sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sinais

Presumo que será conhecida de muita gente, a pesada herança financeira legada pelos anteriores executivos autárquicos figueirenses…
O actual presidente da Câmara, João Ataíde, naturalmente preocupado com o despesismo, e de harmonia com uma promessa eleitoral, vai tentando “poupar” onde pode…
Ao que li num blogue figueirense, deu ordens para encostar alguns dos carros, da vasta frota que a Câmara possui para os vereadores. Essa medida, visa a utilização de apenas dois: um, será para seu uso pessoal; o outro, para os restantes vereadores, que terão de se organizar em termos de usufruto e rentabilização da viatura...
Claro que não será por aqui que os problemas económicos e financeiros da Câmara figueirense ficarão resolvidos, mas que é um sinal, lá isso é…

Outra questão sensível em matéria de despesismo municipal inútil, são os subsídios camarários atribuídos, avulso e sem critério, às Colectividades do concelho.
De harmonia com o que li, hoje, no Diário de Coimbra, isso vai ser alterado.
António Tavares, vereador do pelouro, como aliás defendeu ao longo dos últimos quatro anos, enquanto vereador da oposição, preconiza regras para o sector. “Estamos a trabalhar no regulamento. É nossa preocupação ter um projecto para ser presente à sessão de câmara, depois de ouvir os parceiros e ser presente a Assembleia Municipal”.
Esse projecto vai ficar concluído esta semana. Na próxima, haverá um encontro com as colectividades, que terão um prazo para se pronunciarem.
Rigor, transparência, critérios objectivos, equidade e alguma regulação, são de aplaudir. Os apoios camarários, como bem sabe quem andou muitos anos da sua vida ao serviço do associativismo, andavam ao sabor das amizades e dos interesses partidários.
Que isso mude e as Colectividades do concelho da Figueira da Foz que se candidatam a subsídios e outros apoios camarários passem a ser ajudados pela autarquia, em função do programa que apresentam e da obra que realizam, é, não só justo, como absolutamente necessário.

9 comentários:

edirole disse...

O rigor no planeamento da acção já se vislumbra e anuncia.

Uma cidade com projecto, planeada e organizada.

É isto que os figueirenses bem intencionados pretendem e anseiam.

João Pita

Neto Ferreira disse...

Não concordo com a limitação de viaturas pela vereação.
se quer limitar alguma coisa de importante deveria limitar o uso das mesmas para actividades que nada têm a ver com as funções da camara.
Acho que é populismo e não se justifica.

Olímpio disse...

Este sinal dos carros na Cãmara da Figueira,é de todo oportuna e recorda o que estes "gajos" da politica fizeram dos dinheiros publicos do País,gastaram porque não era deles ,o que deveia merecer mais honestidade destes senhores que metem nojo aos nobres sentimentos de Abril.Estou pronto para ser feliz com outro dia de esperança.

.
.

p.vicente disse...

Sem dúvida alguma que estes últimos anos só eram "conhecidas" pela Camara Municipal da Figueira da Foz as colectividades apadrinhadas por certos e determinados senhores!
Como é possível duas equipas de futebol do conselho disputarem a divisão de honra nas condições que todos nós sabemos?
A Câmara de Pombal está a atribuir um sintéctico por ano, e nós o que tivemos estes anos? Desprezo! Sim é esta a palavra que se encontra no vocabulário da minha revolta.
No concelho de Pombal existe uma aldeia chamada Carnide com 27 habitantes e vai ser premiada com um sintéctico.
Até os autocarros da Câmara estes anos só estiveram disponiveis para passear quem estes senhores quiseram! Até as crianças da Praia da Leirosa foram discriminadas, nas actividades desenvolvidas!!
Espero sinceramente que alguém consiga calar o meu grito de revolta!!!!

Às equipas da Praia da Leirosa e Cova-Gala muita força e temos que conseguir manter-nos na divisão de honra! Nada de desanimar.

Aos adeptos destas equipas, vamos apoiar com força estes rapazes nos bons e maus momentos.

Força Praia da Leirosa, força Cova-Gala

p.vicente disse...

Já que se fala em dinheiros mal gastos, imaginem só que uma das mais novas "VILAS" do conselho da Figueira da Foz, foi também elevada a Vila Banca Rota!

Olímpio disse...

È bom que fique claro que não meto no mesmo saco todos os politicos,mas para aqueles que estão ai com exemplos de cidadania e respeito pelo dinheiro publico,vai o meu respeito,entendido?Quando me recordo das ilusões do 25 de Abril fico com saudades,que alegria por esse País.Claro que muito e boas transformações estão aí,mal fora,mas o oportunismo de uma cambada sem complexos de culpa ,verdadeiros abutres,deixou-me assim revoltado,depois as leis só funcionam para os mais fracos,até na sucata que cheira mal,eles commem tudo ,eles comem tudo,pois é altura de escutarmos de novo o nosso saudoso Zeca Afonso.

o cu de judas disse...

aleluia, aleluia, parece que entrou gente sã na gaiola das loucas, espero que isto dure. já agora senhor presidente quando chover bem e forte, com ventania, dirija-se á garagem estrela, obra de se tirar o chapéu do ex vice-presidente, aquele crânio, aí a partir das 17.15 até às 18.30, afianço que vai ficar arrepiado, mas leve chapeu e impermeável e galochas senão vai apanhar um resfriado, se não sabe eu digo é junto à cp, para onde mudaram o terminal rodoviáio

o cu de judas disse...

aleluia, aleluia, parece que entrou gente sã na gaiola das loucas, espero que isto dure. já agora senhor presidente quando chover bem e forte, com ventania, dirija-se á garagem estrela, obra de se tirar o chapéu do ex vice-presidente, aquele crânio, aí a partir das 17.15 até às 18.30, afianço que vai ficar arrepiado, mas leve chapeu e impermeável e galochas senão vai apanhar um resfriado, se não sabe eu digo é junto à cp, para onde mudaram o terminal rodoviáio

o cu de judas disse...

bem deixem os futebois para o fim do mandato, e isto se existir dinheiro, existirão de certeza outras prioridades, por exemplo a luz pública que é paga pela câmara à edp, não seria útil investir em energias alternativas, sai caro de inicio mas julgo que a longo prazo será benéfico