uma forte componente moral que se não restringe, unicamente, a opções ideológicas ou a orientações partidárias. A greve é contra alguém? É. Contra as iniquidades, as prepotências, a soberba e as injustiças do poder político. A de hoje faz de nós sujeitos representativos do combate a uma crise de valores e a padrões exportados - cidadãos que não querem ser governados assim."
Por isso mesmo, informa-se, a quem ainda não percebeu, que este espaço apenas tem a funcionar os serviços mínimos.
Para o efeito,  existe um piquete de prevenção.

“PSD da Figueira da Foz afirma que o relatório do CAE é falso”

Isto, é grave...  Isto, é mesmo muito grave!..
Então e isto?...  É  gravíssimo...  E a tendência é para  agravamento!..
É por estas e muitas outras, que a Figueira está como está: completamente na fossa.
Como é normal,  ninguém será responsabilizado...
Vai pró “calo”!..
Grandes empresários que tivemos na  última dúzia de  anos cá pela parvónia!..
Perdão, autarcas...

Hoje

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Grande farra!...

Houve quem aproveitasse a cimeira da Nato!..

Para quê continuar a acreditar no Pai Natal?..

O PS já conheciamos. Agora conhecemos o PSD...

Morreu o Jorge


A minha família perdeu  um grande Amigo.
À Família enlutada, em especial à Ritinha, fica e expressão do nosso profundo desgosto e consternação.
Para nós, o capitão-tenente Paulo Jorge Salgueiro Frutuoso, o primeiro comandante do submarino Tridente, cargo que ocupava desde o passado dia 17 de Junho, era simplesmente o Jorge, um Homem simples,  de trato cordial e  afável, que quem não soubesse, ao lidar com ele, nunca perceberia que estávamos perante um militar ainda jovem, mas com grandes responsabilidades em termos nacionais.
Sobretudo, não esqueço,  que sempre que  vinha à Gala, para descansar e  visitar os sogros, o mimo,  o carinho e a atenção que sempre dedicava à minha Mãe. A última vez, aconteceu há pouco mais de dois meses, quando nada faria prever a triste notícia que, surpreendentemente,  acabo de receber. Obrigado Jorge.

aF144

Debate de ontem ao Casino

Não fui. Ao que parece ainda bem.
“Está tudo mais ou menos de acordo. Está a acabar. Foi uma verdadeira seca. O moderador, coitado, gosta de se ouvir.”
Se tivesse ido ontem ao Casino, até chegar ao momento  registado pelo RMG, pelo caminho, muito teria penado.
“Tema da segurança. Sem novidades. O debate vai longo e muito chato. A maioria minoritária tem maioria absoluta no tempo.” 
Livra!..  O poder tem sempre a mesma táctica: defende "as reformas" e ataca quem o ataca acusando-o de "imobilismo" ou "corporativismo".
Esta táctica de guerra, baseia-se no seguinte: marcar o terreno no qual se combate.

Greve Geral

Os portugueses têm  um grande desafio: colocar na história da Democracia Portuguesa, o Dia 24 de Novembro de 2010, como  o momento  mais alto de cidadania colectiva pós 25 de Abril de 1974. 

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Já fui feliz em bancos de jardim

Mais fotos aqui.

Estamos à beira do abismo. Certo?...

Como compreender, então, que os portugueses, em 23 de Janeiro, se preparem para dar este passo em frente?!..

Tardaram, mas chegaram a tempo!.. Tendo em vista o fim a que se destinam...


Tavarede, Terra de Cultura

Via Limonete e  Marcha do Vapor, tomei conhecimento, que “Cantigas de Tavarede”, coro da Sociedade de Instrução Tavaredense (SIT), dirigido pelo Maestro João Cascão actuou ontem em Beja, no Teatro Municipal Pax Júlia, actuação inserida na final do Concurso Nacional de Música na classe de Coros promovido pelo INATEL.
Após as excelentes exibições dos vários grupos, o júri atribuiu o primeiro lugar ao Coro Feminino do Conservatório do Vale de Sousa da Associação de Cultura de Lousada, tendo o Coral de Tavarede ficado em segundo lugar, recebendo do Júri uma menção honrosa."
Mais uma vez, parabéns ao Colectivo do Cantigas de Taverede. 
Um abraço especial do Outra Margem ao Maestro Silva Cascão.

X&Q956

domingo, 21 de novembro de 2010

sábado, 20 de novembro de 2010

Tão ternurento!...

Grupo Desportivo Cova-Gala

Infantis: Cova-Gala / Montemorense
Ver aqui.

Conversa na mercearia

Se Portugal vai de mal a pior, o comércio tradicional, nas cidades ou nas aldeias, está à beira da extinção.
A "catástrofe" está anunciada há muito. Fecham mercearias diariamente. O negócio para o pequeno comércio está péssimo.
Mais dia menos dia, vai acabar. Ainda sobrevivem alguns resistentes, mas os pequenos comerciantes estão a perder nitidamente terreno para as médias e grandes superfícies comerciais.
Os pequenos comerciantes, lamento dizê-lo, têm a batalha perdida. É um sector envelhecido, gasto, desmotivado, sem perspectivas de futuro.
Precisava de se modernizar, para sobreviver, pois o consumidor está cada vez exigente.
Existem problemas de fundo que têm a ver com o atendimento, a higiene e a apresentação dos produtos.
Mas, numa sociedade cada vez mais egoísta e desumanizada existem factores positivos, que têm de ser valorizados - simpatia, proximidade e atenção, para com o cliente.
Por motivos profissionais estou a morar numa pequena freguesia a poucas dezenas de quilómetros de Lisboa, por isso, neste momento sinto, por experiência própria, que se o pequeno comerciante desaparecer, nalgumas freguesias e pequenas vilas, é o consumidor que vai sofrer, porque tem de percorrer vários quilómetros para ir à cidade às superfícies comerciais.
Ao ver esta foto obtida pelo Pedro Cruz, um dia destes, na minha aldeia natal, interroguei-me a mim próprio: por quanto tempo ainda, teremos oportunidade de ver toda esta tranquilidade?..
A dona da mercearia a conversar,  tranquila e despreocupadamente, com uma cliente, ou simples transeunte, à porta do estabelecimento!..

X&Q955