quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

E porque não uma candidatura para o europeu de 2048?...


Há cinco anos atrás, no ano da graça futebolística de 2004, Portugal assistiu empolgado a um autêntico “golpe de estádio”, que consistiu na construção (ou reconstrução) de 10 (dez) novos estádios de futebol para albergar o Campeonato Europeu de Futebol.
Como era fácil de prever - e a realidade posteriormente confirmou, gastou-se à “fartasana” em grandes inutilidades, pois os equipamentos futebolísticos, tirando duas ou três excepções, estão hoje praticamente às moscas...
Agora, novo "golpe de estádio" é já oficial: Portugal entra com a Espanha na aventura de se candidatar a um Mundial (o de 2018, mais que provavelmente), com vista à “rentabilização” desses estádios no Campenato Mundial de Futebol.
Em Portugal, os erros não se pagam: apagam-se com outros erros.
Portanto, se se realizar mesmo o Mundial de 2018 no nosso País, nos estádios do Euro 2004, remodelados ou em novos, proponho desde já uma nova candidatura, para o europeu de 2048...
Rentabilizar, rentabilizar, sempre!...
E ainda dizem que este País está em crise.... Só se for de "tininho"!...

2 comentários:

Anónimo disse...

EU ESTOU DE ACORDO COM A CANDIDATURA QUE SE LIXE O NIVEL DE VIDA,O BAIXO ORDENADO MINIMO, AS LISTAS DE ESPERA,O SERVIÇO DE SAÚDE,O SISTEMA DE ENSINO,OS QUE PASSAM FOME E A SUBIDA DOS IMPOSTOS. DIRIA MAIS COM ESTAS IDEIAS LUMINOSAS E LUCRATIVAS PROPONHO QUE SE ENTREGUE O PAÍS AO MADAIL E AO LAURENTINO DIAS.

Custódio Cruz disse...

É uma boa ideia,em 2048 de certo já a Naval tem um belo estádio,o cova-gala um belo complexo social e desportivo,o Buarcos um excelente parque com vários campos relvados,o Maiorca,o Santana,o Ferreira,Quiaios clube e Quiaense e outros tantos regressaram já ao futebol e têm campos sintéticos de duas estrelas (no mínimo..)..
Enfim,gostava apenas de acrescentar se me fôr premitido mais duas achegas:
.Neste caso o mundial pode vir tambem para a figueira.
.Mas tenho e agora (que já estou muito ensonado..) de me ir deitar, porque se fico acordado mais tempo e olhando á minha volta, com os dirigentes políticos que por aí andam, este meu sonho ainda se torna em algum pesadêlo, e eu com 87 anos nessa altura ainda dou umas corridas no campo de fuzileiros da naval,faço umas flexões no ventoso e arenoso campo do cova-gala,espero sentado nas muralhas de buarcos á espera do tal complexo desportivo, e por fim dou umas voltitas aí pelo nosso concelho e vejo os clubes encerrados abrigando nos seus recantos a venda daquilo que faz rir..
Fico sempre á espera que a irreverência da juventude dê uma volta a todo este panorama,e estes políticos actuais vão mas é dar banho á minhoca, pois assim já diminuem o tédio das suas vidas actuais.

Custódio Cruz