quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Por aqui nada de novo

O dia a dia vai passando, sem causas cívicas que mobilizem São Pedro.
O recurso, é ir-se sobrevivendo nestas circunstâncias.
Contudo, todos os dias, confirmo que não estou sozinho.
Apenas presssinto que a maioria dos meus concidadãos, prefere a segurança e o bem-estar dos conformistas, a qualquer aventura ou veleidade do exercício da liberdade.

3 comentários:

Anónimo disse...

Não se passa nada na Freguesia de S. Pedro?

Com uma ordem de Trabalho destas, onde não existe assuntos...

amordemadrugada disse...

Acertaste em cheio Tó!
Abraço

Adosindo Basófias disse...

Agora compreendo porque está todo amarrotado o documento. Realmente sempre detestei ordens de trabalho, Senhor Agostinho, o trabalho é para os doentes e eu estou sãozinho como um pero. Mas medindo as palavras que a seguir escrevo e conhecendo eu a rigidez do papel reciclado ter-lhe-ia dado outra função se a ocasião a isso me forçasse. Passe bem meu caro que o Verão já lá vai e as andorinhas ainda por cá estão. Um Abraço do